Congresso em Foco

Novo Congresso será ao mesmo tempo mais plural, mais diversificado e mais retrógrado[fotografo]Agência Brasil[/fotografo]

O que você precisa saber para entender o novo Congresso brasileiro

e

09.10.2018 18:29 2
Atualizado em 25.10.2018 19:56

Reportagem Em

2 respostas para “O que você precisa saber para entender o novo Congresso brasileiro”

  1. Sérgio Salomon disse:

    OS MENINOS E MENINAS DE RECADO DO PT, NÃO CONSEGUEM AVANÇAR SOZINHOS. A incompetência administrativa é impressionante. Por não saberem administrar dão uma de “gata borralheira” . Em Minas Gerais, Pimentel meteu os pés pelas mãos = incompetente. Não sabem sair da teoria para a prática e ainda culpam os outros. O pt (em letras minúsculas porque é o que se tornaram) vai perder liderança trabalhista para o PDT por pura incompetência. E a menina de recados Gleisi vai perder o senado não tarda muito. É INACREDITÁVEL QUE ALGUÉM QUE TEM O DOCUMENTO DA MINA DE OURO E PERDE TUDO EM UMA ÚNICA MÃO EM UMA PARTIDA DE BARALHO.

  2. Paulo C. de Lima disse:

    A matéria já merece descrédito por utilizar o termo extrema-direita, mau existia uma direita no Brasil em todos esses anos da República Nova quanto mais extrema-direita, isso é papo de quem já tem as ideias muito contaminadas pela lobotomia esquerdista.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via