Fabiano Contarato é o vencedor da categoria “Clima e Sustentabilidade” pelo júri

O presidente da Comissão de Meio Ambiente no Senado, senador Fabiano Contarato (Rede-ES), é o vencedor da categoria especial “Clima e Sustentabilidade” do Prêmio Congresso em Foco 2020, segundo escolha do júri especializado, formado por representantes de quatro segmentos da sociedade.

Em seu discurso, o senador afirmou que defender o meio ambiente é defender as vidas que estão por vir.

"Eu quer dedicar esse prêmio à comunidade científica, aos professores de universidades e escolas, às ONGs que estão sendo criminalizadas, aos funcionários do Ibama e do ICMBio, mas sobretudo aos povos originários, comunidades indígenas e quilombolas", disse o senador.

A categoria “Clima e Sustentabilidade” foi criada pelo Prêmio Congresso em Foco em parceria com o Instituto Democracia e Sustentabilidade (IDS) na edição do ano passado, com o objetivo de reconhecer o trabalho dos congressistas que atuam em defesa do meio ambiente.

O segundo lugar desta premiação ficou com o deputado Rodrigo Agostinho (PSB-SP), presidente da Comissão de Meio Ambiente na Câmara e vencedor desta categoria na edição de 2019. A deputada Joênia Wapichana (Rede - RR), primeira mulher indígena a ser eleita deputada federal no Brasil, também se destacou mais uma vez nesta categoria.

Só puderam ser votados aqueles congressistas que não respondem a inquérito ou ação penal e que exerceram o mandato por pelo menos 60 dias no atual ano.

Veja a lista completa dos premiados pelo júri especializado na categoria especial “Clima e Sustentabilidade” 

1º - Senador Fabiano Contarato (Rede-ES)
2º - Deputado Rodrigo Agostinho (PSB-SP)
3º - Deputada Joênia Wapichana (Rede - RR)
4º - Deputado Nilton Tatto (PT - SP)
5º - Deputada Pérpetua Almeida (PCdoB - AC)

Premiação

Os vencedores do Prêmio Congresso em Foco 2020 foram anunciados em cerimônia virtual realizada na quinta-feira (20) transmitida pela página do Congresso em Foco. Na ocasião, o senador Fabiano Contarato foi anunciado pelo vice-presidente do Instituto Democracia e Sustentabilidade (IDS), João Paulo Capobianco.

O júri

O júri é um dos três filtros do Prêmio Congresso em Foco 2020, junto com a votação da internet e a dos jornalistas. O objetivo do júri é fazer uma avaliação especializada dos parlamentares, de acordo com a visão e o posicionamento de vários segmentos da sociedade.

Por conta disso, o corpo de jurados foi formado com o objetivo de garantir pluralidade na votação, com representantes de quatro diferentes segmentos da sociedade: o acadêmico, o empresarial, o trabalhista e o terceiro setor, além de um representante do Congresso em Foco.

O Prêmio Congresso em Foco 2020 teve como jurados um dos membros da Academia Brasileira de Ciências e da Academia de Ciências dos Países em Desenvolvimento, Carlos Nobre; da presidente da Associação Brasileira de Relações Institucionais e Governamentais (Abrig), Carolina Venuto; da presidente-executiva e co-fundadora do Todos Pela Educação, Priscila Cruz; da coordenadora da assessoria do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), Viviane Ponte Sena e do editor-executivo deste site, o jornalista Edson Sardinha.

Na avaliação feita pelo júri, os principais critérios levados em consideração foram: assiduidade em sessões deliberativas; participação nos debates do Parlamento; apresentação de propostas legislativas; capacidade de articulação política; combate à corrupção e uso consciente dos recursos públicos; além da defesa da democracia e do desenvolvimento sustentável.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!