Na véspera do Natal, produtora do Porta dos Fundos é alvo de ataque

A produtora do canal de Youtube Porta dos Fundos foi alvo de um atentado na madrugada desta terça-feira (24), no Rio de janeiro. Localizada na zona sul da cidade, a sede teve sua fachada atingida por coquetéis molotov, de acordo com a assessoria de imprensa do grupo.

> Candidaturas refletem desigualdade social e econômica, aponta estudo

Um dos seguranças conseguiu controlar o princípio de incêndio e não houve feridos. O ataque ocorreu por volta das 4h e está sendo investigado como crime de explosão, pela 10ª DP do Rio de Janeiro.

Em nota, o grupo diz que "condena qualquer ato de violência e, por isso, já disponibilizou as imagens das câmeras de segurança para as autoridades” e que espera que os responsáveis pelos ataques “sejam encontrados e punidos”.

O comunicado afirma também que o Porta dos Fundos vai se manifestar quando tiver mais informações e que o grupo segue "mais unidos, mais fortes, mais inspirados e confiantes que o país sobreviverá a essa tormenta de ódio e o amor prevalecerá junto com a liberdade de expressão".

Filme de natal provocou protestos

Assim como no ano passado, a produtora, que tem na religião um de seus temas de inspiração, produziu um filme com a temática de natal neste ano, causando controvérsia entre cristãos e até mesmo muçulmanos.

No filme batizado de A Primeira Tentação de Cristo, Jesus é homossexual e tem um relacionamento amoroso com outro homem. Além disso, Deus vive um triângulo amoroso com Maria e José, pais humanos de Jesus.

O filme causou ruído no Congresso, levando deputados a solicitarem a ida de representantes da Netflix, plataforma onde o filme está disponível, para prestar esclarecimentos sobre a produção.

Confira a nota completa:

Na madrugada do dia 24 de dezembro, véspera de Natal, a sede do Porta dos Fundos foi vítima de um atentado. Foram atirados coquetéis molotov contra nosso edifício. Um dos seguranças conseguiu controlar o princípio de incêndio e não houve feridos apesar da ação ter colocado em risco várias vidas inocentes na empresa e na rua.

O Porta dos Fundos condena qualquer ato de violência e, por isso, já disponibilizou as imagens das câmeras de segurança para as autoridades, para o Secretário de Segurança e espera que os responsáveis pelos ataques sejam encontrados e punidos. Contudo, nossa prioridade, neste momento, é a segurança de toda a equipe que trabalha conosco.

Assim que tivermos mais detalhes, voltaremos a nos manifestar. Mas, por enquanto, adiantamos que seguiremos em frente, mais unidos, mais fortes, mais inspirados e confiantes que o país sobreviverá a essa tormenta de ódio e o amor prevalecerá junto com a liberdade de expressão.

> Justiça mantém Eduardo Bolsonaro na liderança do PSL na Câmara

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!