Comissão sobre combate aos incêndios no Pantanal convida Salles e Aras

A comissão temporária que acompanha medidas de enfrentamento aos incêndios no Pantanal aprovou sete requerimentos na manhã de quarta-feira (30), entre eles está o convite ao ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, para prestar esclarecimentos sobre as medidas realizadas pelo governo Federal para o enfrentamento dos incêndios e apresentação de subsídios.

>Cogitado por Bolsonaro ao STF, Kassio Nunes defendeu prisão em 2ª instância

Um outro requerimento aprovado foi o de autoria do senador Wellington Fagundes(PL-MT), presidente da comissão, que solicitou a presença de representantes do Ministério Público na comissão. O procurador-geral da República, Augusto Aras, e procuradores de Justiça do estados do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul serão convidados a participar de reunião da comissão.

A quarta reunião remota também realizou audiência pública para debater com especialistas a atual situação do pantanal. A sessão contou com a presença do presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (Ibama), Eduardo Fortunato Bim.

No período de seca, o Pantanal está sendo acometido por incêndios desde agosto. Até início de setembro, em quase um mês de queimadas, uma área equivalente a nove cidades de São Paulo havia sido devastada pelo fogo. Os incêndios no Pantanal e na Amazônia têm sido citados em diversas críticas, dentro e fora do país, contra a política ambiental do governo do presidente Jair Bolsonaro.

>Centrão e Maia disputam comando da Comissão de Orçamento

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!