Centrão manobra para destituir aliado de Maia de liderança

Um conjunto de 11 partidos assinou um requerimento para que o deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) deixe a liderança da maioria da Câmara. O grupo defende a escolha de Celso Sabino (PSDB-PA) para o cargo. A manobra faz parte da estratégia do deputado Arthur Lira (PP-AL) de tentar enfraquecer Aguinaldo, um dos nomes cotados por Rodrigo Maia (DEM-RJ) para sucedê-lo na presidência da Câmara em 2021.

A direção nacional do PSDB emitiu nota negando que faça parte da movimentação. A legenda afirma que vai tomar providências caso a indicação de Sabino seja confirmada. O líder do PSDB na Câmara, Carlos Sampaio, também disse que é contra.

As principais informações deste texto foram enviadas antes para os assinantes dos serviços premium do Congresso em Foco. Cadastre-se e faça um test drive.

Veja a lista dos partidos que apoiaram a troca de Aguinaldo por Sabino:

O movimento de tentar tirar Aguinaldo da liderança da maioria acontece após DEM, MDB, PTB e Pros anunciarem que vão sair de um bloco partidário comandado por Lira. Com 351 deputados até março, o bloco liderado pelo deputado do PP vai ficar com 135 (PP, PL, PSD, Solidariedade, PSD e Avante). Também já saíram PSDB, Republicanos, PSC e Patriota. O grupo foi formado no início do ano para negociar espaços na Comissão Mista de Orçamento.

O governo conseguiu conter parcialmente a debandada. Os líderes partidários Pedro Fernandes (PTB) e Acácio Favacho (Pros) foram chamados para uma reunião na qual foi ameaçada a retirada dos cargos indicados pelos partidos no governo caso saiam do bloco coordenado por Lira. O líder do PP e o deputado Wellington Roberto (PB), líder do PL, também estavam no encontro.

Por conta disso, a decisão desses partidos de formar um bloco com PSL e PSC, inicialmente prevista para a semana passada, foi adiada. Os deputados mantém a intenção de criar um novo bloco, mas a data ainda não está definida.

Lira e Maia têm travado um embate. O deputado do PP de Alagoas quer ser presidente da Câmara e, para isso, tem feito uma ponte entre governo e Congresso para nomeação de cargos. O presidente da Câmara é próximo de Aguinaldo Ribeiro, que tem um perfil independente do governo. Ele é o relator da reforma tributária.

A liderança da maioria é um cargo representativo do conjunto de partidos da Câmara que estão identificados com a posição majoritária da Casa. Em governos anteriores, o grupo costumava ser associado a uma postura governista, mas no governo de Jair Bolsonaro, o bloco tem atuado de forma independente.

Pivô da disputa, Celso Sabino é um aliado do deputado Aécio Neves (PSDB-MG) e chegou a exercer por poucos dias a função de líder do PSDB. No final do ano passado, o partido viveu uma guerra de listas para escolher o novo líder. Por conta da divisão da bancada, Carlos Sampaio foi escolhido para ficar mais um ano na função.

O deputado Celso Sabino confirmou ao site que foi protocolada uma lista de apoio para que ele seja escolhido líder da maioria. O tucano afirmou ser normal haver uma mudança anual na liderança e disse que Aguinaldo já está atarefado com a relatoria da reforma tributária. O deputado também afirmou que a iniciativa não tem relação com a sucessão na Câmara e nem com disputas entres partidos.

Sabino negou que haja conflito com o PSDB e disse que vai conversar com o presidente nacional do partido, Bruno Araujo, e o líder na Câmara, Carlos Sampaio, para tentar chegar a um consenso sobre a questão.

“Roberto Rocha, senador do PSDB do Maranhão, já ocupou esse posto no Senado. Inclusive estava sendo cotado o nosso senador Izalci, do Distrito Federal, para a possibilidade de assumir o Ministério da Educação. Essa é uma construção positiva, importante para qualquer partido angariar espaços importantes na Câmara, mais um assento no colégio de líderes. Vou conversar com o presidente do partido e o líder da bancada, Carlos Sampaio, e tenho certeza que vamos ter um bom afinamento”.

>“Nada a ver com eleição”, diz Maia sobre saída do DEM e do MDB do Centrão

 

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!