Congresso em Foco

Roberto Barroso:

Ministro do STF cobra legalização das drogas: “Precisamos de ousadia”

28.03.2017 16:47 393

Reportagem

393 respostas para “Ministro do STF cobra legalização das drogas: “Precisamos de ousadia””

  1. PAULO disse:

    concordo com o Ministro Barroso, temos que liberar sim o uso de drogas no
    Brasil, exemplo de alguns países desenvolvidos que ja fizeram, não adiantam combater o tráfico proibindo, liberando o uso e criando regras, teremos sim muito menos violência em nossa sociedade, e muito menos dinheiro gasto com segurança pública, o álcool é a pior de todas as drogas e a que mais mata e é liberado, quem são as pessoas que bebem ? O vício ja nasce junto com o espirito encarnado, e nós encarnados temo que combate-los em nossas vidas e não criar regras e punir severamente os seres humanos……..

  2. Jlgui Rodrigues disse:

    EFEITOS DA MACONHA A CURTO PRAZO

    Distorção sensorial
    Pânico
    Ansiedade
    Coordenação motora fraca
    Tempo de reação elevado
    Depois de um “barato” inicial, o usuário sente-se sonolento ou deprimido
    Batimento cardíaco acelerado (e risco de ataque cardíaco)

    EFEITOS DA MACONHA A LONGO PRAZO

    Baixa resistência a doenças comuns (resfriados, bronquite, etc.)
    Supressão do sistema imunológico
    Distúrbios de crescimento
    Aumento de células de estrutura anormal no corpo
    Redução dos hormônios sexuais masculinos
    Destruição rápida das fibras dos pulmões e lesões (feridas) cerebrais que poderão ser permanentes
    Capacidade sexual reduzida
    Dificuldades de estudo: menor capacidade para aprender e reter informação
    Apatia, sonolência, falta de motivação
    Mudança de personalidade e humor
    Incapacidade para compreender as coisas de forma clara

    DEPOIMENTO
    – “Eu comecei a fumar um beck por brincadeira, um desafio
    do meu melhor amigo, que disse que eu era medroso demais para fumar um
    baseado e beber um litro de cerveja. Na época eu tinha 14 anos. Após 7
    anos fumando maconha e bebendo, acabei dependente. Já não fumava mais para sentir euforia, fumava apenas para sentir alguma aparência de normalidade.
    “Então, comecei a ter sentimentos negativos sobre mim mesmo e minhas capacidades pessoais. Detestava a paranoia1.
    Detestava estar sempre olhando por cima do ombro. Realmente detestava
    não confiar nos meus amigos. Fiquei tão paranoico que consegui afastar
    todos de mim e me vi num lugar terrível onde ninguém quer estar — estava
    só. Acordava de manhã, começava a fumar e continuava fumando o dia
    todo.” — Paul

  3. Jlgui Rodrigues disse:

    PARA TODOS OS APOIADORES DESTE IDEIA ABSURDA !
    NARCÓTICOS ANÔNIMOS!!

  4. José Zeca Pereira disse:

    Se não pode contra eles, junte-se a eles kkkkkkkkkkkkk

  5. Rodrigues Oliveira disse:

    Ta bom legaliza e quem vai fiscalizar o cumprimento da regulamentação, eu acho que esses dois são do ramo, cuidado povão esse país é do terceiro mundo, vai haver corrupção na venda de drogas.,.

  6. Bento Sartori de Camargo disse:

    Ô ministro de duas uma, ou é muito ingênuo ou tem coisas inconfessáveis nesse jogo. Vem dizer na mídia que o Estado deve “desestimular o usuário e combater o traficante”, pior ainda afirma que o “uso recreativo das drogas” não seja proibida, o ministro esquece que “enquanto houver consumidor haverá fornecedor”, vai te catar meu, o traficante só existe em função de que tem usuário para vender. Mais ainda: me explique e justifique o que é “uso recreativo” dessas porcarias?, espero que alunos não queiram usar drogas na hora do “recreio” né ministrinho fajuto?.

  7. miltokmiltonk disse:

    . A nossa classe média que são os maiores consumidores já garantiram para os seus a impunidade hipócrita, é crime mas a polícia não pode prender quem consome. Deixam o pau comer nas periferias onde os traficantes recrutam a mão de obra nas escolas onde professores assistem diariamente seus alunos morrerem na criminalidade porque o dinheiro do tráfico vira um ímã para a maioria desses jovens que não vêem outras oportunidades.
    Enquanto isso nossos governos soltam para as ruas psicopatas assassinos e criminosos com várias mortes nas costas porque nossa sociedade é míope e também porque nossas penitenciárias estão abarrotadas de aviõezinhos e traficantes que continuam comerciando suas drogas e praticando seus crimes de dentro das prisões e penitenciárias, tendo a proteção gratuita de governos e polícias contra seus adversários que estão fora das penitenciárias.
    A lógica do capitalismo é simples, quanto mais na ilegalidade mais vale essa mercadoria, os traficantes agradecem porque não vai faltar mão de obra para eles.

  8. Wilson Almeida Junior disse:

    DÁ UM KG DE MACONHA PRO FILHO DESSE FILHO DA PUTA, FUMAR TODOS OS DIAS..,BABACA

  9. eysler disse:

    Faço a mesma pergunta do senador Magno Malta “Será que o Ministro Roberto Barroso embarcaria em um avião de carreira sabendo que minutos antes os pilotos deram um tapa em cigarros de maconha ??”

    • paulo disse:

      Ah a genialidade de magno.
      Então vamos proibir o álcool. Será que magno embarcaria num avião cujos pilotos minutos antes deram tomaram uns shots de tequila?

  10. Altamir Patrícia Marques disse:

    De que vai adiantar o Ministério da Saúde avisar: “Fumar faz mal à saúde”. Impressionante essa turma! Estou desconfiado de que o Fernando Henrique e o Roberto Barroso gostam duma “macoinha”. Não se surpreenda se alguns desses magnatas, começarem a abrir a cachinha deles, e não tirar mais um “Charuto de Fumo”, mas um “Charuto de MACONHA” para fumarem. Que esses irresponsáveis, baixem também um decreto no Ministério da Saúde para aumentar a VERBA ANUAL para a saúde, pois muitos problemas relacionado ao fumo de maconha e consumos de drogas irão aumentar e as vítimas vais precisar. O Ministério da Saúde precisará ser bem OUSADO em ajudar as vítimas do Ministro Roberto Barroso.

    • Leonardo C. disse:

      Altamir, acredito que a verba destinada ao combate às drogas é muito maior do que a verba destinada para o tratamento…

      • Altamir Patrícia Marques disse:

        Leonardo, eu penso que os congressista são muito frouxos. Muitos deles estão envolvidos em crimes também dessa natureza, como um dos conselheiros do TCE do RJ abordado pela Lava Jato hoje. Penso que as Leis de Punição contra qualquer tipo de droga, mesmo as legalizadas, deveria ser mais duras.

  11. Arcont disse:

    Não adianta “legalizar” as drogas se o mercado continuar nas mãos dos traficantes, acabem com o trafico como na China ou se reduz pelo menos para depois regulamentar.

  12. leo123 disse:

    O problema é q há um indústria da droga alimentada por pessoas q tem muita grana… ESsas pessoas não querem q legalize… pq? pq elas tem helicóptero com meia tonelada de pasta base de cocaína, os amigos do pozinho fazem aeroportos em cidades com dinheiroq não é deles… e ninguém fala nada… pq? pq muitos juízes, policiais, etc e talz, tem medo de morrer.

  13. Xandipsv disse:

    Todo e qualquer ato, para ser considerado crime, deve causar um dano a um terceiro. Minha pergunta para os “especialistas” é: aonde está o dano a um terceiro no ato de alguém cultivar uma planta para se auto medicar?

    • paulo disse:

      o dano a terceiros pode ser um atropelamento, por exemplo, sob o efeito da droga.
      ou o cara ter enfisema pulmonar e eu ter que pagar o tratamento dele no sus. Mas isso não é crime.
      E o cara que é artesão e mexe com osso, por exemplo, pode desenvolver uma fibrose no pulmão e eu ter que pagar o tratamento dele da mesma forma.

      Não estou discordando de você. Só estou colocando mais argumentos na equação.
      Eu sei que, mesmo sendo proibida a maconha, as pessoas dirigem sob o efeito desta e correm o risco de atropelar alguém.

      Talvez muitos se preocupam com, havendo a liberação, praças e bares cheio de gente fumando maconha, influenciando crianças e etc. Realmente uma preocupação digna. Mas acho que a solução para esse problema é a regulação. hoje não se pode fumar um cigarro em um bar e parece que vem funcionando bem.

      O cara poderia não fumar o fumo dele em local público, sob marquises, em praças – sob risco de multa altíssima e exemplar. E, por associação, faríamos o mesmo com o álcool.

      • Xandipsv disse:

        Atropelamento eh um fato. Plantar e fumar eh outro. Não se deve dirigir sob efeito de nenhuma substância que atue sobre o sistema nervoso central.
        Com relação a saúde, pelo que percebi és contra a saúde pública. Pq já pagamos para os alcoólatras, fumantes de cigarro, viciados em drogas lícitas como rivotril, ritalina, etc. Logo, também eh outro assunto.
        Por fim, não confunda, liberação com regulamentação e descriminalização. São coisas diferentes. Minha questão eh sobre descriminalização e o desafio permanece. Mostrem aonde eh crime plantar e fumar em casa. Aonde está o dano ao terceiro?? Logo, criminalizar o plantio e o uso eh INCONSTITUCIONAL. O Próprio STF já tem 3 votos nesse sentido no processo judicial RE635659. SE INFORMEM!!!

        • paulo disse:

          não sou contra à saúde pública, mas à favor de ações positivas que tenham impacto na redução dos custos.
          por exemplo, acho que se deve investir mais em prevenção do que tratamento. é mais barato e mais eficaz.
          Mas acho que, ao oferecer livre arbítrio, deve-se cobrar responsabilidade.

          Pra sair da esfera da droga, vamos avaliar um recente fenômeno brasileiro. Durante o governo Lula, houve uma explosão de consumo. O fácil acesso aos financiamentos, lotou as ruas de motos e carros.
          Centenas de pessoas irresponsáveis beberam, pilotaram suas motos e se acidentaram, se tornando inválidos. Claro que nem todos acidentes se deram dessa forma. Mas centenas de milhares sim.
          Esses inválidos, por irresponsabilidade e livre arbítrio, causaram um dano e um custo que será “socializado” ou seja, arcado por todos. Além de não produzirem, ou produzirem menos, temos que pagar por isso.

          Repare o detalhe: pessoas que beberam e dirigiram. Não estou dizendo que devemos abandonar inválidos.
          Mas a responsabilidade deveria ter um peso maior. Um fumante com enfizema está lidando com consequências de suas escolhas.
          um assunto delicado e complicado, mas acho que temos que pensar nesse viés.

          E sim, já pagamos pros alcoólatras, dependentes de tarja preta e etc… concordo plenamente e coloquei isso em vários comentários. é outro assunto, mas também é esse assunto.

          O uso recreacional por si pode não ser crime, mas as consequências são, muitas vezes, públicas.

  14. Xandipsv disse:

    Maconha não é droga. É remédio. São mais de 5 mil anos de uso sem sequer uma morte. Pesquisem suas diversas aplicações na medicina. Epilepsia, Parkinson, dores crônicas, enjôo, glaucoma, artrite, são soh alguns exemplos. Pesquisem pelo Dr. Lester Grinspoon ( PhD de Harvard) e tantos outros pesquisadores que abandonaram o preconceito e descobriram o verdadeiro potencial dessa planta. Quem quiser plantar seu remédio deve ter o direito de fazê-lo. Não pode ser crime pois não causa dano a um terceiro.
    Aos contrários eu insisto: pesquisem, leiam. Pois estão muito desinformados e falando muita bobagem. Se não entendem do assunto vão comentar fofoca dos artistas ou futebol que é mais fácil.

    • paulo disse:

      ehh calma lá cara.
      é droga sim. ponto. os remédios tbm são. Pra não entrar no campo da semântica, vamos considerar que é algo, como vc mesmo mencionou, que atua no sistema nervoso e provoca alterações na percepção de profundidade, entre outros efeitos.
      Já existe quem fale de vício (cientificamente), especialmente das novas variantes, com muitos mais THC e etc. Também se conhece efeitos nocivos da planta, talvez o mais simples de se citar, o ato de aspirar fuligem e gás quente. O cigarro causa lesões na boca pela temperatura do gás que passa por ele. A maconha complica e deflagra casos de pânico, psicose… E, na verdade, conhece-se pouco ainda dos efeitos nocivos da maconha dos anos 2000, muito diferente da dos anos 70
      Não é a erva do diabo, mas tbem não é a salvação de todos os doentes. Menos.
      é uma droga como muitas outras. E deveria haver, pelo menos, coerência no trato com elas. Temos o pesquisador brasileiro Crodowaldo Pavan que estudou a erva, reconheceu potencial (inclusive têxtil), mas nunca foi à favor do uso recreativo.
      Sinceramente, acho que esse tipo de argumento serve mais pra criar resistência. Pelo menos pra mim, o que faz algum sentido é o argumento econômico, da segurança pública E da saúde pública.
      Além do mais, plantar remédio é um pouco mais complicado. Não se pode afirmar que cada pé plantado rende plantas com a mesma proporção de ativos, o controle da dose é complicado.

      • Xandipsv disse:

        Concordo Paulo. Além disso, a mesma espécie de cannabis desencadeia efeitos diferentes​ em cada indivíduo/organismo. Com certeza existe o vício mas bem menor do que o do cigarro ou do álcool. É mais uma questão psicológica, do hábito. A inalação da fumaça quente pode sim trazer problemas a longo prazo e o uso regular na adolescência pode reduzir quantidade de neurônios​. Porém, após a formação completa do cérebro pode até proteger os neurônios (cfme pesquisa recente). Enfim, ainda há muito a ser estudado mas o potencial medicinal parece interessante, principalmente por possuir baixo índice de toxicidade.
        Discordo um pouco do que disseste a respeito do cultivo para uso medicinal pq hoje as técnicas de cultivo estão ao alcance de todos. Basta ter a genética indicada para cada doença e criar as condições indicadas no seu cultivo indoor. Mas independente disso o cultivo para uso recreativo é uma maneira de tirar poder do tráfico e descriminalizar o usuário.

  15. Xandipsv disse:

    Você é contra a regulamentação da cannabis? Os traficantes também.

  16. Luiz disse:

    Liberar a maconha e a cocaina…já sabe q vai ser igual monopólio dos remédios, já já uma multinacional toma tudo e o governo terá q ir ao STF quebrar a patente pra fazer o genérico

  17. SIMPLICIO disse:

    MEUS DEUS ILUMINE A CABEÇA DESSE MINISTRO, JÁ PENSOU PESSOAS ANDANDO 24HRS DOIDÃO DE MACONHA NA CABEÇA A VIOLÊNCIA IRÁ DOBRAR DE TAMANHO, A FALTA DE RESPEITO SERÁ MAIOR AINDA, O BRASIL NÃO TEM ESTRUTURA PARA ISSO, SOU A FAVOR DA TOLERÂNCIA ZERO, PRISÃO PERPETUA………..

    • Karl Haddad disse:

      amigo, a discussão sobre a liberacao das drogas tem que se dar em um nivel melhor do que esse argumento seu ai. Primeiro, comparando com o alcool, que é liberado e nem por isso as pessoas andam bêbadas 24 horas por dia, DOIDÃO de alcool na cabeça…. Outra coisa, “prisão perpétua” por qual crime? De praticar comercio ou de destruir a própria saude ? e ai o povo brasileiro tem que pagar pela hospedagem carissima desse individuo na cadeia, nao sem antes ter pago por um sistema judiciario carissimo entre juizes , promotores, advogados … quanto mais alta a pena mais caro o sistema judiciario se torna. Entao, pense bem.

