Jair Bolsonaro comemora após Evo Morales denunciar golpe e renunciar

O presidente Jair Bolsonaro comemorou em sua conta do Twitter a renúncia do presidente da Bolívia, Evo Morales. O boliviano abdicou do cargo após uma série de ataques à casa de familiares, aliados e prédios públicos. O exército chegou a ameaçar o presidente, que teve sua eleição contestada pela  Organização dos Estados Americanos (OEA).

> Evo Morales renuncia à presidência da Bolívia após ameaças

Na publicação, o mandatário brasileiro disse que "denúncias de fraudes nas eleições culminaram na renúncia do Presidente Evo Morales", sem citar, no entanto, os atentados e as ameaças do exército boliviano.

O presidente do Brasil aproveitou para retomar uma antiga bandeira que fez parte de sua campanha: O retorno do voto impresso. "Lição que fica para nós é a necessidade, em nome da democracia e transparência, contagem de votos que possam ser auditados. O VOTO IMPRESSO é sinal de clareza para o Brasil!", publicou o presidente.

Duas horas após a primeira publicação, Jair Bolsonaro postou uma foto sua ao lado de sua esposa, Michelle Bolsonaro, com a legenda: "grande dia".

 

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!