Quatro participantes do jantar de Maia e Guedes estão com coronavírus

O presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), José Múcio Monteiro, foi confirmado com coronavírus nesta segunda-feira (19). Múcio informou que está com sintomas leves.

O ministro do TCU, que vai se aposentar em dezembro e deve dar lugar ao ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Jorge Oliveira, é o quarto confirmado com a doença após participar do jantar de reconciliação entre o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e o ministro da Economia, Paulo Guedes.

Além dele, também confirmaram o diagnóstico de covid-19 após o evento os ministros Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo) e Fábio Faria (Comunicações) e o líder do MDB no Senado, Eduardo Braga (AM).

O jantar foi realizado no dia 5 de outubro na residência do ministro do TCU Bruno Dantas. O evento foi articulado com o objetivo de fazer uma demonstração pública de que houve uma reconciliação entre Maia e Guedes. Os dois vinham travando embate há mais de um mês. Após o encontro, eles anunciaram que estão unidos para aprovar as reformas econômicas no Congresso.

Após a posse de Luiz Fux na presidência do Supremo Tribunal Federal, diversas autoridades também foram confirmadas com coronavírus. A covid já acometeu Luiz Fux; os  ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Luiz Felipe Salomão e Antônio Saldanha Palheiro; a presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Maria Cristina Peduzzi; o presidente da Câmara, Rodrigo Maia; e o procurador-geral da República, Augusto Aras, e o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.

> Chefes dos três Poderes já contraíram covid-19. Veja lista de autoridades

 

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!