    • Xandipsv disse:

      Eu já acho que deveria ter prisão perpétua para ignorância. Sem dúvida você teria cela especial.

  18. Bento Sartori de Camargo disse:

    Esses dois só vão ter a noção da desgraça que é o uso de drogas quando eles ou alguém da família for vítima das loucuras a que levam o “uso dessas porcarias”. Um político que deve ser “eliminado da vida pública” e um magistrado “completamente fora da casinha”. Mais um ponto para a juíza Eliana Calmon que ao deixar o CNJ (Conselho Nacional de Justiça) afirmou alto e bom som que o Judiciário brasileiro está cheio de “bandidos de toga”. Quanto ao narcotráfico porque ele não propõe trazer a legislação da Indonésia para cá ministro?. Lá um brasileiro “esperto” tentou entrar com uma asa delta com os canos de alumínio recheados de droga, foi detectado já no aeroporto de lá e nem telefonema de Dilma conseguiu livra-lo da morte. É barato para o contribuinte, altamente eficiente e a sociedade fica livre dessa epidemia que mata centenas de pessoas e causa roubos e assaltos aos milhares todos os dias pelo país. Não precisa ser inteligente para ver isso, basta ser normal!.

  19. Marco disse:

    E desde quando o Estado quer acabar com o Tráfico de drogas?? Falar em controle rígido do Estado, rende ótimas piadas!

  20. PovoLivre disse:

    Use de ousadia pra outras coisas ministro! Vou te falar viu

  21. Carlos Alberto Silva disse:

    FRACASSA MESMO AQUI NO BRASIL, ONDE NÃO HÁ UMA RIGOROSA ATENÇÃO NAS FRONTEIRAS ONDE REALMENTE DEVERIA !! SEM CONTAR COM POLICIAS COM ARMAS DE TECO TECO ENFRENTANDO BANDIDOS COM ESCOPETAS ! OS MAIORES CONSUMIDORES MORAM EM MANSÕES ou em CONDOMÍNIOS LUXUOSOS !!!

  22. Krogtharr Shadowmoon disse:

    Por mim plantavam nos canteiros das cidades e em toda a parte! Os traficantes iriam a falência. Quem quer usar que use por sua própria conta e risco. A grande vantagem de liberar é que esses usuários não vão precisar vir me roubar e me matar para pegar meu celular! Com essa essa porcaria proibida, sou eu quem esta pagando a conta! Logo eu que nem beber cerveja bebo…

  23. anjefoswl a disse:

    Sei, vamos liberar as drogas para quem quiser produzir e consumir. Só esquecem de avisar que o detentor da quase totalidade desse mercado atual é o Farcs, Concorrência? basta imaginar o que acontece nas prisões pelo pais em 2017, mas só que em uma escala maior.
    Vai ser lindo ver barraquinha na porta de escola, vendendo maconha para seus filhos, policia não podendo fazer nada. Não basta emburrecer o povo, temos que dopa-lo até o ponto onde o comunismo faça sentido.

  24. Fabio Silva disse:

    Pena de morte para traficante.. Vamos ver se nao acaba com trafico, cortar esse mal pela raiz…

  25. Asthar Marcondes disse:

    Parabéns ministro. 80 % do dinheiro do tráfico provém dá venda de maconha. Se o mundo legalizassem seria um duro golpe no caixa do tráfico.

  26. Antonio disse:

    A experiência americana está com resultados muito bons, principalmente na geração de receita para o governo, arrecadando bilhões por ano. Na minha opinião, a maconha já está liberada de fato e é encontrada em qualquer esquina de periferia. O país está quebrado, a maconha significa mais arrecadação.

  27. Marco disse:

    Este velho MACONHEIRO, não desiste, tem até a ousadia de tentar influenciar o novo Ministro do STF.

  28. Selma Lizia disse:

    Já entendi tudo: Vão liberar a plantação, a industrialização , o comércio e o consumo;então políticos que são grandes latifundiários passarão a plantar, e, a cada tonelada vendida o governo arrecada 30% de impostos; simples assim!

  29. Alessandro Moreira disse:

    Concordo. O tráfico está vencendo até em países com pena de morte. O consumo dá maconha só cresce e o do cigarro só diminui. Vamos legalizar pra poder controlar e arrecadar impostos com essa deoga. Se legalizar vou montar um ponto de venda.

  30. Thiago Lima disse:

    A conta é simples. O país mais rico do mundo, que mais investe e combate o trafico no mundo, com a fronteira mais protegida do mundo, com os policiais mais bem equipados do mundo e que tem 50% da população do mundo consome quase 50% das drogas produzidas no mundo. Já pararam pra pensar quanto o Brasil gasta por ano no combate e quantas vidas isso ja custou?
    Talvez chegou a hora de escolher dos males o menor que seria a legalizacao inclusive do cultivo pois nenhuma fronteira do mundo é 100% fechada, enquanto for proibida, a droga vai entrar, e quem quiser usar vai encontrar para comprar.

  31. Le HueBr disse:

    É um absurdo, esse “senhor”, só tem posições em que de um jeito ou de outro atrasam e prejudicam o povo brasileiro – é a favor do aborto e das liberações das drogas… deveria logo usar uma toga vermelha com a foice e o martelo de uma vez!

    Povo adora falar da Holanda, mas o próprio govero de lá já se arrenpendeu por legalizar, pois amsterdan virou uma cidade de turistas viciados… enfim uma lástima!

    Chega dessa juristocracia!

    • Karl Haddad disse:

      Se mais paises da Europa legalizassem, o turismo de drogas reduziria muito.

      • Le HueBr disse:

        Ah claro, vamos nivelar todos por baixo kkkkkk
        Deixar todos ferrados…

        O que esse povo quer é a pervessão da sociedade e se vc ainda não percebeu isso, só lamento por vc!

    • paulo disse:

      cara me explica aí. sempre fico confuso com essa baboseira, digo discussão importante sobre comunismo e destruição dos valores morais.
      o cara que quer liberar drogas é comunista, é isso?Ah é … lembra do mao tse tung e o ópio? domínio do povo, mente fraca… lembrei
      ma… e os libertários que tem ojeriza à comuna e são a favor da liberação, já que são a favor de menor regulação estatal? é um cara de esquerdo-direita? Se bem q uns são contra o aborto.
      perá lá. eu fico confuso. vou recapitular: se o cara é a favor de tudo que eu sou contra ele é de esquerda, acertei?Se é do meu lado é de direita?
      o que eu já consegui entender que é que o diabo é comunista. Então acho que fica assim: todo personagem mitológico de má índole tem que ser vermelho e ser à favor do fim da propriedade privada e extinção do estado, além da organização da sociedade em comunas.
      Aquele que defende o livre-mercado, a redução do estado, as privatizações e é contra a relativização moral é azul, senta à direita de Jesus e … mas… estado reduzido e com livre mercado não regula as drogas… ahhh desisto.
      e se eu for uma mistura disso tudo aí? sou um babaca? Não pode! tem que ser ou comunista, ou conservador! Se eu tivesse coordenação motora melhor tinha me dado um tapa na cara e me mandado trabalhar.
      Um conservador é o que? de direita, suponho? Uma pessoa direita? Tem pessoa esquerda? ou ela é só má?
      Holambra não é onde vende flores?
      mas… o assunto não era maconha? Ah é… a erva do diabo. Diabo é vermelho, vermelho bangu, vergonha na cara, pau no tatu.
      Ahhh negócio difícil rapaz.. .

      • Le HueBr disse:

        Cara as informações estão disponíveis na internet conhece?
        Só procurar por globalismo, isso se não for muito trabalhoso para você…

        • paulo disse:

          estou bastante ciente do globalismo.
          você acredita em tudo que lê na Internet?
          Além de se informar pela net, vc já leu alguns livros a respeito? Está ciente dos interesses envolvidos?
          De fontes confiáveis, consigo extrair, pelo menos, 3 interpretações a respeito das ideias de Gramsci, Marx, ou até mesmo Rothbard, Thoreau… Suas visões sobre controle de massas, de liberdade, de planificação de comportamento… Não é preto x branco.
          Minha crítica sarcástica foi justamente no sentido “reclamar” de distorções e desinformação.

          • Bento Sartori de Camargo disse:

            Desde que seja eliminado os usuários e traficantes como na Indonésia o resto é fácil.

        • paulo disse:

          opa, mas antes de mais nada, não deixe meu texto soar como defesa à esquerda.
          Estou tentando separar política de economia no que se refere a esse assunto.
          Estou olhando pela perspectiva de saúde pública, economia e segurança pública.

          deixa mudar o foco então:

          Eu não estou defendendo o uso da maconha, ainda que eu valorize o livre arbítrio.
          Claramente, você também não defende o uso da maconha.
          o que não ficou claro é a sua proposta. Qual exemplo deveríamos seguir? Que tipo de política traria resultados?

  32. Marcelo disse:

    Ousadia é criar vergonha e acabar com maioridade penal. Estupradores e assassinos “de menor” que barbarizam na certeza da gelatina jurídica. Esse tipo de “liberação” não funciona em países com sistemas omissos e incapazes.

    • Álvaro José China Cavalieri disse:

      É ISSO MESMO MARCELO, APOIADO !!!! REDUÇÃO DE MAIORIDADE PENAL JÁ PARA O ” M.T. ” E O ” MINEIRINHO ” !!!!!!

  33. Luiz Alves disse:

    O povo quer usar drogas, é difícil enxergar?
    Só não se sentem a vontade com o nome, poderíamos mudar o nome para cerveja geladinha ou cigarro, o que acham? Rivotril?
    Se sentiram mais a vontade?
    A maioria absoluta do país usa droga, mas fingem que a droga delas é superior.

  34. Irlandes Gonzaga disse:

    E ele acha que os que hoje traficam vão procurar um emprego honesto, quem sabe como terceirizados?

  35. Paul Pablo disse:

    TEMOS MUITAS OUTRAS COISA PARA APROVAREM EX CORREÇAO DO FGTS/OUTRAS LEIS QUE ESTAO PARADO NO CONGRESSO A FAVOR DO TRABALHADOR EH ELES NEM TRAZEM A TONA ,AGORA QUEREM LIBERAM A MACONHA NO MEU PONTO DE VISTA ACHO QUE SE APROVAR VAO TER MAIS DINHEIRO PRA ARRECADAR AONDE ELES COLOCAM ESSE DINHEIRO MEIO DUVIDOSO ,MAS EH ISSO BRAZILZAO DE M…….

    • Karl Haddad disse:

      Sempre tem alguem pra dizer que ha coisas mais importantes… Amigo, entao, enquanto não se fizer o que é importante não pode fazer mais nada ?… ninguem trabalha, ninguem produz, nada.. esperando resolver o que é importante ? Muda esse discurso ! Quero ver voce falar isso pro seu chefe : “Chefe, tem tanta coisa mais importante que esse meu trabalho de merda…”

      • Paul Pablo disse:

        PELO QUE VI VOCE SE ACHA O SABIDO ,HUM APENAS FIZ UM COMENTARIO SEM MUITA EXPRESSAO ,MAS AFINAL DE CONTAS EH BRASIL NAO EH VERDADE .FICA COM ESSE SEU TRABALHINHO DE M… ASSISTINDO A VIDA PASSAR SEM TOMAR UMA ATITUDE

  36. Marcos Ruiz disse:

    Que bonito hein, que cena mais linda. …barraquinhas vendendo maconha pelo Brasil inteiro.

  37. leila silva disse:

    Eu como usuário há quase 40 anos. Tenho excelente memória. Sou culta, leio muito, tenho bons valores, respeitável, honesta e produtiva. Memória excelente. Procuro articular a linguagem de maneira adequada.Sou bem sucedida e produtiva. Vejo muito preconceito Uso apenas a maconha que me acalma e me faz funcionar melhor. Mais ágil , mais sóbria. Fumo todos os dias. Pra trabalhar e pra tudo. Sou bem humorada e produtiva.Bebo muito raramente.

  38. MIN?S disse:

    “controle rígido do estado”
    O estado não consegue nem controlar a carne estragada!!!

  39. Ernesto Perlingeiro disse:

    Leis como dá Indonésia ,resolveria o problema.Isso sim é ousadia!Cabeças vão rolar,mas vai melhorar .

    • Karl Haddad disse:

      A despeito das leis da Indonésia, continua sendo um dos paises que mais consomem drogas per capita. E com consumo crescente, segundo especialistas.

  40. Álvaro José China Cavalieri disse:

    QUEM É CONTRA A DESCRIMINALIZAÇÃO DAS DROGAS OU É TRAFICANTE OU É IGNORANTE. E PONTO.

    • paulo disse:

      Não é legal aquele cara que chega gritando no debate, fala uma puta asneira, não apresenta um argumento sequer, acha que encerra o debate e vai embora?

      • Álvaro José China Cavalieri disse:

        VOCÊ É QUAL DELES, PAULO? TRAFICANTE OU IGNORANTE ? AQUI SE FALA EM LEGALIZAÇÃO A FIM DE EVITAR O CONTRABANDO APENAS. SE O GOVERNO E ALGUNS HIPÓCRITAS FALSOS MORALISTAS ESTIVESSEM PREOCUPADOS COM A SAÚDE DA POPULAÇÃO NUNCA APOIARIAM A PRIVATIZAÇÃO DESVAIRADA E O DESMONTE DA MÁQUINA PÚBLICA. AGORA, QUEM INVADIU O MINHA POSTAGEM FOI TU, CAGANDO REGRAS DE ESCRITA E AGINDO COMO JUIZ MORAL DO CONHECIMENTO, MAS EM TODA ESSA SUA CRISE MENSTRUAL, GRITOU, GEMEU MAS TAMPOUCO APRESENTOU UM ARGUMENTO OU SEQUER ALGO DE CONSTRUTIVO. PARAFRASEANDO O BOECHAT AO MALAFAIA: ” VÁ PROCURAR UMA ROLA “

        • paulo disse:

          Realmente vc não tinha a obrigação de ler o que estava havendo nos comentários, onde diversos argumento tinham sido apresentados, não só por mim, mas por um monte de gente.
          Na verdade, no modelo de fórum vc teria sim a obrigação de ler o que há antes de postar, mas quem sou eu pra cagar regras como vc disse..
          Juiz moral do conhecimento? kkkk que asneira.
          só estou debatendo. alias teria ficado feliz de ler um argumento seu.
          estou tentando manter um padrão de escrita como forma de respeito. mas claro, cada um se comunica do jeito que sabe.
          Parafraseando o que dizem ter sido dito por Lênin: “Acuse os outros do que vc faz”. Já achou a rola que vc estava procurando?

          • Álvaro José China Cavalieri disse:

            EM PRIMEIRO LUGAR, LENIN NUNCA DISSE TAL FRASE E NÃO HÁ NENHUM REGISTRO HISTÓRICO QUE SEQUER SE APROXIME DISTO. EM SEGUNDO LUGAR, O AÉCIO. EM TERCEIRO LUGAR JÁ TÔ ACHANDO QUE O SENHOR COME PIZZA DE LUVINHAS….

          • paulo disse:

            como eu disse…. “dizem ter sido dito por Lênin”. tendo dito ou não, foi apropriado pra situação.

            “em segundo lugar o Aécio” me fez rir. valeu.
            terceiro… nada contra quem come com luvas. Mas eu faço a pizza no forno a lenha, as vezes ponho uma luva de lixeiro, devidamente molhada, pra por a mão no forno e lidar com a lenha, pois não gosto de depilar o braço.

            no mais, tenha uma boa vida, vc não parece ser tonto como soa. Só deve gostar de tirar onda.

