Colunistas

d

Dez dicas contra jogos destrutivos na internet

“A tônica do suicídio levou o perigo para dentro da internet, e muitos pais se perguntam o que fazer diante da repercussão que brincadeiras perigosas adquirem em escala mundial, e eu volto neste comentário ao tema do jogo online Baleia Azul”

Continue lendo...
corrente580

Estamos sem WhatsApp. E agora, José?

Paralisação do aplicativo mostra como ficamos dependentes das novas ferramentas de comunicação digital, observam colunistas. Veja mais destaques do noticiário nos últimos dias

Supersalários para a casa grande, escravidão para a senzala

Enquanto a reforma trabalhista caminha no Congresso para tornar o Brasil o “país dos abandonados”, o Supremo Tribunal Federal garante à cúpula do funcionalismo público o direito de ganhar acima do teto constitucional, critica ex-deputado

“The Mona Lisa”

Novos políticos e movimentos suprapartidários: há esperança para 2018?

“Precisamos agir politicamente, apoiando candidatos que tenham compromisso claro com a renovação. Talvez seja essa nossa única chance de higienizarmos o sistema ainda 2018”

Casa Contemporânea - Jacobsen Arquitetura

Como escolher um(a) arquiteto(a)

O que levar em conta na hora de contratar o(a) profissional que vai dar vida e alma à sua casa. Na coluna de estreia do Ohlaemcasa, Daniele Franco e Beatriz Venâncio dão quatro dicas fundamentais para que você não caia em roubada

xx

O sistema alemão, adaptado ao Brasil, é a melhor solução

“O sistema alemão, que junta eleições majoritárias e proporcionais para compor um Parlamento em que os partidos têm representação ajustada aos votos que receberam, pode ser adaptado ao Brasil, mantendo sua essência”

Entre Padilha e Meirelles, Temer tem desrespeitado os propósitos da Constituinte de 1988, avalia colunista

O Brasil precisa de reformas

E respeito à Constituição, observa colunista. “Governo Temer-Meireles-Padilha, claro instrumento dos interesses mais mesquinhos do empresariado do agronegócio, da indústria, do comércio e da área financeira, adota rumo diametralmente oposto ao indicado pelo Constituinte de 1988”

A cada 30 segundos a malária ceifa a vida de alguma criança pelo mundo afora

Herodes resiste: a cada cinco segundos morre uma criança de fome

“A cada 30 segundos a malária ceifa a vida de alguma criança pelo mundo afora. No nosso país, a cada dia, 20 crianças morrem por conta de doenças causadas pela falta de um simples esgoto sanitário”

Em pleno século XXI, o trabalho escravo ainda é uma realidade

As relações de trabalho no Século XXI e as mudanças na CLT

“A rigidez da CLT, que cumpriu seu papel em dado momento histórico, é hoje obstáculo à criação de empregos e ao desenvolvimento do país, concorrendo contra o próprio interesse dos trabalhadores, empurrados para a informalidade ou o desemprego”

desperate-2048905_1280-825x556

Salvem as baleias da adolescência negligenciada

“Não é o jogo Baleia Azul que nos tira o filho, mas o celular inofensivo que você não consegue tirar dele para não ter que dedicar mais tempo a ele”, explica Beth Veloso

constituicao-de-1988-e-promulgada-1380925787522_615x470

O Pacto pelo Brasil e a saída da crise

“Não se constrói uma nação com tantos enganos. Não há arrecadação tributária suficiente para tamanha voracidade de vantagens corporativas. O problema do Brasil é cultural. Mais precisamente de sua cultura moral, cívica e política. Precisamente de suas elites que deveriam ser exemplo aos demais cidadãos”, pontua Jorge Maranhão

A gafe da procuradora na CCJ do Senado

“Chamando-o de professor, ela citou um livro do senador sobre Direito Comercial. Requião pediu a palavra: ‘O Requião do Direito Comercial já morreu há mais de 40 anos’, disse, provocando risos entre os demais presentes na CCJ e pedido de desculpa da procuradora”, relatam colunistas. Veja mais destaques do noticiário

