Eleição para o Senado contraria pesquisas e mostra alta renovação

As urnas foram fartas em más notícias para os senadores que disputaram reeleição. Dos 32 que tentaram renovar os mandatos, oito conseguiram. Entre os 24 que fracassaram nas urnas está o ex-líder do governo na Casa, Romero Jucá (MDB), um dos senadores mais influentes da atual legislatura (veja as listas abaixo). Um dos campeões de processos criminais no Supremo Tribunal Federal (STF), alguns deles referentes à Operação Lava Jato, Jucá estava há 24 anos no Senado e, depois de liderar três governos seguidos (Lula, Dilma e Temer), ganhou o apelido de "líder de todos os governos".

Apontados como favoritos pelas pesquisas durante quase toda a campanha eleitoral, políticos veteranos como Roberto Requião (MDB-PR), Magno Malta (PR-ES), Ricardo Ferraço (PSDB-ES), Cristovam Buarque (PPS-DF) e Eduardo Braga (MDB-AM) foram derrotados por candidatos mais novos. Alguns deles, como Leila do Vôlei (PSB-DF), exercerão seu primeiro mandato eletivo.

Só 7 dos 81 senadores foram a todas as sessões do primeiro semestre de 2018

O fracasso eleitoral também atingiu os senadores Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), Edison Lobão (MDB-MA) e Eunício Oliveira (MDB-CE), além de figuras como a ex-presidente Dilma Rousseff (PT-MG). Outro petista famoso, o ex-senador Eduardo Suplicy, foi ultrapassado pelos deputados paulistas Major Olímpio (PSL) e Mara Gabrilli (PSDB).

 

Leila do Vôlei e Rodrigo Cunha são dois dos rostos novos no Senado para a próxima legislatura (2019-2023)Leila do Vôlei e Rodrigo Cunha são dois dos rostos novos no Senado na próxima legislatura - Foto: Reprodução

 

Confira abaixo os resultados da eleição para o Senado, estado a estado:

AC
Petecão (PSD)
Márcio Bittar (MDB)

AL
Rodrigo Cunha (PSDB)
Renan (MDB)

AM
Plinio Valerio (PSDB)
Eduardo Braga (MDB)

AP
Randolfe (Rede)
Lucas Barreto (PTB)

BA
Jaques Wagner (PT)
Ângelo Coronel (PSD)

CE
Cid Gomes (PDT)
Eduardo Girão (Pros)

DF
Leila do Vôlei (PSB)
Izalci (PSDB)

ES
Fabiano Contarato (Rede)
Marcos Do Val (PPS)

GO
Vanderlan (PP)
Jorge Kajuru (PRP)

MA
Weverton (PDT)
Eliziane Gama (PPS)

MG
Rodrigo Pacheco (DEM)
Jornalista Carlos Viana (PHS)

MS
Nelsinho Trad (PTB)
Soraya Thronicke (PSL)

MT
Juíza Selma Arruda (PSL)
Jayme Campos (DEM)

PA
Jader Barbalho (MDB)
Zequinha Marinho (PSC)

PB
Veneziano Vital do Rêgo (PSB)
Daniella Ribeiro (PP)

PE
Humberto Costa (PT)
Jarbas Vasconcelos (MDB)

PI
Ciro Nogueira (PP)
Marcelo Castro (MDB)

PR
Professor Oriovisto Guimarães (Podemos)
Flávio Arns (Rede)

RO
Marcos Rogério (DEM)
Confúcio Moura (MDB)

RJ
Flávio Bolsonaro (PSL)
Arolde de Oliveira (PSD)

RN
Capitao Styvenson (Rede)
Dra. Zenaide Maia (PHS)

RR

Chico Rodrigues (DEM)
Mecias Jesus (PRB)

RS
Luis Carlos Heinze (PP)
Paulo Paim (PT)

SP
Major Olímpio (PSL)
Mara Gabrilli (PSDB)

SC
Esperidião Amin (PP)
Jorginho Mello (PR)