  41. Simone Molinari disse:

    O que eu achei mais incrível é o Ministro falar em controle rígido do Estado. Onde o Estado brasileiro é rígido? ?? Certamente teremos as drogas controladas pelo governo e o tráfico não controlado continuará. O Ministro deveria andar no centro de SP e ver pessoas aos montes largadas no chão. Até cachorros são mais bem tratados.

  42. Hattori Hanzo disse:

    …o ESTADO será o TRAFICANTE.

    • paulo disse:

      eu tenho a nítida impressão que o estado já é o traficante.
      tem vereador do tráfico, parlamentar do pcc… tamo bem servido de terceirizado do tráfico no legislativo e executivo.

  43. Pe.Ze disse:

    Não tem ninguém falando em aumentar a verba para educação, já repararam nisso? Nossos estudantes, em comparação com os estrangeiros, passam vergonha e o Sr. Ministro falando de maconha. Os outros países aumentando o investimento em tecnologia e formação intelectual das futuras gerações e o brasileiro pensando em quantas gramas vai poder comprar na farmácia perto de casa. E tem gente ainda dizendo que somos governados pela direita e que FHC é de direita. Bolsonaro 2018!!!

    • paulo disse:

      tem sim. eu falei em diversos comentários nessa matéria. E conheço MUITA gente que pensa dessa forma.
      retira o dinheiro da guerra ao tráfico e põe na educação. Crie desafios pos jovens, dê ferramentas… Ocupe os jovens, integre-os em atividades dignas, engrandecedoras e que apontam para um caminho para o futuro. A droga vai virar interesse secundário.
      Solução de longo prazo, mas eficaz. Na minha opinião, a única solução.

      O tráfico, ou mercado negro, é uma resposta natural do mercado a uma restrição de acesso ao produto demandado.

      O cigarro, só com a proibição da propaganda, constrangimento do usuário (que tem que ir fumar lá longe) e ações de conscientização dos órgãos de saúde teve queda drástica no número de novos fumantes. E é uma droga de potencial viciante comparado ao crack.

  44. Cleiton Silva disse:

    Esse cara, o fhc e outros, são ou já foram usuários de drogas e devem ter na família deles usuários de drogas por isso querem liberar. Mas nenhum usuário de droga vai ficar tão feliz com a liberação do uso do que o aecio neves.

  45. Robson Leal Santos disse:

    O que me deixa perplexo é que estes caras são doutores, homens letrados em cargos importantes e quando tem a chance de mudar algo para melhor, não ouvem o povo, acabam tendo uma paralisia cerebral e só fazem merda, se esta tendência ainda fosse mundial eu até aceitaria, mas só acontece em terra tupiniquim, uma pena.

    • Álvaro José China Cavalieri disse:

      O SR. LEU O TEXTO TODO ?

      • Robson Leal Santos disse:

        Eu li o texto na íntegra, acho que que não leu foi o Sr.

        • Álvaro José China Cavalieri disse:

          É QUE O SR. OLHOU MAS NÃO VIU ENTÃO…. VOU DESTACAR PARA VOSSA SENHORIA: NO FINAL DA SEGUNDA LINHA DO TERCEIRO PARÁGRAFO, LÊ-SE: “A guerra às drogas fracassou no mundo inteiro, mas o consumo só aumenta.”

          • Robson Leal Santos disse:

            Então baseado nesta mentira o Sr. concorda que deva ser liberada as drogas, vá em Israel, Palestina, Afeganistão, Emirados Arabes, Vietnã, Cingapura, Coreia do Norte, Indonésia, Irã, Arábia Saudita, etc, etc, etc, lá existe o tráfico, não vou mentir, mas quando são pegos já era, lá não é nada comparado a este descalabro aqui. Onde moro a noite toda eu vejo jovens andando a noite toda na rua, zumbis humanos a procura de droga, do maldito crack, agora me vem um ministro de merda dizer que tem que ter ousadia, libere a maconha que é o primerio passo para as drogas mais pesadas.

          • Álvaro José China Cavalieri disse:

            SENHOR, O VERDADEIRO PRIMEIRO PASSO PARA AS DROGAS É AQUELA “CERVEJINHA INOFENSIVA” OU AQUELE “UÍSQUINHO 12 ANOS” QUE O TIO OFERECE NO CHURRASCO DA FAMÍLIA NA BEIRA DA PISCINA E NÃO A MACONHA QUE NÃO TÃO FÁCIL DE SE ADQUIRIR REGULARMENTE QUANTO O ÁLCOOL… ESSE PAPO DE QUE MACONHA É PORTA DE ENTRADA PARA DROGAS MAIS PESADAS É UMA FALÁCIA VENDIDA PELA MÍDIA ELITISTA E COMPRADA PELOS INCAUTOS AFIM DE DESVIAR O FOCO DA DISCUSSÃO SOBRE O QUE REALMENTE É DROGA, QUEM DETÉM SEU MONOPÓLIO E O SEU REAL IMPACTO SOCIAL. NOVAMENTE, O MINISTRO AFIRMA QUE DROGA CONTINUA SENDO DROGA, MAS AFIM DE CONTER O CONTRABANDO A REGULAMENTAÇÃO SERIA UMA ALTERNATIVA REAL E POTENCIALMENTE EFICIENTE.
            SOBRE OS VICIADOS DO SEU BAIRROS, ELES PROVAVELMENTE SE ENCONTRAM NESSA SITUAÇÃO PORQUE SÃO MISERÁVEIS E NÃO TEM DINHEIRO SEQUER PARA SE COMER. EU CONHECI UM SUJEITO LOIRO DE OLHO AZUL QUE ESTUDAVA EM FACULDADE PARTICULAR E QUE O POVO DIZIA QUE FUMAVA MAIS DE 3O PEDRAS DE CRACK POR DIA E QUE NO ENTANTO NUNCA PRECISOU ROUBAR NINGUÉM PORQUE ERA DE FAMÍLIA RICA E TINHA DINHEIRO PARA ADQUIRIR SUA DROGA. RESUMINDO, A MISÉRIA É INFINITAMENTE PIOR QUE A MAIS TERRÍVEL DAS DROGAS.

          • Robson Leal Santos disse:

            Amigo, para resumir, continue torcendo para que seja legalizada as drogas para você não precisar ir mais na boca comprar e quando estiver na ‘beira da piscina’ com os seus filhos ou sobrinhos estimule-os a fumar um cigarrinho de maconha, afinal é inofensivo conforme o Sr. fala e se encontrar aquele seu conhecido de olhos azuis ele provavelmente já foi pro saco ou está nas ruas andando que nem um zumbi,

  46. Spião Secreto disse:

    Este ministro e FHC tinham era que ser preso, os caras proíbem o cigarro na maioria dos lugares, e olha que o cigarro não deixa o cara vacilão e com perda de reflexo, a maioria de motoqueiros que batem do nada, muitos estão fumados, perdem noção de tempo e espaço, a maconha só serve para o cara ficar na brisa, agora o cara dirigir ou pilotar na brisa é pior que estar bêbado… Sei não acho que FHC e o Ministro querem é que os militares tomem o governo…

  47. Adriano disse:

    Se liberar fosse reduzir a violencia e solucionar os problemas, os caminhoes de cigarro não precisariam de escolta armada e não existiria cigarro falsificado. O que existe é uma grande campanha dos multimilionarios para ganharem ainda mais dinheiro com o vício alheio.
    Enquanto não for atacado a outra parte do problema que é o dinheiro do trafico ficaremos somente com o combate armado. Ai os interessados no dinheiro não deixam que se resolva esse problema

  48. Ataliba_Leonel disse:

    Queria essa ousadia pra começar a condenar políticos comprovadamente corruptos, fazer uma verdadeira reforma política e moralizar o Brasil!

  49. Lmartins disse:

    Apóia até ter um dependente químico na família. Tinha vergonha dos políticos, agora estendi minha lista…visita um Centro de Recuperação, estude o assunto antes de falar abobrinhas caro Ministro.

  50. Click Mark disse:

    STF: PRESIDENTA SONGA-MONGA, GILMAR PROPINEIRO E POLÍTICO MEGA DEFENSOR DOS COMPARSAS DO PSDB, CARECA BONECO DE PRESÉPIO DO PSDB E EX-ADVOGADO DE FACÇÃO CRIMINOSA, MINISTROS PERNAS MANCA, E MINISTROS DROGADO… ESTAMOS BEM DE SUPREMA CORTE!!!

  51. Carlos Palestramil disse:

    Meu sonho é plantar minha flor no quintal e fumá-la, não incomodarei os pudicos que bebem vinho e cerveja, só quero consumir minha florzinha, só isso! STF tem que ser proibido de engavetar processos. Melhor viajar com a MARIJU do que cair de bêbado.

  52. Jhonatan Lima disse:

    Canalhas, canalhas, canalhas mil vezes. Drogas, um direito… vai fumar maconha onde bem entender porra.

  53. Eduardo Faria Faria disse:

    Precisamos sim liberar as drogas e ir muito além.
    Precisamos que o governo tome o controle sobre elas e passe a produzi-las e fornece-las. É sabido que o pcc lucra 1bi / semana com elas. O governo precisa assumir este mercado urgente e dar uma rasteira nos traficantes.
    Algo como esta idéia, tomará o poder desse povo da noite pro dia. Será que ninguém enxerga a saída???? Pra que existem as drogarias?????

  54. Marcos Lino disse:

    Ja passou da. Hora de legalizar, se fuma maconha no Brasil desde 1500 e ela foi proibida por racismo, quem fumava era escravos e indios….e nao sejam ingenuos nao e a legalizacao que vai impactar no crime organizado…nas bocas do Rio,o trafico fatura com coca,maconha, tv a cabo, agia, gas, moto taxi em sp o PCC tem frota de bus em SP…o crime e bem maior que maconha que deve ser parte pequena da receita.

  55. Dekko disse:

    Copia a política Indonésia, senhores. Enfrenta o problema quando seu filho chegar com 250 gramas de cocaína em casa, para “passar a semana”, enfrenta…

  56. Xandipsv disse:

    Você é contra a regulamentação da cannabis? Os traficantes também.

  57. Martins Distribuidora disse:

    Eu acho que a cocaína seria muito precipitado legalizar. Mais a maconha já tem vários usuários, muita gente fuma maconha, só não vem quem não quer. Na minha opinião não causa tantos malefícios, se morre muito mais de cigarro, e que seu saiba nunca ninguém de overdose de maconha. Obvio que tem que ter uma lei bem elaborada e uma fiscalização forte. Mais pensando bem o Estado ia lucrar muito, o usuário ia fumar o seu numa boa, na sua casa ou em coffeshop, a erva ia ser de qualidade e de lucro ainda ia quebrar com o tráfico e o aumento de poder de armamento nas mãos de bandidos.

  58. Xandipsv disse:

    Você é contra a regulamentação da cannabis? Os traficantes também.

  59. Valdeir Silva disse:

    concordo com a ideia do ministro regularizar axo que vai controlar essa guerra nem que seja um pouco, numa guerra nuclear aonde paises usam armas quimicas e nucleares não tem vencedores pois ambos vão sofrer os danos assim ta sendo a guerra ao trafico com tiros policias morrendo inocentes morrendo presidios cheios e formando bandidos e os pagando si não der certo te garanto que não vai piorar …..

  60. Luiz Alves disse:

    Quero ver na prática se vai dar certo, sem esse mimimi de gente desinformada. Não da para saber sem tentar.
    Acredito que a dependência física da maconha seja mínima, existe a dependência psicológica que é o mal do homem, seja por uma pessoa, cerveja ou café.
    O álcool é a porta de entrada para todas as drogas, mas não é ele que se joga em um copo com 2 pedras de gelo depois pula pra nossa boca, sempre queremos jogar nossa culpa em algum lugar.
    Até hoje não entendo pq beber é bonito, foi muito comercial de tv? Gosto de cerveja artesanal, nem por isso vou ergue-la como um troféu e depois chamar um maconheiro de vagabundo.
    Se uma pessoa quiser ficar alterada ela vai ficar, pode ser com noz moscada, daime ou cafeína.

  61. Lucas De Almeida Ribeiro disse:

    Tem alguns aqui nestes comentários que nunca leram absolutamente nada sobre maconha, e decidem sua opinião (contrária à legalização normalmente) antes de conhecer os argumentos, os dados e as experiências internacionais
    Pra Tchékhov, Assim deve ser, ao que parece, a lei da convivência: quanto mais incompreensível o mal, tanto mais encarniçada e grosseira é a luta contra ele.
    Por favor, informe-se melhor, procure argumentos mais bem embasados, e se não encontrá-los, cogite mudar de opinião.

  62. Jovan Mattos disse:

    Quando os americanos, os holandeses e os israelenses tiverem 50 anos na frente em todas as pesquisas relacionadas a Cannabis(maconha) ai o Brasil vai aprovar a legalização..fazemos questão de estar atrasados. Quando descobrirmos que é melhor ter um controle de qualidade do que comprar carros e armas para polícia..tudo bem, nunca é tarde mas eu não vou esperar vou comprar meu beque na mão de quem quiser vender.

  63. Durango Charlie disse:

    Isso cabe ao Congresso, senhor ministro da injustiça. Quem te elegeu pra liberar aborto e venda de drogas??? O senhor somente ocupa essa vaga no Supremo pq foi colocado pela quadrilha petista. Continue afrontando a maioria e uma hora, com o exército, meteremos o pé nessa sua bund* esquerdosa.

  64. Viva Brasil disse:

    Kkkkkk vindo isso do FHC não me surpreende. O cara que defendeu a teoria da dependência-associada de RI está louco para ficarmos dependente de outra coisa….das drogas! No Brasil tem tanta gente que se mata na bebida, imagina nas droga…

  65. Karl Haddad disse:

    Eu não uso drogas, não gosto de quem usa, mas o povão precisa deixar de hipocrisia e encarar a realidade de que tudo o que é proibido no Brasil encontra-se em qualquer esquina. A pergunta certa a fazer é : Vale a pena pagar imposto para a policia prender bandidinho , pagar hospedagem desse bandidinho na cadeia e sair de lá um bandidão ? Pois onde houver consumo haverá fornecedor.. é uma regra que funciona desde que o primeiro homem desceu das árvores. Libera logo essa porcaria, quem quiser que use.

    • paulo disse:

      não é só no Brasil.
      Em qualquer lugar é assim. O que é proibido e tem demanda promove o surgimento de mercado negro.
      Isso aí. Eu não quero meu imposto pra policial ficar prendendo moleque em esquina ou, pior, morrer no morro trocando tiro com traficante.
      livre arbítrio e responsabilização. concordo.

  66. Rafael Lanza disse:

    É triste ver pessoas que não conhecem em nada o dia dia a rotina… acharem donos de razão criticando ou opinando de forma tão medíocres, cada um faz da vida o que bem entenderem, devemos é ter educação para nossas crianças para que não cresçam usando drogas digo todas de álcool, cigarros às químicas, e para que não sejam esse poço de ignorância e intolerância!
    Vá a mer-da… bando de certinhos, só Deus pode julgar!