“The Mona Lisa”

Funcionalismo, o alvo da vez – para reformar Previdência, governo escolhe os culpados pela crise

“Não podemos permitir que os servidores públicos ocupem o papel de ‘bodes expiatórios’ da crise. É importante lembrar que a Operação Lava Jato nasceu no funcionalismo e está incomodando muita gente”

Camarões grandes grelhados e fatia de limão como acompanhamento: a estreia da colunista no “slow food”

“Slow food” ensina o prazer do simples

“Segundo ensina seu fundador, Carlo Petrini, ‘é inútil forçar os ritmos da vida. A arte de viver consiste em aprender a dar o devido tempo às coisas’. A filosofia do slow food fala, de uma forma simples, de tornar o nosso cotidiano mais prazeroso”

“The Mona Lisa”

O impostor – o que há em comum entre a Lava Jato e o livro de Javier Cercas

“Os membros da Lava Jato não têm provas de que o Lula cometeu crimes, mas têm a convicção. Ocorre que Marco não precisava provar que esteve num campo de extermínio, bastava convencer. Mas Moro tem que provar que há crime”

Dinheiro

Poder econômico não combina com eleições

“A combinação entre redução dos custos das campanhas e a soma do financiamento público com as doações por pessoas físicas, com um limite por CPF – R$ 10 mil, por exemplo – certamente dará maior igualdade de condições aos candidatos”

“The Mona Lisa”

Rótulo enganoso – a (má) alimentação infantil e seus impactos econômicos

“Pesquisa realizada recentemente na Irlanda com 347 crianças revelou que 23% tiveram dentes extraídos antes de completarem seis anos de idade, e incríveis 60% antes dos nove anos de idade”

Anistia parcial, limitada e restrita

“A palavra anistia soa como combinação entre políticos, empresários, doleiros e tantos outros personagens ainda não apontados como participantes do esquema e que vivem atormentados aguardando a ordem de prisão, como acontece com Lula”

De “A” a “Z”, a destruição dos direitos trabalhistas

Entenda, com todas as letras, o que deve piorar para o trabalhador se a reforma for aprovada. “O ponto central da reforma, particularmente do substitutivo, é permitir que, via negociação, se possa reduzir ou eliminar direito, inclusive aqueles assegurados constitucionalmente”

A lista de Fachin e o clima de quase Inquisição

“Todos os principais partidos frequentam a linha de tiro. Ao senso comum, parece que ninguém escapa, que são todos iguais. E não são. Nas ruas é fácil encontrar frases do tipo ‘não acredito mais em ninguém’, ‘são todos corruptos’”, diz deputado do PSDB de Minas Gerais

Os diferentes desafios de um novo Brasil

“Tenho refletido muito sobre o contexto atual do país e cada vez mais percebo que é preciso buscar a convergência de ideias em vez de se investir na polarização do debate”

odeb

Compliance: palavra de ordem para o novo momento do país

“Estar em ‘compliance’ é estar em conformidade com leis e regulamentos. O exemplo mais visível de corrida às boas regras é o da própria Odebrechet, protagonista do maior escândalo de corrupção do país”, apontam colunistas. Veja mais destaques do noticiário

Esplanada dos Ministérios vista da Torre de TV, um dos principais pontos turísticos da capital federal

Brasília, cidade generosa

“Cheguei a Brasília como tantos milhares de outros brasileiros que vieram dos vários rincões do país: aos oito anos de idade, como pobre migrante nordestino, pela mão de minha mãe e junto com meus irmãos, a fim de reencontrar meu pai, um dos pioneiros da cidade”

Eventos de culinária movimentam Brasília

Eventos em abril movimentam a cena culinária da capital

“Há mais novidades comprovando que empreendimentos ligados à gastronomia estão indo muito bem, obrigado!”

Publicidade Publicidade