Congresso em Foco

Prisão era necessária porque crimes estavam em curso, defende procuradora-geral da República em coletiva[fotografo]Ana Kruger[/fotografo]

Raquel Dodge aponta Pezão como sucessor de Cabral em organização criminosa: “Esquema não cessou”

29.11.2018 10:49 6

6 respostas para “Raquel Dodge aponta Pezão como sucessor de Cabral em organização criminosa: “Esquema não cessou””

  1. O que não consigo entender foi a demora para prender o Pezão, sempre ficou claro que ele estava comandando as falcatruas e corrupções no lugar do Sérgio Cabral. Deixaram ele arrasar com o estado levando o estado a miséria que nós estamos vendo, sem médicos e remédios nos hospitais públicos estaduais, sem saneamento básico e o pior entregou o estado nas mãos dos bandidos, ao ponto de povo sair para trabalhar e não saber se voltará com vida para casa. Mas a nossa Justiça para punir os bandidos de colarinhos brancos ela é bastante morosa, agora para soltá-los ela é muito rápida, em consequência disso os bandidos de colarinhos brancos fazem o que querem. Nos últimos tempo temos visto bandidos de colarinhos brancos serem presos com mais rapidez, mas isso, graças a competência da Lava Jato, que está mudando a nossa Justiça. É por isso, que os bandidos de colarinhos brancos, estão apavorados com a escolha do juiz Sérgio Moro pelo futuro presidente Jair Bolsonaro, para o ministério da Justiça. Se já está ruim para os bandidos de colarinhos brancos agora, ano que vem vai ficar muito mais pior, é só aguardar. Essa pouca vergonha de falcatruas, corrupções e desvios de dinheiro público, vai ter de acabar no país, os presídios irão ficar lotados de bandidos de colarinhos brancos. Agora roubou o erário é cadeia na certa. https://uploads.disquscdn.com/images/176081dff9deafc6ba8654de67bfda272f171bb22cdb65d34d5791474b8878fe.jpg

  2. João Orestes Daruy disse:

    Bandido bom é bandido presso….cadeia já!!!

  3. Hideraldo Hito disse:

    Este é mais um VERME que deve apodrecer na jaula.
    Torcer pra que o novo governo seja mais rígido do que este que está saindo.

  4. Sergio Russo disse:

    Quando alguem fala em intervenção militar , as histéricas da esquerda ficam alvoroçadas e saem correndo que nem baratas quando se acende a luz da cozinha no meio da noite .
    Mas vamos racionalizar .
    Quem são os cariocas ?
    São aqueles que se deixaram enganar pelos últimos governadores eleitos , todos eles bandidos e , ou na cadeia , ou com destino para a cadeia.
    Na Grecia antiga , aonde a democracia nasceu , não eram todos que votavam . Os escravos e as mulheres não votavam , porque lá eles sabiam que para votar corretamente , é preciso um mínimo de informação . E mais , a sociedade já atingiu um grau de sofisticação aonde a ética , moral e honestidade já são favas contadas entre a população . Será que o Rio já atingiu uma posição minima para ser chamada de sociedade evoluida ? Se tem duvidas , sua até um morro carioca , daqueles bem humildes , para ver o que acontece por lá.
    Então entendi . Nada de militares mandando , mas quando a coisa fica preta , correm para pedir soldados que ficam estacionados nas avenidas , para dar a falsa impressão de segurança . Então para limpar a merda das ruas que a politica carioca não sabe resolver , tem que chamar o exercito.
    Os tres poderes no Rio , o executivo , o legislativo e o judiciario estão podres e bichados. E tem gente que acha que este cancer vai ser curado com chazinho de erva cidreira , quando é necessaria uma operação drastica de remoção do tumor.
    Pois é . O Rio nunca será um lugar decente até que o povo aprenda a votar e não se deixe enganar por bandidos que são amplamente eleitos.

  5. O PEZÃO, O AFILHADO DO EX-GOVERNADOR SÉRGIO CABRAL, FOI PEGO!
    Chegaram no Pezão, o afilhado do Sérgio Cabral, o Pezão sempre foi um pau mandado do Cabral como a Dilma e o Fernando Haddad eram de Lula. O governador do Rio se Janeiro, Luiz Fernando Pezão (MDB), foi preso na manhã desta quarta-feira (29), por agentes da Polícia Federal (PF) no Palácio Laranjeiras, residência oficial do governador do Rio de Janeiro. Eu só não consigo entender porque a Justiça demora tanto em prender esses bandidos de colarinhos brancos, enquanto que um pobre quando rouba num supermercado um biscoito para levar para o seu filho por não ter nada em casa para dar para ele comer, imediatamente é preso e vai direto para cadeia. Mas no Brasil a nossa Justiça sempre usou dois pesos e duas medidas nos seus julgamentos quando se trata de ricos e pobres. Mas aos poucos isso está mudando e não tem mais volta. Depois da Lava Jato a Justiça está sendo cega como sempre deveria ser nos seus julgamentos, como manda a nossa Constituição, sem dúvidas, que ainda precisam de mudanças a ser feitas, principal no STF, mas esses ministros do STF também vão ter de mudar de atitude, caso contrário irá acontecer com eles o que aconteceu com o Pezão agora, até porque os Generais estão incomodados com as atitudes dos ministros do STF por estarem soltando bandidos de colarinhos brancos. Mas voltando no caso de Pezão muitas surpresas ainda iremos ter em 2019, quando o juiz Sérgio Moro assumir o Ministério da Justiça e terá todo o apoio do presidente da República Jair Bolsonaro, para ir à fundo nas investigações, doa a quem doer, essa mudança de rumo do Brasil não tem mais volta quem não quiser ir pra trás das grades, no governo de Bolsonaro, é só seguir o que o Bolsonaro falou, não fazer coisas erradas. https://uploads.disquscdn.com/images/322b7bc88de9a0655adf6655f01753d2e639027e3ba5f6c359bf6788d3dddf1e.jpg

  6. Fábio disse:

    Sempre bom lembrar que Lula, outro corrupto vulgar, dizia ser questão de caráter votar no Cabral.
    É contra esse establishment corrupto que a população se voltou nas urnas em outubro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via