SE
Delegado Alessandro Vieira (Rede)
Rogério Carvalho Santos (PT)

TO
Eduardo Gomes (SD)
Irajá Abreu (PSD)

 

Quem se reelegeu:

Ciro Nogueira (PP-PI)
Eduardo Braga (MDB-AM)
Humberto Costa (PT-PE)
Jader Barbalho (MDB-PA)
Paulo Paim (PT-RS)
Randolfe Rodrigues (Rede-AP)
Renan Calheiros (MDB-AL)
Sérgio Petecão (PSD-AC)

 

"Líder de todos os governos": Jucá esteve por quase 25 anos no Senado"Líder de todos os governos", Jucá esteve por quase 25 anos no Senado - Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom / ABr

 

Quem não conseguiu se reeleger:

Ângela Portela (PDT-RR)
Antonio Carlos Valadares (PSB-SE)
Ataídes Oliveira (PSDB-TO)
Benedito de Lira (PP-AL)
Cássio Cunha Lima (PSDB-PB)
Cristovam Buarque (PPS-DF)
Edison Lobão (MDB-MA)
Eduardo Lopes (PRB-RJ)
Eunício Oliveira (MDB-CE)
Flexa Ribeiro (PSDB-PA)
Garibaldi Alves Filho (MDB-RN)
Jorge Viana (PT-AC)
Lúcia Vânia (PSB-GO)
Lindbergh Farias (PT-RJ)
Magno Malta (PR-ES)
Paulo Bauer (PSDB-SC)
Ricardo Ferraço (PSDB-ES)
Roberto Requião (MDB-PR)
Valdir Raupp (MDB-RO)
Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM)
Vicentinho Alves (PR-TO)
Waldemir Moka (MDB-MS)
Wilder Morais (DEM-GO)

 

Alguns resultados da boca de urna Ibope divulgados no final da tarde de domingo (7):

 

Rio de Janeiro

Flávio Bolsonaro (PSL): 28%
César Maia (DEM): 18%
Arolde de Oliveira (PSD): 14%
Lindbergh Farias (PT): 12%
Chico Alencar (PSOL): 11%

Distrito Federal

Leila do Vôlei (PSB): 17%
Izalci (PSDB): 16%
Cristovam Buarque (PPS): 11%
Fadi Faraj (PRP): 10%
Wasny (PT): 9%

Espírito Santo

Fábio Contarato (Rede): 31,04%
Marcos do Val (PPS): 23,97%
Magno Malta (PR): 17,10%
Ricardo Ferraço (PSDB): 13,43%
Subtenente Assis (PSL): 6,93%

Minas Gerais

Carlos Viana (PHS): 21%
Dinis Pinheiro (SD): 18%
Rodrigo Pacheco (DEM): 18%
Dilma Rousseff (PT): 15%
Miguel Correa (PT): 7%

Paraná

- Professor Oriovisto Guimaraes (PODE): 28%
- Flavio Arns (REDE): 22%
- Requião (MDB): 16%
- Alex Canziani (PTB): 13%
- Beto Richa (PSDB) 6%

Pernambuco

- Humberto Costa (PT): 26%
- Jarbas (MDB): 21%
- Mendonça Filho (DEM): 19%
- Bruno Araujo (PSDB): 12%
- Silvio Costa (AVANTE): 8%

Rio Grande do Sul

Luis Carlos Heinze (PP): 22%
Paulo Paim (PT): 19%
Beto Albuquerque (PSB): 14%
Carmen Flores (PSL): 14%
José Fogaça (MDB): 14%

São Paulo

Major Olímpio (PSL): 24%
Mara Gabrilli (PSDB): 17%
Eduardo Suplicy (PT): 15%
Tripoli (PSDB): 9%
Maurren Maggi: (PSB): 8%

Tocantins

Eduardo Gomes (SD): 19,46%
Irajá (PSD): 16,75%
César Halum (PRB): 14,40%
Vicentinho (PR): 13,80%
Ataídes Oliveira (PSDB): 13,33%

 

Leia mais sobre as eleições 2018

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!