Com depoimento pendente à CPI, Francisco Araújo é alvo de operação do MP

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), juntamente com a Polícia Civil, deflagrou, na manhã desta quarta (18) uma operação que investiga superfaturamento na contratação de leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) no DF. Entre os alvos da operação está o ex-secretário de Saúde do Distrito Federal, Francisco de Araújo Filho. Ele integra a lista dos depoentes da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, no Senado.

A expectativa era de que Francisco Araújo fosse ouvindo esta semana, mas a oitiva foi adiada porque Francisco alegou estar em viagem a Manaus.

Francisco de Araújo foi preso em agosto do ano passado por superfaturamento de testes de Covid. Esta é a segunda investigação que recai sobre ele. Intitulada Ethon a operação deflagrada nesta manhã pelo MPDFT apura a contratação de leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) pelo Instituto de Gestão Estratégica em Saúde do Distrito Federal (Iges-DF), onde Francisco foi gestor.

Segundo nota do MPDFT, a operação "revelou um esquema instalado no Iges-DF que resultou no desvio de milhões de reais em dois contratos destinados ao fornecimento emergencial de leitos de UTI’s, entre o período de março a outubro de 2020”.

Ao todo, foram cumpridos 61 mandados de busca e apreensão na capital e em cidades do Amazonas, Bahia, Goiás, Rio de Janeiro, São Paulo e Tocantins.

> Ricardo Barros se torna investigado e CPI descarta nova oitiva do líder de governo

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito.
Mantenha o Congresso em Foco na frente.
JUNTE-SE A NÓS

Continuar lendo