Congresso em Foco

O presidente Jair Bolsonaro e o novo ministro da Saúde, Nelson Teich, durante pronunciamento no Palácio do Planalto. [fotografo] Marcello Casal Jr/Agência Brasil [/fotografo]

Nelson Teich pede demissão do Ministério da Saúde

15.05.2020 12:09 18

Publicidade

18 respostas para “Nelson Teich pede demissão do Ministério da Saúde”

  1. Ernesto disse:

    Ninguem quer trabalhar com o Bozo.
    E quem se ferra somos nós.

  2. Paulo Lacerda disse:

    Mais uma sem noção da realidade social,cobre da OMS seu salário e emprego para não morrer de fome Na Suécia o programa do governo impediu o desastre econômico da nação e foi elogiada pela própria OMS sua sem noção ,, gente como vc não contribuí em nada a nação brasileira

  3. Carlos Antonio Pontes Junior disse:

    Triste notícia para a saúde brasileira. No andar da carruagem, pode ser que o novo ministro seja alguém ligado ao ramo funerário. Um Presidente tem que governar pelo povo e para o povo e não achar que só os seus projetos são válidos, desrespeitando qualquer ideia que não vá de encontro aos seus anseios políticos. Não se trata de esquerda ou de direita e sim, de respeitar uma pandemia que ceifa a vida de milhares de pessoas no mundo inteiro onde severas providências sanitárias estão sendo tomadas por todos os dirigente mundiais.Não se deve, no momento, misturar saúde com política e caso isso continue acontecendo, a história, lamentavelmente, mostrará quem estava com a razão.

  4. Edna disse:

    Para quê? E porquê ? Um médico tão conceituado como Dr.Nelson Teich aceita um convite para ser marionete do louco? Que não entende nada de nada? Fez muito bem. Não entendi porquê aceitou??

  5. Paulo Lacerda disse:

    Sim e daí? Outro virá e o fato real e que a nação não pode parar, com risco sério de desastre econômico devastador JB está com a razão é perverso o Lockdown proposto por esquerdalha irresponsável e criminosa, e ponto final O resto é perfumaria canalha contra o Brasil

    • joao custodio disse:

      voce é macho o suficiente para ir para um hospital Decidir quem norre e quem vIve e maIs ter A coRagem de explicar para a familia sua ‘corajosa’ DECISAO////??????

      • Paulo Lacerda disse:

        Crítico mordaz resposta emna linguagem que vc possa suponho entender: Sejamos práticos e realistas:Em todas as epidemias na história da humanidade ocorreram mortes e e enlutaram famílias incluso a minha e a vida segue para todos, viverão os mais aptos e morrerão os mais fracos, simples assim Vc como todos vivem em nação que tem PIB e este quando negativo traz a fome, miséria morte seja realista e não emocional Não vale a pena discutir com gente como vc sem.nocao da realidade nua e crua da vida em sociedade…

    • Edna disse:

      Ótimo! Libere tudo e morra mais da metade da população, inclusive sua familia, seus pais e seus filhos!!

    • joao custodio disse:

      realmente peço desculpas,nao deveria ter comentado sua barbaridede

    • Ernesto disse:

      Pessoas como você não têm a mínima noção de que a administração de um país não é para amadores e muito menos para criminosos como o que lá está hoje.

    • joao custodio disse:

      Imagino ser mais humano as pessoas pensarem em resolver a fome com inteligencia, humanidade e generosidade do que preferir um monte de cadaveres amontoados na porta dos hospitais e lancados em valas comuns
      Realmente morto nao tem fome

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via