Bolsonaro ironiza autoridades que contraíram covid-19 usando máscaras

O presidente Jair Bolsonaro ironizou o que chamou de “alta cúpula do poder em Brasília” pelo uso contínuo de máscaras faciais e medidas para impedir a propagação da covid-19. Em live nesta quinta-feira (24), ele afirmou que apesar dos cuidados, as autoridades contraíram o vírus.

“A alta cúpula do poder em Brasília, alguns do Executivo, do Judiciário bastante, do Legislativo também, com máscara 24 horas por dia, dormir com máscara, cumprimento assim ó [mostrando o cotovelo], pegaram vírus agora”, ironizou. “Não adianta, vai acabar pegando. E ficando em casa não resolve nada, porque um você vai ter que sair da toca, né, vai ter que sair de casa e vai acabar pegando o vírus.”

Desde a posse de Luiz Fux na presidência do Supremo Tribunal Federal (STF), a covid-19 já acometeu  o próprio Fux, além dos ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Luiz Felipe Salomão e Antônio Saldanha Palheiro; a presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Maria Cristina Peduzzi; o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o procurador-geral da República, Augusto Aras, o ministro do turismo, Marcelo Álvaro Antônio, o ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Benedito Gonçalves e a ministra do STF, Cármem Lúcia.

Fux é o primeiro ministro do STF com covid-19. Veja lista de autoridades

Bolsonaro voltou a fazer referência à hidroxicloroquina, medicamento sem eficácia comprovada no tratamento da covid-19 e também citou a vitamina D, mesmo sem nenhum embasamento científico. “Agora, como enfrentar o vírus? Com vitamina D”, disse ele.

Aprovação de Bolsonaro chega a 40%, aponta pesquisa CNI/Ibope

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!