Congresso em Foco

Debora Garofalo, a segunda da direita para a esquerda, ganhou o mundo com o projeto de robótica com material reciclável desenvolvido com alunos do ensino fundamental em escola da periferia de São Paulo. Na foto, ela aparece entre os outros nove finalistas do Global Teacher Prize 2019

Entre os 10 melhores professores do mundo, uma é brasileira. E da escola pública

21.04.2019 13:03 9
Atualizado em 25.04.2019 22:59

9 respostas para “Entre os 10 melhores professores do mundo, uma é brasileira. E da escola pública”

  1. Teresinha Winter disse:

    Uau !!! Um projeto pra lá de legal !!! Que devia ser conhecido por todos os professores e diretores de escolas e aplicado, também. A escola como transformação das pessoas e, consequentemente, da sociedade. Mas com objetividade. Com atitudes concretas. Porque não dá pra esperar isso dos políticos. Não dá mesmo!!!

  2. Flaviano Andrade disse:

    Excelente entrevista. Realmente é uma guerreira num cenário cada vez mais desfavorável pros profissionais da educação

  3. Valdir disse:

    Meu Deus! Não me admira que o candidato a “jornalista” só tenha 576 seguidores em seus twitter.
    Em 03 (três) meses o presidente Bolsonaro conseguiu destruir todo o sistema educacional do Brasil. Até mesmo a estagnação do índice de analfabetos funcionais por 10 anos em 29%, mostrado em pesquisa de 2018 é culpa do governo Bolsonaro que começou seu mandato em 2019….
    Quanto ao discurso de perseguições, vamos por Os Pingos no Is:
    Durante os governos PT, qualquer professor adepto a ideologia diferente à da esquerda, era perseguido, demitido, agredido, e então ninguém (da esquerda) reclamava. Alunos então, tem-se vários registros de professores esquerdistas aos “berros” (é o método de diálogo deles), agredindo a moral dos alunos e ameaçando-os de “tirar pontos na prova” e até mesmo “reprová-los”. Estavam no poder, tinham o poder de decisão, faziam o que queriam.
    Agora o cenário é outro, completamente desfavorável ao pensamento marxista. Então choram, reclamam, tentam (sem êxito) imputar ao atual governo toda destruição que causaram ao Brasil. Há sim, uma reação, principalmente por parte dos estudantes, aos “malditos” professores (ou seriam ‘doutrinadores’?). Enfim, um combate (no sentido cultural) para extirparmos os maus professores que nas últimas décadas transformaram nossas crianças em jovens e adultos alienados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via