Sementes enviadas ao Brasil pelo correio contêm pragas novas

As sementes misteriosas recebidas no Brasil, por meio do correio, de remetentes desconhecidos no exterior, contêm mais de um tipo de pragas que não existem no país. Segundo parecer do Ministério da Agricultura, foram analisadas 36 amostras de sementes até o momento.

Uma análise do Laboratório Federal de Defesa Agropecuária em Goiás (LFDA-GO) apontou que 47% das sementes enviadas ao Ministério para análise trazem risco fitossanitário ao país. Em quatro delas, foi encontrada uma erva daninha que ataca plantações na América do Norte e na Ásia. Em outra amostra, uma erva daninha que ataca o trigo na China foi encontrada.

O diretor do Departamento de Sanidade Vegetal e Insumos Agrícolas, Carlos Goulart, disse em publicação no site do Ministério que a introdução do material indesejado “coloca em risco a agricultura brasileira”.


> Relator promete a oposição incluir taxação de lucro na reforma tributária
> Aprovado projeto que aumenta pena para o crime de fraude eletrônica

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!