Congresso em Foco

Em plebiscito realizado em 2005, 63% dos brasileiros optaram pelo fim do comércio de armas de fogo e munição

Bancada da bala quer reduzir limite para compra de armas para 21 anos

10.03.2017 13:49 9

Reportagem

9 respostas para “Bancada da bala quer reduzir limite para compra de armas para 21 anos”

  1. Oyama Pereira disse:

    Há estudos sérios mostrando que com a liberação do porte de arma pelo cidadão, a bandidagem diminui e o índice de assaltos idem. Na Inglaterra, por exemplo, foi assim. Aqui somos reféns de bandidos. E a polícia “garante” a nossa proteção…!

  2. Emidio Britto disse:

    O negócio é FACILITAR a vida do bandido. NÃO reaja e NUNCA ande armado!

  3. Filipe Sacramento disse:

    O índice de assalto nos EUA é menor que aqui no Brasil e lá o presente que os pais dá para os filhos quando completam a maioridade, é um Fuzil AR 15.
    Isso é questão de cultura, sou a favor do armamento, porém tinha que tornar essa lei mais rigorosa….Talvez igual as despesas anual como a dos veículos. Despesas semelhantes a do IPVA, em caso de disparo acidental, além do atirador cumprir pena pagaria uma indenização; uma espécie de DPVAT, manutenção a cada 6 meses e perícia. E a maioridade para obter um armamento deveria permanecer….

  4. Alexandre Garcia disse:

    O resultado do plesbicito mostrou que não queriamos este lixo de estatuto. Foi-nos empurrado goela abaixo, não resolveu nada, os numeros de homicidios aumentam ano a ano, a quantidade de homicidios esclarecidos nunca chega a 10%, parece que isso tudo faliu né…tá na hora de mudar já que esta proposta deu errado.

  5. Marcelo Soares de Souza disse:

    Não acho que colocar arma na mão do cidadão ficaremos mais seguros, pois já existe tanta violência! Além do mais o bandido conta com o fator surpresa, se ele desconfiar que você tem uma arma te dará um teco no meio da testa.
    Nas brigas de trânsito e domésticas, na hora da fechada e da raiva, tendo uma arma a disposição e o sangue quente, não dará outra…
    Diminuir a idade para ter uma arma so agravaria a violência, pois quanto mais jovens, maior o número de vítimas por arma de fogo, segundo estudos do IPEA em 2016. No Nordeste os índices de violência são maiores, talvez por ser precária a ação repressora do Estado.
    Outro exemplo é a letalidade na ação policial que demonstra que quanto mais o policial mata bandido, mais os bandidos matam policial, então, poderia acontecer com o número de latrocíneos que é o rouba seguido de morte.
    Portanto, se eu der um tapa, receberei outro de volta. Então vale a velha maxima: violência gera mais violência.

    • Filipe Sacramento disse:

      O índice de assalto nos EUA é menor que aqui no Brasil e lá o presente que os pais dá para os filhos quando completam a maioridade, é um Fuzil AR 15.
      Isso é questão de cultura, sou a favor do armamento, porém tinha que tornar essa lei mais rigorosa….Talvez igual as despesas anual como a dos veículos. Despesas semelhantes a do IPVA, em caso de disparo acidental, além do atirador cumprir pena pagaria uma indenização; uma espécie de DPVAT, manutenção a cada 6 meses e perícia. E a maioridade para obter um armamento deveria permanecer.

      • Marcelo Soares de Souza disse:

        Porém , lá nos EUA existe justiça e mesmo assim aparece um e outo que foi preso por engano!!! Aqui no Brasil com um bom advogado, você protela até a prescrição da pena, lembro de um juiz que mandou matar outro e responde em liberdade, pois, tem vários recursos. Hoje, louvamos o trabalho da Lava Jato, porém tem 300 picaretas no Congresso e vários outros na presidencia do Brasil roubando o Estado e nada acontesse! Nas prisões, a grande maioria são negros e pobres, e tem vários ladrões de galinhas estagiando para serem traficantes, ladrões de bancos, detce carga,

  6. Sergio Russo disse:

    Isto se passou em Ubatuba .
    Um bando de assaltantes armados cercava uma casa com duas familias e 5 crianças pequenas ,e tinham certeza de que não haveria reação , pois sabem que o cidadão comum não porta armas de fogo.
    Isto se passou na Marginal de Pinheiros em São Paulo .
    Com o transito muito congestionado , um bandido saiu do mato , bateu com a coronha no vidro do carro e lá dentro , foi escolhendo o que levaria embora .
    Quando foi vendida a ideia de desarmamento parecia que isto valia para todos , mas esqueceram de nos avisar que não valia para a bandidagem , que teria seu trabalho facilitado pela certeza de que não haveria reação.

  7. ezequiel-sp disse:

    Lógica Socialista: O aborto liberado vai diminuir o número de mortos: As drogas liberadas vai diminuir o tráfico e número de mortos. Já o porte de armas tem que ser proibido. Na boa: Depois que o antigo governo investiu em infra estrutura para escoamento de drogas em outros países eu chego a seguinte conclusão: O projeto Venezuela/Cuba estava a caminhos largos para ser implantado aqui no Brasil..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via