Congresso em Foco

O ministro da Economia, Paulo Guedes[fotografo]Alan Santos/PR[/fotografo]

Guedes: governo fará quatro grandes privatizações nos próximos três meses

06.07.2020 08:47 9

Publicidade

9 respostas para “Guedes: governo fará quatro grandes privatizações nos próximos três meses”

  1. Aristóteles Barros da Silva disse:

    Essas declarações, partindo desse finório ordinário, soam mais como provocação do que coisa que valha. Esse sujeito não disse a que veio, a não ser mostrar sua maneira intragável de ser antipático e antipatriota! #ForaBolsonaro #ForaMourão #Moronacadeia

  2. Valdir disse:

    Só 04 (quatro)?
    Tem que privatizar tudo!
    O povo não aguenta mais sustentar um bando de parasitas ineficientes com altos salários, altas aposentadorias e mais benesses e privilégios absurdos.

    • Sebastião L Machado disse:

      Como seria o socorro à população contaminada pela Covid-19 sem o SUS? Como estaria o país hoje sem educação pública com mais de 30 milhões entre desempegados, subempregados e desalentados? Quem investiria nas regiões de menor densidade populacional em que as privadas não querem investir por inviabilidade econômica? Quem investiria em pesquisa climática? Sem lucro, não há empresa privada que invista!

      • Valdir disse:

        A função de um governo deve se restringir a “recolher impostos” e retornar esses impostos à população em serviços de educação, saúde e segurança. Todo o resto deve ser gerido por empresas privadas, com livre concorrência de mercado.
        No Brasil se tem muitos municípios que foram criados sem condições de se autossustentarem, com o único intuito político de criação de mais empregos públicos, mais “ralos” para escorrer dinheiro dos cofres públicos. Se não são autossustentáveis, que se agreguem a municípios maiores e assim se viabiliza economicamente.
        O que não dá mais é o país continuar com a população trabalhadora pobre, sustentando uma máquina administrativa caríssima e ineficiente.
        As áreas de menor densidade nunca foram atendidas em suas necessidades no modelo atual. Qual o percentual da população que não tem esgoto, e nem água potável? E os políticos sempre se lixaram para essa população. Só agora que esse governo aprovou o novo marco do saneamento básico.

  3. Felix disse:

    O momento, no meio de uma pandemia, talvez não seja o mais oportuno para vender essas empresas. Vai ser difícil conseguir um preço justo.

  4. Socorro Araújo disse:

    Que tal se ele colocasse uma placa em Brasília: “Vende-se este país”? Acho que resolveria a ganância desse sujeitinho mequetrefe.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via