Congresso em Foco

Colunistas

Hamilton Mourão sobrevoa áreas de floresta queimada no Acre. [fotografo] Bruno Batista/ VPR [/fotografo]

Amazônia: o jogo dos sete erros do Plano Mourão

01.12.2020 08:50 2
Atualizado em 10.10.2021 15:51

Publicidade

2 respostas para “Amazônia: o jogo dos sete erros do Plano Mourão”

  1. Aristóteles Barros da Silva disse:

    Sabe qual a diferença entre Mourão e capitão Corona? O Corona é doido e sádico; o Mourão é cínico. Dou um pelo outro e não quero troco. São farinha do mesmíssimo saco! Bom seria que ambos fossem defenestrados, dando lugar a quem quer trabalhar e tenha competência!

  2. Edison Sampaio disse:

    A solução do problema ambiental passa pela vontade política. Sem isso, os interesses escusos dominarão o cenário e nada será feito em favor do meio ambiente. Toda a mata será devastada e o solo revirado pelo garimpo, pouco importando se é legal ou não.
    Até gosto do Mourão, mas, por outro lado, acredito que ainda permanece bem vivo nas Forças Armadas o “lema” ocupar para não perder, ou seja, se não explorarmos aquilo ali, mesmo com prejuízo para a Natureza (e para o Homem, claro), os “inimigos” nos tomarão tudo. E para isso são construídas narrativas assustadoras. A verdade é que é inegável o grande mal que se faz ao meio ambiente, com uma certa complacência do atual governo. O governo é conivente com o desmatamento, a devastação. Creio que faz isso para ocupar antes que nos tomem (kekeke!!!). É triste, mas acho isso mesmo.
    E como se faz para arrefecer os ânimos dos “inimigos”? É aí que entra o Mourão, muito jeitoso, diplomático, inteligente… Bem, se os brasileiros e nossos representantes políticos não levantarem uma bandeira séria em favor da Natureza, em poucas décadas a Amazônia será como a superfície lunar. Teoria de conspiração? Bem, se não contiverem o Capitão Encrenca e seu escudeiro ambiental (?) Salles, que explicitamente querem acabar com tudo, acabarão com tudo. E Mourão, que me inspira alguma confiança, não poderá fazer nada, pois é fiel e tem espírito de subordinação, como todos os militares.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Mais Colunistas

Ver todos

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via