  67. Paz na Guerra disse:

    Temos é que parar de ser hipócritas. Qdo alguém aqui já ouviu falar que um usuário de maconha( ou sob efeito dela), pegou o seu carro e saiu em alta velocidade e atropelou e matou um número (x) de pessoas? Ou que pegou a sua arma de fogo e saiu atirando, brigando e batendo na esposa… etc… quem? Salvo raríssimos casos. Agora, quem já ouviu essas mesmas histórias se relacionado com o ÁLCOOL???? Varias né? Além do álcool, existe uma outra droga que mata mais do que qualquer uma outra e que a mídia e o mercado financeiro jamais falará que é o açúcar, o refrigerante e o pior, a minha filha e o teu filho tem total acesso, sem restrição nenhuma… Comemos um dos piores chocolates do mundo ( com uma das maiores plantações de cacau do mundo), nossas crianças principalmente agora na Páscoa, vão comer gordura vegetal hidrogenada com uma parcela mínima de cacau e muito, mas muito açúcar… isso sem contar vários outros alimentos que se for citar aqui não teremos espaço. Enfim o que é um baseado perto disso?

    • paulo disse:

      Amigo, ainda que eu seja favorável à liberação, não posso concordar com seu comentário, porque “ouvir falar” não tem lá grande peso estatístico.
      Com a maconha, estamos em território desconhecido. O usuário doente, ou que causou um acidente vai esconder que fumou maconha. Frequentemente ele bebeu, fumou, tomou ecstasy, enfim, os danos são desconhecidos.
      Há muitos mitos como “uma erva natural não prejudica”, que é uma falácia.
      Existem muitas substâncias misturadas na maconha.
      Ela tem sim usos medicinais, mas não quer dizer que é inócua. Está relacionada ao surgimento de psicoses, síndrome do pânico. O cara sob o efeito da maconha tem noção de profundidade reduzia, comprometendo sua habilidade de dirigir, por exemplo…
      No Brasil o biólogo Crodowaldo Pavan pesquisou a maconha, reconheceu diversas funções benéficas, mas era totalmente contra o uso recreativo.

      Agora, que é uma falta de coerência proibir a maconha e liberar o álcool, nisso concordo plenamente! Pelo menos do álcool temos dados sólidos a respeito dos danos à saúde do usuário e de terceiros, como você colocou.

      Um dos benefícios da liberação seria justamente sair da obscuridade da falta de dados decentes.
      Sem contar os benefícios para a economia (redução do gasto com a guerra e aumento da arrecadação), a redução da violência, a redução do poder econômico do tráfico, entre muito fatores.

      A proibição já se mostrou ineficaz à muito tempo.

      • Herbert Luiz Braga Ferreira disse:

        HÁ muito tempo, você quis dizer …

        • paulo disse:

          sim. foi o que eu quis dizer.
          Fico feliz que vc vasculhou meu texto pra achar esse erro no final. Deve ter mais erros, provavelmente, que o sr. não viu.

          mas sobre o tema, o que o sr. pensa? poderia contribuir com algum argumento?

    • Bento Sartori de Camargo disse:

      Morte para usuário e traficante. É paz e sossego para todo o país e a sociedade em geral.

  68. Márcio Salgues disse:

    Legalizar não resolve. Haverá sempre o mercado paralelo do contrabando, da droga “pirata”, mais barata, vendida pelos traficantes isenta dos impostos que o governo pretende arrecadar.
    Legalizar as drogas é criar uma fonte de receita por meio da arrecadação tributária para um produto sobre o qual o governo atualmente não ganha nada.
    Se querem minimizar o problema das drogas os traficantes têm que ser combatidos; os usuários estimulados a buscar outro tipo de “recreação” e os viciados devem ser tratados.

  69. Luiz Prado disse:

    Barroso é o melhor ministro do Supremo. lll

  70. Dall disse:

    A que ponto o país chegou,hein!!!,os ladrões de nossas aposentadorias tb querem roubar o ganha” pão “dos traficante e ser mais um concorrente..kkkkkkkkkk

  71. marcos miranda disse:

    Precisamos sim de ousadia para não deixar mais um imbecil desses chegar a ser ministro da Suprema Corte do nosso País…Tantos processos de grande importancia para serem julgados com ousadia neste país e este camarada frouxo vem defender a legalizacao da maconha……….que droga de país é esse que a gente esta hein….

    • Karl Haddad disse:

      Amigão… voce não entendeu nada… O Brasil está quebrado. Não tem mais onde colocar traficante. Voce quer pagar mais impostos para aparelhar melhor a policia, aumentar o numero de juizes, aumentar o numero de cadeias ? Não é assunto de menor importancia não.. é urgente.

  72. Fredson Costa disse:

    Esses caras realmente vivem trancados em escritorios e não conhecem nenhum pouco o país onde vive. Vê uma ideia dando certo la fora, em um país com realidade social e Cultural completamente diferente do Brasil e quer aplicar a mesma regra aqui. Fala sério. Não sai nada que se aproveite dessa suprema corte. Não sei pq alguem ainda se espanta com tamamha mediocridade. É apenas mais uma ideia idiota de uma anta de toga. Nada mais que isso. Alem do mais, se esse imbecil queria legislar não deveria ter escolhido carreira no judiciário.

  73. Cássio Crestani disse:

    Uma coisa que eu nao vejo eh propaganda contra as drogas… não tem propaganda na TV, rádio, UOL, ETC… com certeza tem grande poderosos de colarinho branco por trás do tráfico no Brasil ( vide Zezé perrela) não existe interesse de acabar com o tráfico… droga eh uma questão de saúde, tem que ter controle, diálogo, desmistificação, preconceito…existem tantas drogas, mas existem algumas por questões culturais e históricas são discriminadas… os falsos moralistas não conseguem enxergar o óbvio… a crimalizacao soh favorece os bandidos que aproveitam do vício alheio…

    • paulo disse:

      Perfeito Cássio.

      Quando, não sei porque, o cigarro passou a ser atacado no Brasil, a mídia fez seu papel. Ninguem fuma em novelas. Só vilão.
      Sinceramente não sei o que houve. Uma indústria que tinha tanto dinheiro pra lobby…
      Quando tentaram proibir propaganda de cerveja, me lembro de Nizan Guanaes e Justus indo à TV em horário nobre pra falar sobre o “ataque à liberdade de expressão”. Na verdade expressivo é o investimento da indústria cervejeira nas agências de publicidade e em veiculação de mídia na TV.. Rapidinho a ideia foi abandonada.

      Mas seu comentário foi muito lúcido. O óbvio é ululante. A proibição não funciona.
      A educação, controle, regulação, diálogo funcionaram com cigarro. No caso da liberação, ainda contaríamos com arrecadação adicional, geração de empregos, teríamos dados mais precisos sobre o impacto na saúde, já que o usuário mente sobre seu vício… Passou do tempo de encarar isso de uma perspectiva diferente

      • Bento Sartori de Camargo disse:

        Papo de drogadito. Teu lugar é no cemitério, lá não dá despesa para os contribuintes e não incomoda ningém.

        • paulo disse:

          eu não uso drogas seu mentecapto.
          vc ta repetindo essa idiotice em todos os comentários…
          Ou vc tem um raciocínio bastante limitado, ou não tem interesse em debater, está aqui trolando, pra ver se consegue alguma atenção. Será você um traficante, ou só um criadão com a vó que nunca saiu do quarto? Tem um PC de gamer que custa uma fortuna?

          sobre essa sua ideia infantil de “eliminar os usuários”… vc realmente acredita que é possível eliminar todo mundo que usa qualquer tipo de droga?
          Vc REALMENTE acredita que isso é possível? Ou só deseja isso?
          Se vc deseja eu até entendo. Agora se vc acha que isso é possível, vc é só uma perda de tempo.

    • Bento Sartori de Camargo disse:

      Lugar de drogadito e traficante é no cemitério o quanto antes. São inúteis para a sociedade e só trazem desgraça por realimentar o narcotráfico.

  74. Sebastião Ferreira disse:

    Se é para enfrentar então tem que proibir terminantemente o tráfico e o consumo. Não se enfrenta problema se aliando a ele, mas sim batendo de frente, mostrando se ser mais forte e duro. O senhor FHC, já está gagá e esse senhor Roberto Barroso, parece não inspirar confiança.

    • paulo disse:

      Sebastião… O tráfico já é proibido.
      O que acontece é que o estado não tem força pra bater de frente com organização tão poderosa. Que ficou tão poderosa por conta da proibição.

      Quem não se lembra da entrevista do Marcola, quando ele diz que não foi o Alckmin que reduziu criminalidade em São Paulo, mas ele, através de seus salves. O PCC que nasceu do dinheiro que veio do tráfico, que surgiu por conta da proibição. Tudo que é proibido e tem demanda, terá um mercado.

      O consumo tem que ser liberado e ser respeitado o livre-arbítrio. Se o cidadão causa um dano, deve ser responsabilizado, assim como deveria ser com o álcool.

  75. João De Brito Torres disse:

    Respeitar opinião é uma prática que costumo usar. Entretanto a opinião do Ministro é de uma boçalidade sem tamanho. Claro que não vou nem dizer que essa é mais uma tática de destruição da família por parte da esquerda debilóde.

    • paulo disse:

      Seria mais interessante, ao invés de replicar o discurso da destruição dos valores morais, que você apresentasse argumentos.
      Assim, muitos poderiam, não só entender o que você pensa, mas mudar de ideia.

  76. Dinho Edinho disse:

    Brasil um país de comédias. Começamos a legaliza a maconha daí passamos para a cocaína e no final para o crack. É pensar que um dia já foi a nação respeitada no exterior e agora só se vê podridão. Se tivéssemos pessoas com seriedade não precisaríamos pensar nesses absurdos propostos como desse ministro. O que esperar do futuro para nossos filhos. Meu Deus só ele para nós salvar mesmo.

  77. José Roberto Coppi disse:

    Ministro Barroso, o senhor tem razão. Por conta disso, pediremos um grande favor: leve todos os maconheiros para utilizarem a maconha na sua casa. Que absurdo!

  78. Renato Alexandre disse:

    Isso é uma vergonha esse senhor não representa o povo brasileiro. Não queremos essa porcaria liberada!!!

    • paulo disse:

      queremos sim. o que eu não quero é alimentar tráfico e pagar pra policial morrer no morro brigando com traficante

    • Valdeir Silva disse:

      concordo com a ideia do ministro regularizar axo que vai controlar essa guerra nem que seja um pouco, numa guerra nuclear aonde paises usam armas quimicas e nucleares não tem vencedores pois ambos vão sofrer os danos assim ta sendo a guerra ao trafico com tiros policias morrendo inocentes morrendo presidios cheios e formando bandidos e os pagando si não der certo te garanto que não vai piorar

      • Fábio Alessandro Oliveira disse:

        Não vai piorar?? Até seus filhos virarem dependentes com fácil acesso as drogas como já acontece com o álcool !!!

        • paulo disse:

          Fábio, tenta me explicar.
          Eu sou pai, uma das coisas que mais tenho medo é que meus filhos se envolvam com drogas. Tive amigos que tiveram problemas sérios com drogas, e perdi amigos por causa de álcool + direção.

          As drogas são proibidas, ainda assim estão amplamente disseminadas no Brasil e no mundo. Até pra prestar vestibular tem comprimidinho pra “melhorar o foco”.

          Agora, se proibir não funcionou até agora, porque vai começar a funcionar? me explique, por favor. Eu ficaria grato.

          • Fábio Alessandro Oliveira disse:

            Vou te explicar sábio amigo! O Álcool é proibido ? O cigarro é proibido ?

            Então e mesmo assim tem pessoas comprando sem nota, gerando o contrabando da mesma forma, pessoas sendo presas e morrendo. Qual a diferença para a droga ? O Valor somente. Nada vai mudar. Violência tem que se combater com violência infelizmente. Mais liberdade para as policias e mais corregedoria para não haver abuso. As armas são proibidas de certa forma, não são? E me diz porque bandidos estão armados e pessoas de bem não ? Entenda liberar só facilita para o usuário e .

          • paulo disse:

            Nada vai mudar? hoje 100% do mercado de maconha é ilegal.
            qual o percentual do mercado de cigarros é ilegal? Eu não sei. Mas aposto que a grande maioria das vendas é legal. Ainda assim, estou especulando.

            Violência combater com violência. Pra agora isso faz sentido. Mas eu apostaria na educação como solução a longo prazo.

            Não é só facilitar pra usuário mas ter mais controle no impacto sobre a saúde, por exemplo. Independente do resultado na Holanda, os casos de contaminação de DST por agulhas compartilhadas diminuiu bastante.

            Ainda acho que não faz sentido. Pegar algo que acontece e vai continuar acontecendo e jogar pra debaixo do tapete e pagar fortunas pra pessoas irem lá embaixo varrer, ou colocar sobre o tapete e lidar com o problema de frente?
            Enfim, realmente é muito a se pensar.
            Na minha pequeneza, continuo achando mais sentido na descriminalização.

          • Bento Sartori de Camargo disse:

            Cara acorda, querer compara a cultura da sociedade holandesa com a nossa?, é piada. Estamos a anos luz da cultura de uma sociedade culturalmente evoluída como a holandesa.

          • Bento Sartori de Camargo disse:

            Esqueceu do principal: Um erro jamais justifica outro. Morte aos drogaditos já.

  79. Heverton disse:

    Eu não sabia que alguém tinha eleito esse cara pra decidir quais leis são criadas ou revogadas no Brasil, cuida da sua área ministro, o povo brasileiro NÃO elegeu você pra NADA.

  80. vagner borges disse:

    Vamos liberar as drogas, mas antes devemos cortar os benefícios cedidos aos ministros, seus carros blindados, seus seguranças 24h, suas casas em bairro nobre.
    Topa Ministro viver como vive os mais de 200 milhões de brasileiros?

    • paulo disse:

      concordo plenamente. liberar drogas, reduzir gastos com políticos. perfeito

    • Stewart Hughes disse:

      eh soh legalizar a erva problema resolvido, os empregos irao aparecer com o tempo,, a erva tras sorte…

      • Bento Sartori de Camargo disse:

        A maior sorte dos drogaditos começa com a letra “c”: cadeia, cadeira de roda, cemitério. Sou a favor da última rapidamente para eliminar essa epidemia nacional, trazendo a legislação da Indonésia ou outro país que trate esse assunto com a pena de morte para usuário e traficante pois é barato e altamente eficaz.

    • Marcello disse:

      Por causa de pessoas ignorantes como você que o Brasil está essa merda, não consegue entrar em um debate com foco no assunto em pauta. Você só está esquecendo quem colocou cada um deles no poder com as regalias que tem foi o próprio povo que nas próximas eleições estarão reelegendo a maioria deles, até quem sabe colocar o PT e o PMDB no poder novamente, ignorantes igual a você não devem saber que o voto é obrigatório, mas se 50% + 01 dos eleitores votarem nulo é obrigado convocar novas eleições com novos candidatos. Não adianta ficar aí jogando conversa fora e não fazer nada.

      • vagner borges disse:

        Precisa estudar mais um pouco antes de tentar ter argumentos.
        Sugiro q lei antes uma boa gramatica e depois o Direito Eleitoral.
        ” mas se 50% + 01 dos eleitores votarem nulo é obrigado convocar novas eleições com novos candidatos. ” é cada anta q copia e cola as coisas na net, sem nunca ter lido nada a respeito, até inventar 50%+1 inventam.

      • vagner borges disse:

        Oh burro vai ler a lei eleitoral ou CF, mas antes ler um gibi dá Mônica, e vai ver q isso não existe.. 50+1%. Kkkkk da zero pra ele.

