Prefeito de Manaus recebe alta após quase um mês internado por covid-19

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio (PSDB), recebeu alta nesta terça-feira (28). Ele testou positivo para o novo coronavírus no dia 29 de junho, quando foi internado na UTI do hospital Adventista, na capital amazonense. Desde o dia 6 de julho, no entanto, Virgílio estava no hospital Sírio Libanês, em São Paulo.

> Prefeito de Manaus testa positivo para covid e está na UTI; quadro é estável

“Vou sair mais forte do que antes de a Covid me alcançar. O que não me mata me fortalece”, disse. “Digo, de coração, a todos: evitem esse mal. Protejam suas vidas e as vidas das outras pessoas, porque a Covid é perigosa, traiçoeira, agressiva e surpreendente”, advertiu.

“Nós aqui lutamos muito e a vitória terá sabor de mel. Agradeço a muitos pelas orações. E a todos que entenderem que não levar o vírus a sério estarão jogando contra eles mesmos e contra a vida em geral”, completou.

Nesta terça-feira (28), o governo do estado afirmou que vai retomar as atividades escolares a partir de 10 de agosto. A volta às salas de aula será gradativa e híbrida. Os primeiros a retornarem são os estudantes do Ensino Médio regular e da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Dia 24 de agosto o Ensino Fundamental retoma as atividades. Segundo o governo do Amazonas, as escolas deverão manter 50% da capacidade de alunos nas salas com distanciamento entre as carteiras escolares, enquanto a outra metade acompanha por internet.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!