“Moro não é mais candidato. É consultor da Odebrecht”, diz Rodrigo Maia

Em entrevista ao jornal O Globo, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), excluiu o ex-juiz Sergio Moro do tabuleiro eleitoral de 2022. "Ele não é mais candidato. É consultor da Odebrecht", respondeu ao ser questionado sobre o papel de Moro no cenário eleitoral.

No domingo (29), o ex-ministro foi anunciado como novo diretor-geral da Alvarez&Marsal, um dos maiores escritórios do planeta em termos de recuperação judicial e gestão de ativos. Na carteira de clientes da empresa estão a Odebrecht e a OAS, empreiteiras que estão em grave situação financeira justamente por conta da Lava Jato, que Moro julgou enquanto juiz.

Ainda a O Globo, Maia apresentou possíveis nomes à disputa ao Planalto em 2022.

"O caminho de centro continua aberto. O que é necessário é uma grande aliança de centro. Que haja maturidade. Acho que temos nesse campo uma grande convergência em grandes assuntos. O importante é que que consigamos discutir a questão econômica. Há nomes como (João) Doria, (Luciano) Huck, Paulo Câmara (governador de Pernambuco)", disse.

Sobre a possibilidade de reeleição à presidência da Câmara, Maia evitou declarações contundentes.

"Eu não acho correto me manifestar sobre esse assunto enquanto o julgamento estiver ocorrendo. A única coisa que eu tenho certeza é que a Câmara precisa ter um presidente com alguma independência dentro da instituição, priorizando as agendas de reforma do país. O próximo presidente terá que ter o perfil de ser liberal na economia".

> “Os candidatos apoiados pela Presidência fracassaram”, diz Moro

Continuar lendo