  81. Papai Sabetudo disse:

    Que é que um ministro do STF tem a ver com “legalização de qualquer droga”? Quem cria as leis é o Poder Legislativo. Ao ministro cabe fiscalizar a sua aplicação. A propósito disto, ele não devia nem falar senão no processo que lhe chega às mãos. Ele pensa que a gente esqueceu do “lance” sobre o voto secreto e voto aberto que ele suprimiu de propósito do texto do Regimento Interno do STF para alcançar os seus objetivos? Ele suprimiu “… e nas demais eleições…” Foi no julgamento da ADPF 378. O Lewandovski não deixou por menos, ignorou o texto da Constituição, por ocasião do julgamento da “impeachment” da Dilma, que lhe cassava os direitos políticos por 8 anos, levando a votação pelo pleno do Senado e conseguiu revertê-la. Eles pensam que a gente é doido.

  82. MAIS RICO DAS AMÉRICAS disse:

    Com todo respeito do Ministro do STF, antes de legalizar o tráfico de drogas no país, acho que deveríamos legalizar a honestidade, a honra, o trabalho, a lealdade, a dignidade e também legalizar a pena de morte, que já está passando do tempo. Precisamos de um sistema de Execução de Vagabundos que seja eficiente, e vagabundo tem de todas as idades e sexo. Vamos seguir o país mais avançado em materia Penal: A INDONÉSIA. Acredito que depois disso podemos pensar em liberar o tráfico de entorpecentes.

    • Virgilio Soares disse:

      Legalizar o TRÁFICO de drogas? Conta pra gente, onde você leu isso? O que se propõe é a descriminalização em primeiro plano do uso da maconha com controle rígido do Estado. Uma diferença abissal do tráfico de drogas, leia de novo.

      • MAIS RICO DAS AMÉRICAS disse:

        Ei. Acorda. Aqui é Brasil. Onde você viu na história que o país tem algum controle rígido de alguma coisa? Se você fuma um baseado tem mais é que querer mesmo a legalização do tráfico de drogas.

      • Bento Sartori de Camargo disse:

        Esquece cara, é apenas a porta de entrada para a legalização dessa porcaria. Morte aos usuários e traficantes já.

    • Karl Haddad disse:

      Amigo, a despeito da pena de morte, a Indonésia é um dos paises que mais consomem droga per capita….. e segundo especialistas, o consumo esta crescendo ! Pesquise mais antes de falar asneiras.

      • Bento Sartori de Camargo disse:

        Mentira deslavada de drogadito, quem tem de pesquisar é vc, se der tempo pois teu lugar é no cemitério, lá é barato para o contribuinte e não incomoda nem mente para ninguém.

    • Bento Sartori de Camargo disse:

      Falou tudo Cara!, parabéns.

  83. Bras Silva disse:

    Governo e sociedade travaram uma guerra contra o tabagismo e agora querem liberar a maconha? Um contra-senso!

    • MAIS RICO DAS AMÉRICAS disse:

      E você acredito em honestidade de político???

    • paulo disse:

      contra-senso total.
      Se compra pinga em qualquer posto de gasolina na beira da estrada em um país de números recordes de mortes no trânsito causadas pelo álcool.
      pelo menos coerência deveria haver. Se pode beber, pode fumar.
      O cigarro continua permitido, mas a guerra contra o tabagismo rendeu resultados: o número de novos fumantes diminuiu bastante! Certamente os impactos na saúde pública são grandes.

      Libera a maconha e educa o povo. Mostra que faz mal. que traz danos à saúde. Constrange o usuário (como o fumante que tem que ir lá longe pra fumar), responsabilize-o pelas ações danosas a terceiros. Talvez até por males causados a si próprio.

    • Karl Haddad disse:

      Tudo o que é proibido no Brasil, encontra-se em qualquer esquina.

  84. J Laerte disse:

    Acreditem, é o fim dos tempos. Inversão de valores no legislativo, no executivo e no judiciário ! Quem salva o Brasil ?

  85. thiago.salvador disse:

    esta certíssimo
    Desta forma, tira-se o dinheiro da mão do tráfico, enfraquece estas quadrilhas, se controla a venda através de cpf do comprador, que não vai subir nas bocas para comprar , vai comprar na fármácia com controle. Esse combate de tiro e mortes já mostrou que não funciona.

    • paulo disse:

      é mais do que evidente.
      combate às drogas é uma excelente forma de enriquecer o tráfico e colocar policiais mal pagos e mal equipados pra serem mortos na guerra, ou corrompidos e entrarem por lado escuro da coisa.

      chega a ser ridículo o debate. E tratar maconha de forma diferente do álcool? porque ??? o álcool mata milhares nas estradas… pelo menos deveria haver coerência, proibe tudo!

      Proibir não é caminho pra quase nada. Não resolve. Custa caro, poe dinheiro na mão do traficante..
      Tudo que é proibido, mas tem demanda, vai ter mercado negro. Não adianta proibir.

      • ezequiel-sp disse:

        Então podemos Liberar as Armas??? Pela lógica….

        • Elio Simões disse:

          Sinceramente não consigo ver lógica nenhuma, uma coisa não tem nada haver com a outra.

        • Leonardo C. disse:

          Qual é mais importante seu braço ou sua perna? É dessa forma que você está comparando o assunto.

          • Altamir Patrícia Marques disse:

            Já tem droga demais liberada no Brasil. O estrago tem sido enorme. Quantas pessoas viciadas em cigarro, que hoje, estão entupindo os corredores dos postos de saúde, pronto socorro, hospitais e clínicas. Podemos constatar isso, fazendo um levantamento pelas estatíticas do Ministério da Saúde. Quantos pessoas estão perdendo a vida, a família, o emprego, o nome a honra por causa do álcool. Não estou querendo cortar nem o braço nem a perna. Sou pela pessoa por inteiro.

          • Leonardo C. disse:

            EU CONCORDO, claro que em primeiro lugar eu votaria para não existir nenhuma droga. Mas é possível? Olhe para nossa população! Cansei de ver mercados onde uma pessoa tem um carrinho para as comidas e outro só para os engradados de cervejas… Ao meu ver, é impossível tirar o álcool e o cigarro da população, isso faria com que os traficantes ganhasse mais dinheiro ainda. Ai você me pergunta: Pô já não tá ruim? Vai querer liberar mais drogas? Ai eu te respondo, proibindo o cara vai deixar de usar? EXISTE MILHÕES DE MACONHEIRO NO BRASIL e é proibido… Nem por isso eles deixam de usar, é melhor então o BRASIL aproveitar e ganhar dinheiro com isso.

        • Karl Haddad disse:

          Houve um plebiscito nacional sobre as armas e o estado não respeitou a vontade popular. Isso é uma afronta a democracia.. só isso. Quer mais desrespeito que isso ?

        • Victor Teixeira disse:

          A arma mata inocentes. A maconha mata o usuário…De tanto rir.

          • Fábio Alessandro Oliveira disse:

            Arma não mata ninguém, pessoas acéfalas matam inocentes, pessoas drogadas estão em grande maioria na autoria de assassinatos!

          • Victor Teixeira disse:

            Acéfalos drogados armados matam mais que acéfalos drogados desarmados.

          • ezequiel-sp disse:

            imagina um usuário dirigindo? não mata inocentes?

          • Victor Teixeira disse:

            A pior das drogas para o motorista é o álcool. O maconheiro pode matar ao volante, da mesma forma que o condutor com sono ou ao celular. A legalização vem para elucidar a população de todos os riscos do uso de substâncias.

          • ezequiel-sp disse:

            Oh Raios…Campanha educativa da no mesmo e é menos nociva…Aliás o ponto é outro: O uso de substância químicas e alcool é uma fuga Psicológica no qual o indivíduo está Fugindo de sua situação e ou responsabilidades..è isso que o socialismo quer: Quebrar regras de conduta pra isso aqui virar uma anarquia/Venezuela, mas isso ai é outra história..poucos se aventuram a discutir sob esse prisma…

      • Danny disse:

        Penso da mesma forma, Paulo. Não adianta bancar o moralista e não enxergar a realidade. Como comentaram acima, vários políticos se sustentam com esse dinheiro, de fato. É muita ingenuidade desse povo que acha que vivemos no “País das maravilhas”. Existem coisas muitos piores acontecendo no país e se a droga é e foi proibida por tanto tempo é que os que estão no poder estão se beneficiando com isso, além de parecerem bonzinhos, aquela coisa cristã e etc,
        Ao cair a proibição das drogas, pode ter certeza que não só o tráfico vai enfraquecer, mas vários políticos e partidos.

    • Junior disse:

      Certíssimo sua colocação

    • Kowalski_dcr disse:

      Sensacional.. é claro
      que vai da certo.. o brasileiro não vai cobra mais do que o trafico e nem pagar
      impostos isso já cai o preço la em baixo. Então o traficante vai ter que voltar
      a estudar pois o crime não compensa mais! E quem sabe ele nao vira um medico
      para cuidar dos viciados. Seria matar a pau o problema!.. . a tb a venda seria
      bem registrada algo que no brasil é 100% se tem algo que tenho orgulho do
      brasileiro é a total excelência em organização. Pera ai vou acender um beck
      aqui.. então tudo seria resolvido o brasil teria o turismo alavancado
      ! e tudo ficaria lindo! Depois de ser
      vistos como um lugar de primeiro mundo poderíamos mudar a bandeira tipo que tal a cor preta e
      vermelha!.. deixa o amarelo e o verde. Ficaria da hora. Mas voltando ao
      assunto.. talvez o batman poderia voar. Ele tem capa.. por que não voa? Super man
      tem capa e ele voa. Então a venda ia
      trazer bilhões aos cofres públicos.. caraca lembrei do filme pul fiction.. vo
      baixa essa porra.. mas o poder monetário centralizado com base no … no…. no… po não atrasa a ponta ai….
      é.. é isso tudo vai melhora a e tem que
      baratear o colírio tb.. colírio ta muito caro 17 reais 1 merdica de nada é foda
      então libera maconha e baixa o preço do colírio e para os mais carentes faríamos
      a lei maria ruana onde todo cidadão de bem lucido poderia ter sua ervinha…
      mas que diabo por que o batman não voa.. o super herói americano tinha capa e
      voava .. ta certo ele voava mau mas ele perdeu o manual tem que relevar … ki
      batman paraguaio viu. Morcego voa porra. Toma na zorba.. a o que eu tava
      falando mesmo? Am.? Po esqueci. Dichava outra
      ai vai..

      • paulo disse:

        legal, no seu “argumento” você abordou bem os males que a droga causa.
        Só esqueceu o ponto central da discussão: proibir reduz o uso?

        mas confesso que ri do estereótipo.

    • Fábio Alessandro Oliveira disse:

      Larga de ser burro, vão cobrar caro, pois terá impostos, o usuário vai na bocada da mesma forma, mais barato. Isso é papo de maconheiro que não quer ser preso. Quero ver um dia sua filha na escola, experimentando precocemente drogas, pois é tudo liberado. Achar que isso enfraquece o tráfico é papo pra boi dormir meu amigo. Ai a maconheira cai que nem patinho.

      • paulo disse:

        Será Fábio? Como você tem tanta certeza assim?
        Na Espanha liberaram o plantio de (se não me engano) 3 pés por pessoa, em casa..
        Será que esse cara vai na bocada? Correr risco de tomar tiro? Fumar uma droga que ele nem tem ideia do que tem?

        Eu estudei num colégio religioso, rígido e relativamente de alto padrão. A droga rolava solta lá dentro, amigos meus usavam lança, álcool e outras coisas no intervalo das aulas, aos 10 anos de idade.

        Papo pra boi dormir é tratar como tabu e fingir que a proibição tem resultado positivo. Fingir que não vê policiais e inocentes morrendo nessa guerra sem sentido. Policial deixando de combater crimes pra levar moleque pra delegacia.

        E, não deseje mal pros filhos dos outros cara. isso não te dá razão, não é argumento e te faz parecer um babaca.

    • Bento Sartori de Camargo disse:

      O melhor combate é eliminar o usuário e o traficante como na Indonésia.

  86. fabio_alviverde disse:

    Tanta coisa importante para se resolver nesse país e esse Barroso fanfarrão comunista só falando e fazendo M.. !!!

    • paulo disse:

      fanfarrão é você falando de comunismo… não dá pra acreditar nos absurdos q se lê por ai.

      Mas independente dessa besteira e focando no caso em si: diga aonde a guerra às drogas teve resultado? Desde quando lei resolve algo? A proibição requer fiscalização, autuação, julgamento, blablabla.
      Todo esse processo é só mais um alvo para a corrupção.

      O quanto o tráfico, empoderado pelo dinheiro que tem, não manda? Formam advogados, tem infiltrados em partidos, na política. Se é pra ser conspiratório, que tal pensar que o Alexandre Moraes é bancado pelo tráfico e está aí justamente tentando manter o fluxo interminável de dinheiro para esse “segmento da economia”?

      Pensa onde está localizada a violência do país! Em cidades menores, a grande maioria dos homicídios estão relacionados ao tráfico de drogas. Em algumas cidades a bagatela de 100%.

      • fabio_alviverde disse:

        Fanfarrão é você também então!!! Se não concorda o problema é seu, não pedi sua opinião 😉

      • Virgilio Soares disse:

        Paulo, é inútil gastar verbo com radicais, eles não lêem, se recusam a entender e pensam apenas em criticar, formam uma maioria burra apenas pela crítica, sem sequer pensar nos prós e contras.

        • paulo disse:

          Virgílio temos que tentar.
          Debater. parar com o ataque. escutar o outro.
          Realmente tarefa árdua.

          mas o que mais me preocupa é gente que faz isso profissionalmente. mavs. militantes.

          Mas é triste mesmo constatar isso. Num debate sobre esse tema, tem gente falando de comunismo… De destruição da família..
          vamos tentando Virgílio, o país precisa aprender a debater.

          Olha só, pra não sermos totalmente pessimistas, ninguém chamou ninguém de coxinha ou petralha na discussão! é um começo hahaha

    • Junior disse:

      Isso ai é de grande relevância pois se você entendesse um pouco de economia mudaria o seu conceito

  87. Paulo Faustino disse:

    este cidadão deve ser compadre do fernandinho beira mar

    • Mezcal disse:

      Não interessa a nenhum traficante a liberação das drogas. É a proibição que garante o lucro.

      • Junior disse:

        Um bom exemplo disso foi no USA na época de Alcapone, e foi preso por imposto de renda e não pelas atrocidades contra as pessoas. Como se acaba com o PCC,acabando com o tráfico, legalizar é o primeiro golpe contra as organizações e depois receita federal neles, olha o que se vai arrecadar vamos colocar as contas em dia sem aumentar imposto para nós.

    • Junior disse:

      É uma resposta que não tem argumento é conhecimento de causa. Por isso que estamos nesta merda.

  88. Paulo Ribeiro disse:

    O país rolando ladeira abaixo, no caos econômico, financeiro e social deixado pela dilmanta e seus petralhas, e esses caras gastando tempo discutindo legalização de drogas.

    • Junior disse:

      E você deveria acordar só seu pesadelo, tirar a Dilma e colocar isso ai, cadê a recuperação da economia, cadê emprego e pior de tudo vem uma reforma trabalhista e previdenciária, que você vai ter saudade da Dilma e os petralhas e saudade também do ministro Barroso pela sua coragem e conhecimento do assunto.

    • marcos miranda disse:

      eu acho que a maconha esta consumindo o cérebro destes camaradas…nao é possivel!!!

      • Gleydson Góes disse:

        Claro que não! Argentina, Austrália, Bangladesh, Bélgica, Canadá, Chile, Colômbia, Coréia do Norte, Costa Rica, Croácia, Equador, Espanha, Estônia, Holanda, Ilhas Maldivas, Índia, Iraque, Islândia, Israel, Itália, Jamaica, México, Nepal, Paquistão, Peru, Portugal, República Tcheca, Rússia, Suíça, Ucrânia, Uruguai, Venezuela e diversos estados dos EUA já regulamentaram a maconha. Nós, cordeirinhos possuídos pelo espírito subalterno de eternos colonizados é que relutamos em fazer mudanças estruturais nesse País de corrupção, desigualdades e manipulações midiáticas.

