Congresso em Foco

Colunistas

Querida, precisamos falar de ditadura militar

09.10.2017 08:30 10
Atualizado em 10.10.2021 16:36

"Vêm crescendo em escala geométrica nas redes sociais, artigos de opinião e no noticiário tipo “hard news” menções escancaradas ao recurso à intervenção militar como solução para a atual crise política. Até outro dia ninguém falava nisso, não é?"
Publicidade

10 respostas para “Querida, precisamos falar de ditadura militar”

  1. VERDÃO disse:

    É possivel que muitos queiram mesmo viver sob um regime militar, sem precisar pensar, sem ter acesso à informação, sem questionar seus direitos, enfim, vivendo por viver, eventualmente trabalhando, recebendo seu salário no final do mês, a cervejinha, o churrasco, o futebol, a rede na varanda e a mais absoluta alienação. Talvez, um regime de exceção seja mesmo necessário, para as pessoas descobrirem o quanto perderam, que terão de reagir e enfrentar os autoritários na busca de um país efetivamente livre. Assumir hoje a responsabilidade de pensar, de votar certo, de mudar o país dentro do estado democrático de direito, isso ninguém quer, até que perca tudo….

  2. antonio eusebio da costa disse:

    tenho 74 anos os defensores da democracia armado sequestrando aviao prá cuba empresarios o consul dos estados unidos roubando banco matando medicos na guerrilha da araguia o que essas pessoas queria era implantar aquilo que está em cuba quem derrubou a democracia no brasil foi os eleitos pelo povo pelo voto popular o presidente viajou o vice -presidente o presidente do senado da camara e o presidente do stf e nesta vacancia eles chamaram os militares os militares nao deram golpe , aquilo que está em cuba era o que os defensores da democracia queriam para o brasil , é bom para o brasil aquilo que está em cuba vou falar o que os militares fizeram a BR 153 com mais de 3.000 km construida em 16 anos a duplicaçao anapolis brasilia pouco mais de 100 km construida em 14 anos me poupem claro que jamais eu vou querer um militar no governo pesquizem a historia e sem paixao dos dois lados e conte o que cada um fez os defensores da democracia mataram mais pessoas inocentes que nao quiseram participar das suas idelogias pessoas totalmente inocentes ,

  3. 13582196 disse:

    Adivinhem só, fui censurado no CF! kkkkkkk

  4. ACFILHO disse:

    Amigo, somos humanos, os militares também, se por na balança, todos acertam e erram, e para dar tempero, os anos eram de guerra psicológica global, Capitalismo X Comunismo, ou Democracia X Comunismo, aqui tínhamos loucos querendo ser como ”Tche” e querendo um Brasil cubano, houve erro, sim, mas os acertos…..ah, estes são muitos e gigantescos, crescíamos como a China de hoje, bandidos tinham medo da polícia, andávamos na madrugada sem medo de nada, os presídios eram poucos e não superlotados, tínhamos emprego, educação, é o básico, sim, mas nem isso temos hoje, queremos os militares? sim, só diz não, quem é bandido, de esquerda, mau informado e quem nunca vestiu uma verde oliva, acorda Brasil.

  5. Walldemar Sobrinho disse:

    Querida, precisamos falar de esquerdismo. Calma, é brincadeira. Eu jamais dirigiria a palavra a alguém amoral e imunda.

  6. mariossergio disse:

    Vamos lá.
    Não há freio para a corrupção que nos assola. Não é a Lava Jato, e todos sabemos disso, que estancará a roubalheira. A quem recorrer?
    Voto em 2018? Dá pra acreditar que até lá aparecerá um candidato honesto e competente? Só se deus, e eu não acredito nele, puser alguém aqui para podermos elegê-lo. Não há nenhum. E em Bolsonaro, o “Caçador de Marajás” do século XXI, não dá pra confiar.
    Recorrer a quem? Bombeiros, escoteiros, igrejas (qualquer uma), OAB, sindicatos, STF, Rotary, Lions, associações de amigos de bairro, chefes do tráfico? Eu não boto a mão no fogo por nenhum deles, ou não tem competência para administrar o país, ou estão até o pescoço atolados em corrupção e crimes.
    Sobrou quem?
    Não acredito que Forças Armadas sejam nossa solução, mas o que restou? Nada, acho…
    Juro, eu nunca pensei que um dia defenderia isso, mas como dizia meu avô, o velho deitado, dos males o menor…
    E para finalizar, vou repetir uns versos também, do Roger: ” A gente não sabemos escolher presidente/ A gente não sabemos tomar conta da gente/ A gente não sabemos nem escovar o dente/ Tem gringo pensando que nós é indigente”

  7. Fantomas disse:

    Pois é sr José Paulo Cunha, mesmo assim quero ver um Mourão enfiado na sua bunda. Só pessoas como o senhor têm voz neste país agora. Ou haja moralidade ou então todos se f0dam.

    • Hideraldo Hito disse:

      Este Cunha estudou de graça e agora tá cuspindo no prato.
      Cara sem educação e sem família. Foi educado na escola. Mas educação vem de casa.

      • Valdir disse:

        Meu amigo,
        na realidade, educação ele teve e das boas, gratuitamente, paga pelos trabalhadores brasileiros e pelo governo que hoje ele quer condenar.
        Duas coisas:
        Gente que cospe no prato que comeu, não presta nem para estrume.
        Educação ele tem, pois aprendeu na escola, ele não tem é caráter, que vem de berço.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Mais Colunistas

Ver todos

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via