Congresso em Foco

Colunistas

Liberdade artística como Direito Constitucional e o obscurantismo tardio

04.11.2017 08:00 1
Atualizado em 10.10.2021 12:06

Reportagem
"A salutar liberalização dos costumes nas últimas décadas, fenômeno de âmbito mundial, tem viabilizado o crescente contato do público em geral, pelos mais variados meios, com intensas manifestações relacionadas com a nudez e a sexualidade"

Uma resposta para “Liberdade artística como Direito Constitucional e o obscurantismo tardio”

  1. Valter Hellmeist disse:

    “o seu direito termina onde o meu começa”. hoje vemos nada além de fracassados nas artes usando dinheiro publico para, através de trabalhos e conceitos ruins, chocar a sociedade. os defensores dessas ideias sao igualmente ruins em qualidade de pensamento. personalidades famosas e comunicadores com acesso a impressa tentam justificar isso para ter os 15 minutos de fama ou tentar sair da escuridão do esquecimento dos fãs. nao vamos confundir liberdade com libertinagem, responsabilidade com perseguição. um menor tocar num ator nu e um tarado tirar seu prepúcio no ônibus pra mim são as mesmas coisas. dois pervertidos. nada mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Mais Colunistas

Ver todos

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via