Com 38 dias de atraso, Bolsonaro cumprimenta Joe Biden por eleição nos EUA

O presidente Jair Bolsonaro enviou cumprimentos formais ao presidente eleito dos EUA Joe Biden. A mensagem foi enviada um dia após o anúncio dos resultados da votação no Colégio Eleitoral dos EUA. Veja a mensagem de Bolsonaro:

"Estarei pronto a trabalhar com V. Exa. e dar continuidade à construção de uma aliança Brasil-EUA, na defesa da soberania, da democracia e da liberdade em todo o mundo", afirmou o chefe de Estado brasileiro, "assim como na integração econômico-comercial em benefício dos nossos povos".

Último líder do G20 a parabenizar Joe Biden pela eleição presidencial, o presidente Jair Bolsonaro só enviou os cumprimentos formais 38 dias após a eleição ser confirmada, em 7 de novembro. Entre todos os líderes mundiais, apenas Bolsonaro e Kim Jong-Un, ditador norte-coreano, não tinham enviado congratulações formais.

Ideologicamente alinhado ao atual presidente Donald Trump, que perdeu a eleição, Bolsonaro evitou saudações formais a Biden, por considerar que "houve muita fraude" durante o pleito norte-americano. A afirmação de Bolsonaro, sem provas, não é respaldada por autoridades do país, que consideraram a eleição segura.

> Maia consulta partidos à esquerda para decidir entre Baleia e Aguinaldo
> Senador relator da PEC do Fundeb cobra que Senado altere texto da Câmara

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!