OMS retira hidroxicloroquina de seus testes contra covid-19

A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou, neste sábado (4), a retirada da hidroxicloroquina e do lopivanir/ritonavir de seus testes científicos contra a covid-19. O medicamento já havia sido suspenso pela falta de resultados.

>Donos de bares fazem ato por reabertura em frente a hospital com UTI lotada

A decisão definitiva da OMS segue a orientação da Solidarity Trial’s International Steering Committee, o comitê internacional foi criado pela organização para encontrar um tratamento eficaz contra a covid-19.

As pesquisas do comitê avaliaram que a hidroxicloroquina e o lopinavir/ritonavir produzem pouca ou nenhuma redução das mortes de pacientes com covid-19. Elas não apontam também para grandes evidências de que os medicamentos aumentem a mortalidade. Dessa forma o medicamento será retirado dos testes.

Atualmente, o mundo contabiliza mais de 11 milhões de infectados e 527.827 mortes por coronavírus desde o início da pandemia, segundo os dados da universidade americana Johns Hopkins.

>Em meio à pandemia, Capes avalia reduzir áreas na pós-graduação

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!