Polícia Federal precisa de 4.174 servidores até 2014

Só para 2011 são esperadas 1.024 vagas

 

A Polícia Federal aguarda, desde o último concurso, ocorrido em 2009, autorização do Ministério do Planejamento para repor seu quadro de servidores. Só para 2011 são esperadas 1.024 vagas para quatro dos seis cargos da área fim da corporação. As negociações com o ministério avançam a passos lentos e acumula-se a necessidade de mais policiais. Ao todo, a Polícia Federal necessita de 4.174 novos profissionais até 2014 para atuar nas áreas de fronteira, repor aposentadorias e estar preparada para a Copa do Mundo de Futebol e Olimpíadas. Deste montante, 592 são para os postos do Plano Especial da Polícia Federal.

A Academia da Polícia Federal tem capacidade de formar cerca de 1,1 mil policiais por ano. Entre a autorização e a nomeação dos novos servidores são necessários pelo menos um ano, por isso a preocupação em agilizar os processos para realização de novos concursos. No fim de 2011, outros dois pedidos serão encaminhados ao Planejamento para outros quatro cargos, entre eles o de perito, que tem déficit atual de 142 vagas.

Nos últimos três anos, 250 servidores deixaram seus postos anualmente. Até 2016, 1.100 estarão aptos a parar de trabalhar por terem atingido os pré requisitos para solicitar aposentadoria. Hoje, a Polícia Federal conta com 11,5 mil policiais e 2.650 profissionais da área administrativa, quase 14% deste efetivo têm mais de 51 anos.

O SOS Concurseiro entrevistou o coordenador de Recursos Humanos da Polícia Federal, delegado Jorgeval Silva Costa sobre as necessidades da corporação e expectativas de novos concursos. Confira a entrevista no SOS Concurseiro.

Saiba mais sobre concursos públicos no site SOS Concurseiro

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!