    • Xandipsv disse:

      Ah claro. O mercado bilionário das drogas e seus mecanismos de violência e opressão eh uma discussão pequena e sem sentido. Nem vamos perder tempo.

    • Anchova disse:

      Tem sempre um que vem argumentar que existem coisas mais importantes. Muda o disco, tio.

    • Ticio Mevio disse:

      Bom mesmo é população dopada, rapaz! “Abrem a cabeça” para ficar mais fácil de jogar lixo lá dentro. E tome fumaça para anestesiar a incompetência, incapacidade e fraqueza do povo.

      • paulo disse:

        Isso, bora deixar proibido mesmo, porque daí ninguém mais fuma!

      • Marcello disse:

        Me desculpa, então essa mesma população da qual está falando devem de estar fumando maconha à muito tempo, aceitam pacificamente tudo de errado que acontece e na próxima eleição vão e colocam todos eles lá novamente. A maioria do povo brasileiro, como você, não precisam de maconha para serem manipulados, porque já são uma cambada de ignorantes.

    • Gleydson Góes disse:

      O Congresso Federal é reflexo da Sociedade Brasileira, amigo. A culpa da crise econômica não é exclusivamente da Dilma ou do PT. Se você fizer uso do mínimo possível de bom senso vai entender que o próprio Congresso travou todas as pautas que Dilma mandava para medidas de ação para resolver a crise econômica. No entanto, a arrogância e machismo de nosso Congresso podre criou uma crise política, que agravou a crise econômica, e com apoio da Globo, mais uma vez, deram um golpe em nossa democracia. Que País é esse cara que tira-se um presidente da república do seu cargo sem comprovação de crime de responsabilidade? Esse impeachment foi tão armação e rasteiro, que os decretos suplementares foram APROVADOS pelo Congresso UM dia depois do impeachment de Dilma. Se vc não sabia disso fez papel de desinformado, amigo, com todo o respeito.

  89. ARENAS disse:

    Já imaginaram ? O lobe e o dinheiro que rola para liberarem as drogas !! Canalhas,Traidores da Pátria.

    • paulo disse:

      Não.
      Só me ocorre o lobby e o dinheiro violento que é usado para sustentar a proibição, que gera montantes inimagináveis de dinheiro para o tráfico.
      De onde surgiu o PCC? Será que o PCC tem interesse em liberar? O PCC foi criado com o dinheiro da proibição das drogas.

    • Junior disse:

      É o contrário inocente

  90. JULIO disse:

    POR QUE O “MINISTRO DO STF” NÃO TESTA PRIMEIRO NA FAMÍLIA DELE? REÚNA SEUS FILHOS E NETOS E FAÇA UM TESTE. SE DER CERTO CONVERSAMOS.

  91. Niten Dōraku disse:

    Meu sonho é plantar minha flor no quintal e fumá-la, não incomodarei os pudicos que bebem vinho e cerveja, só quero consumir minha florzinha, só isso!

    • Junior disse:

      Vai acontecer pois acabou o estado não tem dinheiro para pagar suas despesas quanto mais ficar combatendo uma guerra perdida

      • paulo disse:

        O duro que já estamos num ponto que o tráfico banca o estado. Tem vereador do tráfico, deputado… Aliás, provavelmente por isso essa discussão não avança;
        E tem vereador traficante que se esconde atrás de uma narrativa “pela moral e pela família” quando na verdade só está no bolso do tráfico.

        • Guto Tavares disse:

          E você vê pela discussão dos tópicos que as pessoas não enxergam o que o tráfico banca, o caos que estão os presídios por mais de metade dos encarcerados estarem envolvidos com tráfico de drogas (quando muitos são apenas usuários). Mas isso não importa, o que importa é encher o rabo de pinga e falar que droga está errado.

          • Bento Sartori de Camargo disse:

            No cemitério toda a sociedade seria poupada de pagar comida, energia elétrica, água e esgoto, colchões quando queimam nas absurdas rebeliões. Fim de toda essa despesa sem o menor retorno aos contribuintes. Morte aos drogaditos já, todos não têm a menor utilidade para a nação, só desgraças!.

          • Guto Tavares disse:

            Ai ai ai… sua mãe está deixando você usar internet de novo? Vou falar com ela!

    • marcos miranda disse:

      Vai morar no uruguai porque o Brasil nao precisa de maconheiro nao…

      • paulo disse:

        mesmo não precisando, tá cheio. Curiosamente esse papo de proibir não coibe nada.
        Será que não é a hora de mudar a abordagem?

        • Ticio Mevio disse:

          Claro, meu rei! Vamos liberar tudo! Libera geral! Pedofilia só existe na cabeça de quem tem mente suja! É tudo amoR! Libera porte de arma; tem problema não pq arma não mata ninguém! Libera também roubo e furto pq é só redistribuição forçada de renda! EEEEita que vai ficar é bom!!

          • paulo disse:

            opa… não misture as estações, “meu rei”.
            o que tem maconha a ver com pedofilia?

            E outra. O ponto aqui não é se maconha faz bem ou mal. É se a proibição tem eficácia. Se vale a pena gastar esse milhões numa guerra perdida e criando um ambiente propício para o crescimento de organizações criminosas.

          • Ticio Mevio disse:

            O sujeito vem questionar o que tem a ver criminalização de drogas com pedofilia e arremete um “a questão aqui é se a proibição tem eficácia”.
            Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk…
            Quanto ao seu outro comentário: não é por ser questão da área de humanas que se pode utilizar de hipocrisia. Se o fundamento é “deve liberar pois de nada adianta proibir” (argumentação pura de néscio, por ser rasa, esdrúxula e ilógica sob o ponto de vista criminal), absolutamente nada impede de tal “lógica” seja usada também para se legalizar outras práticas penalmente tipificadas.
            Outra: veja a precificação de drogas legalizadas no país (não precisa nem saber a base de cálculo; basta ver alíquota a ser aplicada para caírem seus cabelos) e volta aqui novamente com esse discurso de que “ahh, se legalizar a gente tira o poder dos traficantes, pq a patuleia deixará de comprar deles”.
            Agora dá licença que eu vou ali dirigir embriagado, pq MEU CARRO MINHAS REGRAS (lembre-se, dirigir embriagado não faz mal a ninguém! Não dá câncer, não mata, só é divertido e relaxa! Libera aí, ô puliça!). Hahahahaha!!!

          • paulo disse:

            Vc é de humanas? Não entendi.
            Legal, bacana ver seu argumento. pra mim foi útil, me ajuda a melhorar minha posição sobre o tema.

            Não vou falar do que eu não sei, que é o ponto de vista criminal. Mas sobre minha pergunta… A proibição funciona? Ok, não podemos liberar o que a proibição não resolve, mas o que deveríamos fazer então? Tem alguma sugestão?

            Me preocupa saber que vc dirige embriagado… Muita gente faz isso. Será que não sabem que é proibido? E faz mal sim! você não está na sua melhor condição pra conduzir o carro, pode matar alguém… E sim, bebendo você aumenta suas chances de ter câncer de esôfago, mais um monte de coisas.
            Assim como o fumante (cigarro, maconha, narguilé) tem maior risco de desenvolver enfisema pulmonar.
            Não seja leviano… Ninguém aqui está falando que a maconha é inócua. E, sinceramente, acho que se formos manter a política de proibição à maconha, devemos aplicar o mesmo ao álcool. O duro é o embate com as bilionárias cervejeiras, que tem muitos políticos no bolso.
            Mas isso é outro problema, certo?

            A Espanha liberou o plantio de alguns pés por cidadão. Será que esse cara vai preferir pagar? Claro que isso não se aplica à cocaína e sintéticos que requerem processos mais elaborados. Mas não é um ponto válido?

            E sobre minha argumentação rasa, mea culpa. Mas fale-me mais de qual abordagem seria mais eficiente e resultasse em menos dinheiro jogado no ralo. Vamos melhorar o debate. Também cansei dos mesmos argumentos.
            Me esclareça mais, por favor! Vai ser bom pra todo mundo.

          • paulo disse:

            é cara… no começo seu comentário até pareceu algo útil, mas reli e, sinceramente… nada que se aproveite.
            tirando os kkks e o sarcasmo – engraçado, aliás, você dá pra um bom comediante, ou, no mínimo, acordou gozado.

            sobra:
            tipificação do crime: talvez seja a hora de rever a tipificação do crime. A capoeira já foi proibida no Brasil. Quer dizer que quem era a favor da descriminalização do esporte, era também à favor da descriminalização da pedofilia?

            sobre precificação: especulação pura.

          • Ticio Mevio disse:

            Bom, parabéns por ao menos querer aprender mais e não ficar nos mesmo argumentos quase sempre ultrapassados e ignorantes dos usuários de drogas ilícitas. Meu sarcasmo é para zoar exatamente quem os utiliza sem entender absolutamente nada de bens jurídicos protegidos pelo direito penal (infelizmente você ainda não entendeu a minha argumentação quanto à pedofilia).
            A tipificação pode ser revista, sim, mas não sem uma reforma estrututal antes. Por mais paradoxal que possa parecer, para uma eficiente legalização seria necessário muito mais fiscalização e fortificação das nossas forças policiais.
            Veja, por exemplo, que o cigarro – droga lícita que é – movimenta milhões em tráfico todos os anos no Brasil. Entenda que não existe “especulação pura” quando se sabe que ICMS e IPI obedecem ao princípio da seletividade (alíquotas variam conforme essencialidade do bem).
            Assim, sem fiscalização efetiva e eficiente(ainda inexistente no Brasil), o tráfico inexoravelmente continua, e os comerciantes que forem cumprir as regras à risca vão acabar por falir… ou se corromper. Mudam os crimes, mas não muito os grupos criminosos e as verbas que não chegam ao Estado.
            Por fim, algo completamente esdrúxulo do Min. Barroso que pouca gente parece ter atentado: ele obviamente está defendendo legalização de drogas com que possui afinidade – e a lógica aqui é clara: qual a fundamentação de liberação da cocaína – droga que salvo nos “evoluidíssimos” Peru e México, em nenhum outro lugar do mundo é liberado por ser extremamente viciante e nociva? Aliás, como é mesmo que está a situação do tráfico de cocaína (de consumação legalizada) no México? Pois é…

          • Leonardo C. disse:

            Por que álcool pode e maconha não?

          • Bento Sartori de Camargo disse:

            Drogadito, um erro jamais justifica outro, ou ainda não sabe?

          • paulo disse:

            obrigado.

          • Bento Sartori de Camargo disse:

            A única solução é cemitério para drogaditos, afinal enquanto houver consumidor haverá fornecedor.

          • Guto Tavares disse:

            Santa inocência… ou ignorância?

          • Bento Sartori de Camargo disse:

            É sou bem ignorante…, iluminado é você com tuas teorias de drogadito. Cai fora cara, teu lugar é no cemitério, lá vc não enche o saco de ninguém, além de não dar despesa para os contribuintes se for preso!.

          • Marcello disse:

            Deve de ter algum drogado na sua família, mas é mais fácil jogar na conta dos outros ( fornecedores ) do que querer assumir que a falha veio da educação de uma família desestruturada.

          • Bento Sartori de Camargo disse:

            A maconha já apresenta seus estragos nos seus neurônios pelo teor do comentário. Falha de educação uma ova, é apenas uma decisão pessoal mais nada, então arque com as consequências, vai te catar cara.

        • ezequiel-sp disse:

          Será que os moradores do Brasil consomem essa enorme quatidade? (drogas). O problema é que aqui é rota de drogas e elas só saem daqui pelo Aeroporto ou de Navio. Não é mais fácil fiscalizar? Não, porque tem muita gente Ganhando nessa história….

        • Bento Sartori de Camargo disse:

          O único lugar para drogaditos é no cemitério. É barato para o contribuinte, altamente eficiente e a sociedade se vê livre dessa epidemia.

          • paulo disse:

            funcionará muito bem mesmo.
            Como faremos isso?

            edit: vc curtiu porque não perceber o sarcasmo… como eu desconfiava não é lá muito esperto.

            Então vamos lá, abertamente: vc está sugerindo um assassinato em massa de todo usuário de qualquer tipo de droga? Como isso seria feito? Em fornos, à bala?
            qual sua ideia a respeito disso?
            Ah pelo que li até agora vc é forte defensor dos “gestores” do país. Acha que devemos dar carta branca pra eles, pra que eles resolvam o problema. Você acha que eles são extremamente competentes e por isso devemos dar-lhes o aval de escolher quem vive e quem morre.
            Tipo o Tiririca com uma AR15, ou tanque de guerra, patrulhando as cidades?

          • Bento Sartori de Camargo disse:

            Se os nossos legisladores não “importarem” as leis da Indonésia ou de outros países orientais, cabe a cada um de nós “dar sumiço” nesses inúteis, estão destroçando a sociedade e nossas leis atuais é uma porcaria, leis que parecem que foram feitas por traficantes.

      • Marcos Lino disse:

        Que mais tem no Brasil e maconheiro seu burro

      • Eduardo Faria Faria disse:

        Precisa sim. O Brasil está cheio de indivíduos ignorantes como você. Precisamos da maconha pra abrir a cabeça do povo e tratar justamente este tipo de diferença.

        • Luziane Santos disse:

          Não concordo! O Brasil não precisa de maconha e de nenhum outro alucinógeno! Mas precisamos sim repensar o modelo de criminalização e repressão! A droga é prejudicial mas as balas perdidas da guerra contra o tráfico tem matado mais e matado indiscriminadamente!!!

      • Anchova disse:

        O que não precisa no Brasil é gente cagando regra.

      • Stewart Hughes disse:

        nada a ver precisa sim,,, queremos justica, fim da escravidao..

    • Fredson Costa disse:

      Vc garante que todos terão esse seu auto-controle Jedi?

      • Niten Dōraku disse:

        Quem bebe álcool tem auto-controle? Pois se essa pessoa tiver, eu também terei, pois o efeito da erva no organismo é menos incapacitante que o efeito do álcool. Essa indica aqui, por exemplo, vai me ajudar a dormir hoje, ela relaxa os músculos…

      • Nilson Nobuaki Yamauti disse:

        O tráfico de drogas é um dos negócios mais rentáveis do mundo. Os traficantes têm tanto dinheiro que conseguem comprar policiais, juízes e políticos. Conseguiram derrotar o sistema de repressão mais poderoso do mundo, o dos EUA. A polícia brasileira não tem condições de dar conta nem dos criminosos comuns e precisa enfrentar organizações poderosíssimas alimentadas pelo tráfico de drogas. A Lei Antidrogas lotou os presídios mas não afetou em nada o tráfico. Chega de hipocrisia!

        • Bento Sartori de Camargo disse:

          Concordo, já demorou para que seja importada a lei da Indonésia, afinal um drogadito serve para quê?, cemitério sem a menor piedade. A sociedade brasileira agradece principalmente os contribuintes. Chega de pagar a conta de drogaditos, bebuns e tabagistas em Hospitais públicos/SUS.

          • El Fumador disse:

            Bento, se informe melhor antes de falar. É só digitar no google: tráfico de drogas na Indonésia e abrir a matéria do IG. Aí vai argumentar que é um site esquerdistas e bla bla bla, mas não, eles só repassaram uma notícia do The Jakarta Post com dados da Agência Nacional de Entorpecentes. Lá a manchete diz: “Mesmo com pena de morte, uso de drogas na Indonésia deve crescer 45% em 2015”. E pra não ficar falando coisa sem sentido, lê a matéria até o fim. Aí você terá argumentos mais sólidos para um debate. Quem sabe não queira morar na Indonésia, onde tem uma das maiores desigualdades sociais no mundo. Informe-se! Hoje em dia é tão fácil.

