“Jabutis” socioambientais se multiplicam no Congresso durante o covid-19

Durante o primeiro mês de deliberações remotas (S.D.R. - Sigla Sistema de Deliberação Remota) no Senado e na Câmara Federal a agenda socioambiental continuou em pauta em praticamente todas as semanas. Porém, devido às limitações do sistema remoto sem debate público e na maioria das vezes sob a forma dos famosos "jabutis".

Jabutis, no jargão legislativo, são as emendas parlamentares oportunistas, que nada ou muito pouco tem a ver com o objeto principal do projeto em debate, e que são propostas na expectativa de pegar carona em matérias de relevante interesse público, mas sem debates públicos focado no seu objeto específico (do jabuti).

Nesse vídeo eu relato as principais discussões ocorridas no Congresso Nacional durante esse primeiro mês de enfrentamento do coronavírus (abril). O acordo ou o compromisso dos presidentes Rodrigo Maia e Alcolumbre de não votar nada polêmico, que não seja consenso e que não tenha a ver com o enfrentamento direto da pandemia, não está sendo levado a sério.

Esperamos que a MP da Grilagem (MP 910) a próxima da fila não tome o mesmo rumo. Veja no vídeo um resumo dos debates socioambientais desse mês de abril no Congresso Nacional na pauta socioambiental. Considerando o mês de abril... maio promete!

> Cadastre-se e acesse de graça por 30 dias o melhor conteúdo político premium do país   

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!