Proposta por senador tucano, autonomia do BC sofre oposição de Serra

O projeto de lei complementar que regulamenta a autonomia do Banco Central que tramita no Senado é de autoria do senador tucano Plínio Valério (PSDB-AM), mas enfrenta resistência de um importante membro do partido, o ex-ministro e ex-presidenciável José Serra (SP).

O senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) também participou da construção da versão atual do projeto ao ver aprovada uma emenda de sua autoria que inclui mais funções para o BC além de controlar a inflação. Valério disse ao Congresso em Foco que Serra já o comunicou de sua posição contrária.

O conteúdo deste texto foi publicado antes no Congresso em Foco Premium, serviço exclusivo de informações sobre política e economia do Congresso em Foco. Para assinar, entre em contato com comercial@congressoemfoco.com.br.

Em artigo publicado nesta quinta-feira (27) no jornal O Estado de S. Paulo, o senador paulista demonstra temer intervenções na política monetária de metas de inflação caso seja aprovada autonomia do BC.

> Campos Neto nega influência de banqueiros caso BC ganhe autonomia

>Reformas vivem incerteza no Congresso após novo atrito com Bolsonaro

Ele critica tanto a proposta do Senado quanto a da Câmara dos Deputados, de autoria do governo de Jair Bolsonaro.

“Esse governo que se diz liberal deveria considerar os argumentos de Milton Friedman, que se opunha radicalmente à tese da independência da autoridade monetária ao perceber o perigo de se conceder a algum indivíduo a liberdade para acionar instrumentos tão poderosos como são os de intervenção monetária”, escreveu.

O líder do PT no Senado, Rogério Carvalho (SE), reiterou ao Congresso em Foco o voto contrário da bancada petista  na votação prevista a próxima terça-feira (3) no plenário.

“Votaremos contra, votamos a favor da dupla militância do BC. O país precisa gerar empregos e movimentar a economia, essa deveria a pauta. Na prática, a autonomia produzirá o que resultado na vida do país e das pessoas?”.

Rogério disse que apenas na segunda-feira (2) será possível medir a temperatura para a votação do projeto.

> Textos sobre autonomia do BC da Câmara e Senado serão unidos, diz senador

> Maia articula votação da autonomia do Banco Central

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!