    • Durango Charlie disse:

      Uma florzina querendo fumar uma outra flor…sei não!

    • Stewart Hughes disse:

      a preensada eh a melhor que tem,,,

    • David Santos disse:

      é meu caro, daqui uns dias seu sonho pode se realizar, fica mais barato pra população/estado, ninguém mais aguenta pagar o SUS pelos tratamentos quando tiver overdose ou tomar um tiro de traficante. a liberação talvez pule estas etapas.

      • Niten Dōraku disse:

        cara, cientificamente falando, a maconha não leva à overdose

        • David Santos disse:

          Obviamente não, mas onde vende maconha,vende cocaína,crack, existe milhões de depoimentos de usuários que uma hora a maconha não faz mais efeito. uma porta de entrada. uma coisa puxa a outra. overdose é só uma consequência do que a maconha começou.

          • Niten Dōraku disse:

            Sério? Tem hora que a maconha não faz mais efeito? Ela é porta de entrada para outras drogas? Você sabe o que é uma overdose ou só repete discurso?

          • David Santos disse:

            Ok.

          • Bento Sartori de Camargo disse:

            Perda de tempo David, é limitado demais, está chapado!.

          • Leonardo C. disse:

            Por isso a “legalização” seria boa, entendeu?

          • Bento Sartori de Camargo disse:

            Acorda cara, se for os gestores públicos que farão o controle da quantidade de uso dessa porcaria, será mais uma fonte de corrupção, e maracutaias. Governos são tão incompetentes que não conseguem controlar nem a própria máquina pública, imagine controlar a quantidade de uso dos drogaditos, piada ok?. A melhor saída é o cemitério, lá é barato para os contribuintes e não incomodam mais além de baixar próximo de zero os estragos que o narcotráfico produz na sociedade, não havendo consumidor, não haverá fornecedor, ou próximo de zero também, basta a pena de morte para usuário e traficante como faz a Indonésia.

          • Altamir Patrícia Marques disse:

            Acho que não Leonardo. A legalização das drogas, também é a legalização do plantio e do tráfico. Será o país dos traficantes, será o país do “Tudo Pode”: 1) pode matar que VC não vai pra cadeia; 2) se vc é de menor, pode matar e estuprar que a lei proteje VC; 3) se numa ocorrência um policial mata um bandido o pocilial está errado; 4) família de bandido morto tem indenização; 5) se os pais corrigem o filho, os pais estão errados; 6) pode traficar também, no país dos políticos banas; 7) se um professor passar um pouco dos limites com um aluno infrator, o professor está errado, agora quando o aluno bate no professor, quebra a escola, ninguém faz nada. Enfim, do jeito que anda a coisa, já estou vendo jovens dentro de sala de aula fumando, traficantes entrando livremente dentro das escolas para levar drogas para seus clientes. As teorias para a legalização, são inúmeras. O Fernando Henrique, no seu tempo de Universidade, era um consumidor de maconha. Não me admiro que ele seja a favor da legalização. Não é sem razão que ele seja de partido de esquerda. Lamentável.

          • Leonardo C. disse:

            Cara, eu entendo você, mas, de tudo que você disse o que não acontece? Tudo isso já acontece…
            Não é legalizando a maconha que isso vai aumentar, olhando de forma racional, fumar maconha seria mais aceitável, mas, não que seria liberdade total, ou você vê alunos hoje bebendo cerveja dentro da sala de aula? Ou embriagados indo trabalhar? minimamente quando isso é percebido ou pelo seu empregador, ou pela instituição de ensino essa pessoa é punida, regularizar não quer dizer que PODE FUMAR UM BECK AI E TRABALHAR… Agora, falando de mim, eu fumo às vezes de sexta ou de sábado para relaxar em casa, é que nem a “sua cervejinha do happy hour” sabe? Eu tenho um bom emprego graças a Deus, eu estudei e estudo bastante, estou finalizando minha pós, fiz intercâmbio, fiz um monte de especializações, vim de família humilde… Sabe não sou um zé ninguém e foi consequência de muito esforço, troquei o álcool pela maconha em torno de 3 anos e NUNCA me atrapalhou. Sei que as pessoas são diferentes umas das outras, mas, não seria melhor uma pessoa que contribui muito com o desenvolvimento do país como eu, poder plantar um pé dentro da minha casa e fumar quando eu quiser, do que INFELIZMENTE ter que entrar em uma biqueira, comprar uma maconha e dar dinheiro para a organização criminosa?

          • Bento Sartori de Camargo disse:

            Se o c´ de bebum não tem dono, com certeza o do drogadito também, e vai adorar kakakaka!.

          • faceroll disse:

            esse @bento@bentosartoridecamargo:disqus deve ser um filho da puta pau no cú, tua mulher deve ter trepado com um maconheiro pra você ser assim. FAÇA UM FAVOR PRA SOCIEDADE BENTO, SE JOGA DO PRÉDIO SEU CORNO.

          • Bento Sartori de Camargo disse:

            Só vou me jogar do prédio depois que os drogaditos e traficantes estiverem no único lugar certo: cemitério.

        • Bento Sartori de Camargo disse:

          Cientificamente falando, nenhum profissional médico receita maconha. É apenas uma porcaria que o corpo humano não necessita. Morte aos drogaditos já.

          • Leonardo C. disse:

            kkkkkkkk difícil colocar algo na cabeça dos caretas adestrados… Corta o açúcar e o café também amigo, só porquê não te deixa chapado, não quer dizer que é bom para o seu corpo. 😉

          • Bento Sartori de Camargo disse:

            Se toca cara: a semeadura é livre mas a colheita é obrigatória. Morte aos drogaditos e traficantes já!.

          • Leonardo C. disse:

            Encerrando o assunto, pois deu para perceber que sua mente provavelmente é bem fechada e você tem aquele perfil bem resistente. Mude-se para Indonésia… Talvez você fique em paz e ganhe sapiência. Lembrando, você vive em um país que nasceu torto e cada dia que passa fica mais torto, um país que seu maior código postal é o carnaval(MUITAS DROGAS) e prostitutas(COM DROGAS) onde o gringo vem, se entope de (CARPIRINHA). Seu modo de pensar, ao meu ver, não vai revolucionar e fazer o país andar pra frente. Abraços.

          • Bento Sartori de Camargo disse:

            Só depois de eliminar uma carrada de drogaditos e traficantes para que a sociedade viva em paz sem essa epidemia cretina que arrebenta com as famílias e são completamente inúteis. Morte para esses otários o quanto antes.

      • Matheus Henrique disse:

        Ate quando vcs vao ficar achando q maconha só se fuma?!
        Ate quando vao achar q uma planta é a porta de entrada pra outras drogas?!
        Ate quando vao ficar na ignorancia ao em vez de ir pesquisar e saber q a maconha tem varios beneficios, ainda mais medicianais?!
        A legalizaçao vai ajudar o Brasil a sair da crise
        Tantas utilidades da planta
        Medicamentos
        Combustivel
        Roupas e casas podem ser feitas com maconha
        Papel e etc..
        Parem de ser burros e pesquisem
        Uma hr ou outra vcs querendo ou nao
        A maconha vai ser legalizada
        E quando menos vcs esperarem
        Vao estar usando algo feito a base de maconha
        Aew eu quero ver a cara de vcs
        Aew eu quero ver vir falar q maconha é algo ruim…
        Pesquisem mais
        Procurem saber mais
        E nao falar oq nao sabem

    • Bento Sartori de Camargo disse:

      Tua mãe já tinha esse projeto na cabeça aos 21 anos. Tenho uma encomenda para ser levada para a Indonésia, pago toda despesa, quer levar?

      • Niten Dōraku disse:

        É esse o nível de discurso que um “não drogado” consegue manter?

        • Guto Tavares disse:

          Não alimente os trolls… o cara não deu UM argumento que preste. Como ele mesmo diz: acabe-se com o alimento, que o troll desaparece.

        • Bento Sartori de Camargo disse:

          Drogadito, tabagista e alcoólatra tem num nível de QI extremamente baixo, é limitado demais para entender. Só cemitério para resolver e diminuir as despesas para o contribuinte quando é preso ou vai parar num Hospital Público tirar vaga de pessoas que tem patologias que não tem nada a ver com uso de porcarias voluntariamente.

          • faceroll disse:

            Esse bento (minúsculo mesmo) deve ser só mais um velho filho da puta. Você deve ser um BOSTA, a tua vida na verdade deve ser uma BOSTA. Tenho pena da tua mãe e da tua esposa, deve ser difícil não satisfazer uma mulher aí ela vai procurar uma trepada boa com os maconheiros. Deve ser esse o motivo da revolta desse otário.

          • Bento Sartori de Camargo disse:

            Tudo que falou de mim é da tua experiência. Não existe revolta seu drogadito, apenas paz para a sociedade com a morte desses vermes inúteis.

          • Bento Sartori de Camargo disse:

            Só porque o que disse e faz dá certo para você, pensa que também é a mesma coisa para outros. Só cemitério mesmo, pois já está com poucos neurônios de tanto entupir o rabo de drogas.

    • Marcello disse:

      Isso aí, não sustentar o tráfico pra comprar armas e usar contra você mesmo.

    • Bento Sartori de Camargo disse:

      O c´de bêbado não tem dono, com certeza o do drogadito também não.

  92. carmem disse:

    MEUS DEUS NESSE MOMENTO CRITICO NO BRASIL ….NO QUAL A CREDIBILIDADE DO STF ESTA ZERADA …..NO QUAL A JUSTIÇA E A HONRA NAO SE FAZEM PRESENTES …..ORGAO FALIDO ….CORROMPIDO ….E O MINISTRO BARROSO VEM DEFENDER A LEGALIZAÇAO DA MACONHA ( NADA CONTRA OU A FVOR . …mas nao e’ o momento adequado )….O POVO BRASILEIRO CLAMA POR OUSADIA NO FIM DO FORO PRIVILEGIADO ….NA AGILIDADE DESSES PROCESSOS CONTRA ESSES POLITICOS BANDIDOS …..QUEREMOS A MAO FORTE DA JUSTIÇA AGINDO CONTRA ESSES CORRUPTOS E TRAIDORES DO POVO BRASILEIRO .

  93. Munn Rá : O de Vida Eterna disse:

    Realmente precisamos de ousadia mas não para liberar as drogas mas sim para colocar atrás das grades essa corja de políticos corruptos/bandidagem geral que atormentam nossa nação

    • ninguém disse:

      Eles estão pensando em liberar o cigarrinho pra acalmar quem quer vê-los enquadrados.

    • Ticio Mevio disse:

      Naaam, isso aí dá muito trabalho! Deixa liberar as drogas para os Ministros poderem curtir na boa, meu velho! Negócio é deixá-los dar um teco e depois irem ligar para os cumpañeiros que os colocaram no STF e estão lá em Curitiba para bater um lero. Bom d+!

      • Gleydson Góes disse:

        Amigo, bom dia! Por gentileza seja mais honesto consigo msm: a regulamentação da maconha não é para beneficiar os ministros, mas todo o povo brasileiro, especialmente os jovens que são vítimas da guerra de gangues rivais que brigam pelos pontos de venda de droga em nossas cidades. Quando regulamentarmos a maconha, como fez Argentina, Austrália, Bangladesh, Bélgica, Canadá, Chile, Colômbia, Coréia do Norte, Costa Rica, Croácia, Equador, Espanha, Estônia, Holanda, Ilhas Maldivas, Índia, Iraque, Islândia, Israel, Itália, Jamaica, México, Nepal, Paquistão, Peru, Portugal, República Tcheca, Rússia, Suíça, Ucrânia, Uruguai, Venezuela, e diversos estados dos EUA.

        • Bento Sartori de Camargo disse:

          Nada como a legislação da Indonésia. Chega dessa epidemia que só trás desgraças para a sociedade de qualquer país.

    • Stewart Hughes disse:

      eh so legalizar a erva e pornto problema resolvido

      • Bento Sartori de Camargo disse:

        Tua mãe já falava isso desde os 21 anos.

        • Gleydson Góes disse:

          Meu irmão, o que diabos tem a ver a mão do outro? Temos ainda uma forma muito infantil de debater, gente. Aff… Legaliza para reduzir a violência em virtude de disputa por pontos de venda e tráfico de droga!

    • Breno Timm disse:

      Nao é somente crítica mas esse juiz sabe quantos processos inacabados e que talvez nem resolvam vem falar em drogas .Acho que nao está com as faculdades mentais normal,bem dizem que Deus deu a cabeça à todos mas cérebro s´o para alguns.

      • Edilton Dias disse:

        acho que está sim, Breno! Acredito que devido aos sucessivos escandalos que nos submetem, cada órgão, automáticamente, procura inovar em alguma coisa que nos distraia, pelo menos entendo assim.

      • Luziane Santos disse:

        A intolerância é, sem sombra de dúvidas, o pior dos males que enfrentamos hoje. Ela impede até a mais salutar das nossas capacidades que é da de ouvir e dialogar!!!! Eu tenho absoluta certeza que as pessoas que ofendem o fazem por que não tem argumentos para discutir um assunto!!!

        • Marcello disse:

          Só existe intolerância porque existem pessoas fracas como você deve ser, para se sentir ofendida com as opiniões alheias, procurem se instruir culturalmente ao invés de ficarem querendo esconderem seus fracassos atrás de leis. tenham argumentos para mostrarem que somos todos iguais. Aqueles que ficam atrás de lei contra a intolerância, são realmente uns MERDAS !!!

      • Gleydson Góes disse:

        Mas esse debate é importante, pois o tráfico de drogas é responsável pela maioria de homicídios nas periferias do Brasil. Aqui na Cidade do Cabo de Santo Agostinho, por exemplo, cerca de 85% dos crimes estão relacionados com o tráfico. Esse tema é importantíssima. Não fazemos ideia de sua relevância. Todo País civilizado discute esse assunto com sobriedade e seriedade, um exemplo disso é nosso vizinho “Uruguai”. Estamos, como de costume, atrasados nessa discussão.

    • thiago Eng.Pereira disse:

      Excelente comentário. Aos drogados pergunto se quando ficarem chapados o que pode ser liberado para fazer contra vocês que serão engodo da sociedade? Afinal tratar com dinheiro do contribuinte será fácil.
      Deveriam liberar as drogas sim, porém também o posse armas e uso por legitima defesa e a pena de morte.
      Fumar, ficar loucão e sair fazendo merda.

      • Leonardo C. disse:

        E para quem bebe e fica loucão e sai atropelando gente e matando? toda semana tem um na TV, pode? Qual a diferença?

        • Bento Sartori de Camargo disse:

          O tratamento deve ser o mesmo, tirou a vida de alguém pouco ou nada importa o porquê, paga com a vida também para ficar empatado o jogo e servir de exemplo aos bebuns!.

      • Marcello disse:

        Ridículo, vai querer dizer que os playboyzinhos que agrediram e mataram o argentino em Ipanema tinham fumado muita maconha? Com certas leis ridículas que existem na Constituição é bem capaz de a defesa usar isso como argumento, porque aí sim as drogas servem encobrir a má criação dessa sociedade burguesa, da qual deve pertencer, de onde sai os males elementos que verdadeiramente sustentam o tráfico para a compra de armas para serem usadas contra vocês mesmos, na certa deve de ter algum viciado encubado na sua família que faz várias merdas e você deve de estar preocupado em manter isso longe dos olhos da sociedade. Educação familiar e caráter conta muito nas escolhas de cada um, me desculpe, mas se não tem o rabo preso, é ignorante mesmo.

