Congresso em Foco

Ministro volta ao governo depois de comandar diretoria financeira do Banco Mundial[fotografo]Valter Campanato / Agência Brasil[/fotografo]

Ex-ministro de Dilma, Joaquim Levy aceita convite para presidir o BNDES

12.11.2018 16:57 3

3 respostas para “Ex-ministro de Dilma, Joaquim Levy aceita convite para presidir o BNDES”

  1. TER EX-MINISTRO DO PT JUSTAMENTE NO BNDS É, NO MÍNIMO, SUSPEITO!

  2. Fátima Fernandes disse:

    Eles precisam de alguém que entenda do que deve ser feito. Enfim
    Só ser corrupto de carteirinha ao ver trabalho a ser feito recorre a quem sabe fazer. Nunca vão admitir que o governo PT e seus correligionários mais sérios (Haddad por exemplo) sabem fazer O que é correto. Eles não sabem que a sabedoria vem da luta do dia a dia. Não entendem Como?????

  3. hardy dick disse:

    péraê péraê péraê … escuta essa:

    Bolsonaro explicou que “foi uma decisão do Paulo Guedes, que pediu um voto de confiança”.

    “A caixa-preta vai ser aberta na primeira semana! Não tenha dúvida disso. Se não abrir a caixa-preta, ele está fora, pô.” O presidente eleito disse ainda que quer a “suspensão de todos os sigilos” do BNDES. “Isso será tratado dessa maneira.”

    fonte o antagonista

    “Se não abrir a caixa-preta, ele está fora, pô.”
    REGISTRE-SE EM ATA!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via