Rapper Ty morre vítima da covid-19; veja outros artistas levados pelo vírus

O rapper britânico Ty foi vitimado fatalmente pela covid-19. O músico morreu aos 47 anos, enquanto sua mulher organizava uma campanha de arrecadação de fundos para ajudar o artista, que foi indicado ao Mercury Prize. As informações foram publicadas pela Folha de S. Paulo.

O músico foi colocado em coma artificial após ser hospitalizado devido ao covid-19. Apesar de ter melhorado nos últimos dias, ele faleceu na quinta (7).

"A família deseja agradecer a todos que ajudaram e manifestaram preocupação desde sua internação, mas agora apreciaria o respeito a sua vida privada, para que possam observar o luto na intimidade", escreveu em um comunicado na página de campanha para o artista.

A covid-19 tem vitimado fatalmente diversos artistas, no Brasil, Aldir Branco, Daisy Lúcidi, os maestros Martinho Lutero Galati e Naomi Munakata e MC Dumel morreram pela doença.

Em escala global, já faleceu um herói do holocausto, Romi Cohn, os cientistas James Goodrich e John Murray.

Os artistas Ken Shimura, Patricia Bosworth. O guitarrista Bucky Pizzarelli, o pianista Ellis Marsalis, o trompetista Wallace Roney, o cantor country Joe Diffie, o compositor Adam Schlesinger. Os atores  Mark Blum, Andrew Jack, Lee Fierro. O dramaturgo Terrence McNally. Os músicos Allan Merrill, John Prine, Lee Konitz, Bicky PuzzarelliAdam Schlesinger, Ciro Pessoa. O desenhista Daniel Azulay. O escritor Luis Sepúlveda. O saxofonista Manu Dibango.  O arquiteto Vittorio Gregotti. O cantor Joe Diffie. O fotógrafo Allen Daviau. A maestrina Naomi Munakata. O pianista Ellis Marsalis Jr. O comediante Ken Shimura. O trompetista Wallace Roney. O metre de balé Eilhelm Burmann. O estilista Sergio Rossi. O produtor musical Hal Willner.

Essa matéria contou com registros da Folha de S. Paulo, Uol e G1.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!