    • Gleydson Góes disse:

      Justamente, Moro. O tráfico de drogas é um dos maiores financiadores de políticos corruptos. Aécio Neves, Família Perrella e CIA é um exemplo. Para saber mais sobre esse assunto, dá um olhada nesse documentário de menos de 30 minutos que fala como um helicóptero com 450 kg de PASTA BASE DE CACAÍNA virou pó na mídia e para a “Justiça”. Barroso é até corajoso de tocar nesse assunto e defender a regulamentação da maconha no Brasil. Abç

      • Munn Rá : O de Vida Eterna disse:

        ” Aécio Neves ” ZzZzZzZzzzZzZzZz já tava demorando : querido de boa me poupe

        se aproveitando do assunto para fazer militância ? ( haja vista seus outros comentários neste tópico )

        Aécio fez besteira ? que seja punido porém financiamento via drogas além do consumo deste não é exclusividade de somente um partido ou políticos

        Bye Bye

    • Bento Sartori de Camargo disse:

      Atrás das grades não, lá nós teremos de pagar para todos 2(duas) quentinhas por dia e vier só com um “zoiudo” sem carne, é rebelião na certa com queima de colchões que teremos de pagar também, não sei porque nas celas existe “energia elétrica” ora, escureceu?, vá dormir!, pois temos de pagar também energia, água e esgoto. É o cúmulo da burrice do sistema prisional. Matar esses drogaditos é a única saída para eliminar esses inúteis!.

    • Jlgui Rodrigues disse:

      Concordo!!!

  94. Agnaldo Antônio Perez Nogueira disse:

    Em um país de desigualdades sociais abissais propor liberação da maconha é desconhecimento, que o uso da maconha leva o uso de outras drogas. É desconsiderar os custo da saúda em relação a tal liberação.

    • Carlos Marques disse:

      Serio que vc acredita nisso? Cigarro e álcool então não são drogas? O custo da saúde em relação ao uso de maconha? Uhauahahahaha

      • Anchova disse:

        Que a desigualdade tem a ver com isso? Pobre é mais propenso a ser drogado? ahahah Esse é JENIO!

        • fabio_alviverde disse:

          talvez o pobre não esteja mais propenso do que o rico, mas com toda a certeza está mais propenso a fazer besteiras / delitos furtando e até matando, uma vez que mesmo sem dinheiro, precisaria alimentar seu vício a qualquer custo.

          • Mezcal disse:

            Que asneira.

          • fabio_alviverde disse:

            que mimimi

          • Junior disse:

            Um conceito totalmente preconceituoso, pobre está na casei pois não tem dinheiro para pagar advogado, e os defensores e promotores não tem tempo e boa vontade de trabalhar em favor do pobre pois não dá ibope.
            Não vejo pobre cheio de álcool matando gente no transito pois o mesmo não tem carro.

          • Anchova disse:

            Quantos pobres alcoólatras assaltam para tomar um goró?

          • Bento Sartori de Camargo disse:

            Os bebuns estão em relação inversamente proporcional ao número de drogaditos. Morte aos drogaditos e traficantes.

          • Bento Sartori de Camargo disse:

            Nada como eliminar tanto usuário como traficante, limpeza geral no país e um futuro digno para as futuras gerações.

      • fabio_alviverde disse:

        Não é porque já cometeram o erro de liberar o cigarro e álcool que isso justificaria a liberação de outras drogas, tinham é que pensar em barrar esses dois inclusive, ao invés de cogitarem liberar mais alguma coisa!!!

        Esse STF é uma lástima, uma vergonha!!!

        • Junior disse:

          As pessoas tem que ter livre arbitrio e o estado criar regras, assim cada um cumpre o seu papel.
          Proibir álcool,cigarro ? Usa quem quer, agora dirigir bebendo tem que ir para cadeia.

          • fabio_alviverde disse:

            livre arbitrio com o grau de educação e escolaridade que temos no país atualmente???? É isso aí, lute para liberar as armas também pra você ver o que vai acontecer 😉

            Precisávamos é estar focados no cerne das coisas básicas (que não temos nenhuma) tais como como educação saúde e segurança.. e não discutindo como alimentar os viciados..

          • Bento Sartori de Camargo disse:

            Falou tudo fabio!.

          • ezequiel-sp disse:

            e os danos á saúde? o Estado tem que arcar??? acorda

          • paulo disse:

            ezequiel… mas o estado já banca!
            Se o cara desenvolve uma doença pelo uso da maconha, digamos, um enfizema pulmonar.
            O estado trata, mas o usuário provavelmente mente sobre seu vício. Dessa forma não só pagamos o custo, mas não sabemos a real causa, ficando com dados errados. Dados estes que ajudam a determinar como alocar recursos, aonde fazer campanhas de conscientização…
            Esse é um ponto importante: todo o dano causado pelo uso de drogas já é “socializado”, a proibição não é efetiva nesse aspecto.
            Se não for proibido, um dos pontos positivos é a redução da condição de precariedade do usuário, que passa a consumir um produto menos nocivo. E, no longo prazo, obtém-se estatísticas mais realistas a respeito do dano causado.

          • Breno Timm disse:

            Mas tambem devemos considerar que é o começo ,é a entrada ,nao falando o que pode acontecer num país de ninguem e sem lei ,antes porem pesquizar onde já foi liberado ,nao creio que se liberado for do mesmo ritimo desses países,a cultura e a educaçao faz a diferença ,nao è?

          • paulo disse:

            Breno, eu sou à favor da descriminalização e da responsabilização dos danos causados, assim como deveria ser com o álcool.
            Mas vimos, por exemplo, com o filho do Eike Batista que não é assim. Ele matou e está solto por aí.

            As drogas sendo proibidas as pessoas também matam. Será que o Batista também não tinha fumado uns baseados? Tomado ecstasy?

            A questão não é discutir se a droga é ou não boa. A questão é se a proibição diminui ou não o uso.
            E concordo com você, a educação faz toda a diferença. Como vimos no cigarro. Após o ataque à indústria no cigarro, que envolveu legislação, fim da propaganda e conscientização, o número de novos fumantes diminuiu muito.
            E o cigarro é altamente viciante.

          • Bento Sartori de Camargo disse:

            O “estado” não banca nada, o estado só tributa e arrecada, quem tem de “pagar tudo” são os contribuintes.

        • Anchova disse:

          Erro? Que erro? Todos temos o direito a nos drogar se assim o quisermos.

          • Breno Timm disse:

            No caso vc se responsabiliza pelo que os drogados possam fazer?Vc empregaria um drogado?Vc gostaria de ver um drogado dirigir?Se sim entao vá à Holanda ou Uruguai e boa tragagem.

          • Anchova disse:

            No caso vc se responsabiliza pelo que os drogados possam fazer? R: Não, a responsabilidade é de quem usa.

            Vc empregaria um drogado?
            R: Sim, caso o uso da droga não atrapalhe seu comportamento no ambiente do trabalho.

            Vc gostaria de ver um drogado dirigir?
            Não. Drogas atrapalham a cognição e podem aumentar a probabilidade de um acidente acontecer.

            Se sim entao vá à Holanda ou Uruguai e boa tragagem.
            Ótimos países, com um povo sensato, livre e sem cagação de regra.

            Mais algum argumento pueril para derrubar?

          • Bento Sartori de Camargo disse:

            Depois dessa verborragia nada como ser eliminado, é barato e não incomoda mais a sociedade com desgraças familiares.

          • Bento Sartori de Camargo disse:

            E ser eliminado o mais breve possível, pois o drogadito é inútil ao país só trazendo desgraças para a sociedade. Morte aos drogaditos e traficantes como na Indonésia.

      • paulo disse:

        o custo não é totalmente conhecido, já que, por ser proibido, é mais difícil rastrear os danos. Dificilmente um cara que infartou, por exemplo, vai falar que fuma maconha.

        Provoca danos à saúde e gera, portanto, custos para a saúde pública.

        Mas isso não justifica proibir, que cria o tráfico e a violência consequente deste.
        Sinceramente, este é um debate vencido. Proibir não reduz o uso, aumenta a violência com a criação do mercado negro e expoe o usuário a condições mais precárias de uso.

        As pessoas tem que saber lidar com o livre arbítrio. O estado tem a função de educar e coibir através da educação. E punir aqueles que causam danos a terceiros, como aqueles que bebem e matam ao volante, que deveriam ser punidos exemplarmente.

        • Ticio Mevio disse:

          Beleza, só não se esqueça de ser coerente no discurso quando te perguntarem se és a favor da legalização do porte/posse de arma de fogo.

          • paulo disse:

            já me perguntaram.
            eu sou a favor da liberação das armas.

            Ainda assim, não é porque se é a favor da liberação das drogas que obrigatoriamente tem que ser à favor da liberação de armas. A lógica é infalível em processos exatos. Em processos humanos, há mais do que se considerar do que pura lógica.

        • thiago Eng.Pereira disse:

          Sou a favor de liberar o uso de drogas, posse de armas e também da pena de morte. Assim se drogado chapado vir encher o saco mete bala. Encheu saco demais pena de morte.

        • Bento Sartori de Camargo disse:

          Principalmente os drogaditos, são inúteis para a nação além do narcotráfico produzir centenas de mortos todo ano país afora.

      • Bento Sartori de Camargo disse:

        Já chega o contribuinte pagar a conta dos estragos nas vias respiratórias dos tabagistas e dos estragos nas vias biliares dos bebuns. E você ainda quer que os contribuintes paguem também a conta dos estragos nos teus neurônios e nas prováveis sequelas?. Morte aos drogaditos e traficantes.

    • Junior disse:

      Se fosse assim quem fuma cigarro vai fumar maconha, quem cheira lança,cheira cocaína, quem bebe cerveja vai beber cachaça, esse tipo de argumento é só popular, vamos discutir com verdades. Vários países estão evoluindo para liberar e nós aqui com esse preconceito e ignorância sobre o assunto ,

    • Ticio Mevio disse:

      Exatamente por grande parte da população ser ignorante e gado eleitoral, eles não fazem a menor ideia de como funciona o sistema tributário nacional e acreditam piamente que legalizando a droga a malta passará a realmente passará a comprar legalmente (ou alegam por desonestidade mesmo, só para engrossar o coro e ver a droga liberada). Ainda bem que não se trafica cigarro no Brasil, né?

      • Fábio Alessandro Oliveira disse:

        Muito bem colocado, eles esquecem que ser humano vai atrás do mais vantajoso. Mesmo legalizado os preços vão la na casa do capeta, e esses maconheiros de hoje, continuaram a pegar na bocada. Eles querem a liberação pra fumar em publico sem ser perturbado somente isso. Como seus neurônios já estão queimados, não conseguem avaliar como um todo e ficam olhando só para seu umbigo de maconheiro. Mas se esquecem que um dia terão filhos que seguiram seu exemplo e podem não ter seu “auto” controle. (Pois se tivesse auto controle como acham que tem, não usariam drogas)

        • El Fumador disse:

          Não nasci em berço de ouro, mas sempre tive tudo que precisava em casa, ou seja, classe média. Sou formado na USP, tenho 2 MBAs e sou gerente de multinacional. E agora pasmem: fumo maconha desde os 20! Meu Deus, que pecado! Parem de vomitar de bosta. Eu quero plantar o meu sossegado, fumar em casa e ficar de boa. No mais eu cuido da minha vida, pago minhas contas e não faço mal a ninguém. Vão estudar mais sobre antes de saírem por aí repetindo o senso comum.

          • Fábio Alessandro Oliveira disse:

            É tudo isso que nem usa nome real! Parabéns!

          • El Fumador disse:

            Infelizmente, por causa de pessoas como você e da nossa atual legislação, não posso me expressar dessa maneira em público. Se fosse pra falar de álcool, pode ter certeza que mostraria minha cara. Mas como o álcool não causa problema para a sociedade, então não vamos discutir sobre isso e deixar proibido só a maconha mesmo.

          • paulo disse:

            Relamente Fumador. As pessoas preferem manter o assunto um tabu, do que encarar o problema de frente.
            Se a maconha fosse liberada, o problema talvez fosse apenas de saúde pública, não de segurança pública, corrupção, gastos públicos… Além da saúde pública.

          • Bento Sartori de Camargo disse:

            Ô gerentinho, vê se enxerga que já basta os bebuns, os tabagistas para os contribuintes pagarem a conta nos Hospitais conveniados com o SUS quando seu organismo apresentar os estragos pelo uso dessas porcarias que o corpo humano não precisa, e vc ainda vem querer que o contribuinte assuma também os estragos nos seus neurônios e sequelas?. Morte aos drogaditos e traficantes para a felicidade geral da nação e bem estar do povo.

          • El Fumador disse:

            Bento, os bebuns, os tabagistas e os “drogaditos” (gostei rs), vão continuar existindo, você querendo ou não, gostando ou não. Isso sempre foi assim, desde que o mundo é mundo. O que podemos fazer é diminuir a força do traficante, e adivinha como? Legalizando! Podemos diminuir os gastos com saúde pública através da educação pública, mostrando o real efeito no organismo de todas as substâncias por meio de pesquisas científicas. E como usuário de álcool e maconha, te garanto que a segunda opção causa menos danos que a primeira. Precisamos debater o assunto de forma madura e realista, e não desejando a morte de quem usa uma substância da qual você não gosta.

          • Bento Sartori de Camargo disse:

            Relembrando: a semeadura é livre mas a colheita é obrigatória. Não poderia esperar outro posicionamento de sua parte, afinal é apenas só mais um drogadito. Nada como importar a legislação da Indonésia, vai ter essa praga?, vai mas em quantidade ínfima que jamais causará o volume de transtornos como neste país!. Em tempo: em hipótese alguma é questão de eu gostar ou não, é uma questão de epidemia que destrói a família e a sociedade. Morte aos usuários e traficantes sem dó nem piedade.

          • Bento Sartori de Camargo disse:

            Se tiver filhos, ensine a eles isso que vc faz seu drogadito. Morte aos drogaditos e traficantes já para o bem do país e para o sossego da sociedade.

          • El Fumador disse:

            Bento, você tocou num assunto delicado, muito bom para o debate: filhos. Vou tentar por tópicos porque acho que vai ficar mais fácil a compreensão:
            1 – Se eu pudesse escolher, meus filhos não usariam nenhuma tipo de drogas (álcool, tabaco, maconha, etc). Eles também seriam estudiosos, atletas e teriam uma alimentação saudável. Mas eles vão ter que escolher o que fazer da vida por conta própria. O que nos resta é educar.
            2 – Acredito que a educação transparente é o melhor caminho, contando todas as verdades sobre drogas. E não dizendo que maconha mata, pois ela não mata. Ela causa danos sim, e assim como qualquer outra coisa que ingerimos em excesso, pode trazer prejuízos à saúde.
            3 – Enquanto estiverem sob minha responsabilidade, eles irão consumir qualquer tipo de droga quando eu achar que devem, caso queiram experimentar alguma. E se fizerem escondido, o castigo será alto.
            4 – O exemplo dos pais e dos mais velhos influenciam na educação das crianças. Eu fui criado num ambiente familiar em que todo final de semana era regado a álcool (e ainda é). Cresci vendo aquilo, até que aquilo passou a fazer parte de mim. Tenho amigos que pai e mãe fumam tabaco, porém eles detestam, nunca colocaram um cigarro na boca. Ou seja, exemplos podem influenciar tanto para um lado, quanto para o outro. Acho que devemos evitar ao máximo expor a criança nesses ambientes, mas nunca mentir sobre o que você faz.
            5 – Com educação transparente, cada um pode escolher o que fazer com a própria vida.

        • Bento Sartori de Camargo disse:

          Falou tudo Fábio!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via