Nelson Teich pede demissão do Ministério da Saúde

O ministro Nelson Teich pediu demissão do cargo de ministro da Saúde nesta sexta-feira (15). A informação foi confirmada por meio de nota pela assessoria do Ministério.

"O ministro da Saúde, Nelson Teich, pediu exoneração nesta manhã. Uma coletiva de imprensa será marcada nesta tarde", diz o comunicado.

Teich não completou um mês no cargo e foi o ministro que menos ficou na função no governo de Jair Bolsonaro. Antes dele, o que passou menos tempo no governo foi Gustavo Bebianno, que ficou 48 dias como ministro da Secretaria-Geral.

>Militares ganham mais espaço no Ministério da Saúde

Teich tomou posse no dia 17 de abril, depois de saída conturbada de Luiz Henrique Mandetta. O médico oncologista vinha tendo divergências com o presidente Jair Bolsonaro em função do uso da cloroquina no tratamento da covid-19.

Entre os cotados para substituir Teich, está o secretário-executivo, número dois do ministério, general Eduardo Pazuello e a médica oncologista Nise Yamaguchi.

Outro sinal do desgaste na relação entre o ministro e Planalto foi o fato de Bolsonaro ter permitido a abertura de salões de cabeleireiro, academias de ginástica e barbearias sem consultar o ministro.

>General Pazuello e Nise Yamaguchi são cotados para substituir Teich na Saúde

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!