Congresso em Foco

A magistrada usou sua rede social para

CNJ abre ação contra juíza que postou fake news sobre Marielle e a chamou de “cadáver comum”

20.03.2018 19:42 3

Reportagem
Publicidade

3 respostas para “CNJ abre ação contra juíza que postou fake news sobre Marielle e a chamou de “cadáver comum””

  1. Edison Sampaio disse:

    Não estou aqui para defender ou acusar vereadora morta, mas sim para criticar com muita dureza a postagem dessa desembargadora que, a meu ver, nem deveria participar dessas postagens em redes sociais pois, como se vê, terminou depondo contra a instituição judicial, pois queiramos ou não, ela é membro do Poder Judiciário (ou membrA, segundo Dilma). Para mim, essa Marilia Castro Neves é uma perua desbocada. Acho que ela tem é que levar muuuito ferro, embora se saiba que levará uma simples advertência.

  2. 57ChevyBelAir disse:

    Não sou de esquerda e nem voto na esquerda, mas que essa magistrada é uma escrota, é.

  3. Jose Bem Maior disse:

    My God !!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via