Relator se reúne com Guedes e PEC emergencial terá versão mais branda

Jair BolsonaroOriovisto GuimarãesPaulo GuedesPEC emergencialPECs Mais Brasilpodemosservidores públicos
Comentários (1)
Comentar
  • Marcos Marques

    O corte de salários é desumano. O corte de carga horária, que vai precarizar ainda mais os serviços públicos, é um crime.