Acusado de atentado ao Porta dos Fundos comemora censura da Netflix

Eduardo Fauzi, acusado de ter realizado o ataque com coquetéis molotov na sede da produtora do Porta dos Fundos, comemorou em um vídeo publicado nas redes sociais nesta quinta-feira (9),  a decisão do desembargador do Rio de Janeiro Benedicto Abcair que determinou que a Netflix retire do ar o especial de natal do Porta do Fundos que retrata uma versão homossexual de Jesus Cristo.

O integralista foragido da Justiça Brasileira, começa o vídeo dizendo que está na capital russa Moscou, e diz que "essa  vitória é uma vitória de todo povo brasileiro".

Fauzi traçou um paralelo entre o ataque que fez ao Porta dos Fundos, com os ataques que alguns terroristas fazem em "nome de Maomé". Ele disse que fica chateado quando vê padres e pastores falando aos que zombam com o nome de Jesus, que essas pessoas não fazem o mesmo com Maomé. "O Brasil tem homem, o Brasil tem macho para defender igreja de Cristo e a pátria brasileira", diz ele. Depois, parabeniza o Centro Dom Bosco, instituição católica do Rio de Janeiro, que solicitou a ação que levou à suspensão da exibição do programa.

Ele finaliza a gravação dizendo que está "feliz, muito feliz" e faz a saudação "anauê", característica dos integralistas, doutrina brasileira inspirada no fascismo, que ganhou relevância no meio do século XX.

Fauzi foi identificado pela Polícia por meio de uma gravação de uma câmera de segurança e já entrou na lista vermelha da Interpol pela suspeita do crime. Ele era o único a aparecer com o rosto descoberto, a Polícia tenta identificar mais quatro suspeitos.

Nota do Porta dos Fundos

O Porta dos Fundos é contra qualquer ato de censura, violência, ilegalidade, autoritarismo e tudo aquilo que não esperávamos mais ter de repudiar em pleno 2020. Nosso trabalho é fazer humor e, a partir dele, entreter e estimular reflexões.

Para quem não valoriza a liberdade de expressão ou tem apreço por valores que não acreditamos, há outras portas que não a nossa. Seguiremos publicando nossos esquetes todas as segundas, quintas e sábados em nossos canais.

Por fim, acreditamos no Poder Judiciário em manter a defesa histórica da Constituição Brasileira e seguimos com a certeza que as instituições democráticas serão preservadas.

> Após saída de Bolsonaro, PSL diz ter aumento diz ter aumento de 15 mil filiados

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!