Prêmio Congresso em Foco valoriza quem defende o serviço público, diz Anfip

A Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Anfip) foi uma das primeiras entidades a fechar apoio ao Prêmio Congresso em Foco 2021, repetindo a experiência do ano passado.

A premiação, uma das mais aguardadas do calendário político de Brasília, ocorrerá este ano em 21 de outubro, quando serão conhecidos os deputados e senadores que, na avaliação do público, de jornalistas que cobrem o Parlamento e de um júri especializado, melhor representam a população no plenário.

Conheça o calendário do Prêmio Congresso em Foco 2021

"A importância do Prêmio Congresso em Foco está na divulgação daqueles parlamentares que se destacaram mais nas questões relacionadas ao serviço público, à economia. São aqueles que realmente fazem um trabalho destinado à melhoria do serviços e das condições de sobrevivência da população e do Estado brasileiro", diz o presidente da Anfip, Décio Bruno Lopes.

Será a 14ª edição do projeto, que tem como objetivo fortalecer a democracia estimulando a sociedade a analisar o desempenho dos congressistas e indicar aqueles que, no seu entender, melhor representam a população no Parlamento.

Para auditores da Receita, governo erra ao tratar servidor como entrave à economia

Oito organizações já formalizaram apoio à nova edição do prêmio: Associação Nacional das Universidades Particulares (Anup), Todos pela Educação, Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais (APCF), Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Anfip), Associação Nacional dos Defensores Públicos Federais (Anadef), Associação Nacional dos Advogados da União (Anauni), Associação Nacional dos Advogados Públicos Federais (Anafe) e Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef).

>Veja a lista com todos os premiados no Prêmio Congresso em Foco 2020

> Conheça os primeiros apoiadores do Prêmio Congresso em Foco 2021

Continuar lendo