Congresso em Foco

[fotografo] Alan Santos / PR [/fotografo]

China rebate declarações de americanos sobre parceria com Brasil

20.10.2020 20:07 3

3 respostas para “China rebate declarações de americanos sobre parceria com Brasil”

  1. RN disse:

    Acho que alguém está sendo manipulado no governo… temos o gado do gado. O primeiro é o povão e o segundo, uma família de milicianos que está no poder e é manipulada pelo tio sam (feliz e sorrindo)…

  2. Capitalista disse:

    Se os EUA tivessem uma só prova do que alegam alguém acha que eles já não teriam espalhado pelos quatros cantos do mundo?
    Enquanto a China era mão de obra barata e ciência e tecnologias eram feitas só na América estava tudo bem, quando a china resolveu brincar tbm com seu kit de ciências os EUA deixou de lado a história de livre mercado .

  3. Enlil Pulver disse:

    Naturalmente os EUA como potência econômica compete com todos. Os EUA estão competindo com o Brasil nas áreas agropecuária e mineral, na China eles competem na área tecnológica e industrial. O Brasil tem preços mais competitivos que os EUA mesmo o governo subsidiando produtores. A China comprar produtos brasileiros é o livre mercado, ambos saem ganhando. Justamente por isso que os EUA querem melar a proximidade econômica interferindo politicamente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via