A derrota de Moro e a vitória da sociedade

Antônio Carlos de Almeida Castro Kakay *

A derrota do ministro Moro com o seu pacote anticrime foi acachapante. O ministro teve o seu projeto, apresentado sem nenhuma discussão séria, quase completamente modificado. Todos os principais pontos foram modificados.

>“Não posso sempre dizer não ao Parlamento”, diz Bolsonaro após manter trechos criticados no pacote anticrime

Na realidade, o projeto que foi apresentado e aprovado foi fruto do enorme esforço do Grupo de Trabalho criado pelo presidente da Câmara Rodrigo Maia. O GT ouviu a sociedade e especialistas e trabalhou também com o projeto antes apresentado pelo ministro Alexandre de Moraes. Mas, o que foi aprovado foi fruto deste debate coordenado pelo Grupo de Trabalho.

A estratégia do político Moro de dar a impressão que perdeu pouco, ou que foi vitorioso, foi desmascarada quando o próprio Presidente da República não vetou o Juiz de Garantia, cujo veto parecia questão de honra para o político Moro. Sempre afirmei que o setor de marketing da Operação Lava Jato é muito mais competente do que o setor jurídico da operação.

Como ex chefe da Força Tarefa da operação Lava Jato o atual ministro da justiça continua a investir em marketing. O ministro tem o apoio de sempre dos setores conhecidos e ele continua posando como se seu projeto tivesse sido vitorioso. Porém, para quem entende do assunto sabe que, felizmente, a realidade é outra. Ganhou a sociedade, o cidadão e o estado democrático de direito.

>Balanço de 2019: o império da impostura

Antônio Carlos de Almeida Castro Kakay é advogado.*

 

Catarse

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!