Câmara transfere sessão para sexta após Maia testar positivo para covid-19

A Câmara dos Deputados adiou a sessão deliberativa desta quinta-feira (17) para sexta-feira (18), às 10h. O período de breves comunicados previsto para amanhã, às 9h, também foi cancelado e transferido para sexta no mesmo horário.

A assessoria da Casa disse que a razão do cancelamento é por não haver outro membro da Mesa à disposição em Brasília para conduzir a sessão. Mais cedo, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), testou positivo para a covid-19.

O parlamentar é mais um a ser diagnosticado com o vírus após comparecer à posse de Luiz Fux na presidência do Supremo Tribunal Federal (STF) na semana passada. Além do ministro Fux, testaram positivo para a covid-19 os ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Luís Felipe Salomão e Antônio Saldanha Palheiro, a presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST) Maria Cristina Peduzzi, e agora o presidente da Câmara.

Na pauta da semana, os deputados podem votar a MP que aumenta a remuneração de policiais militares, civis e bombeiros do Distrito Federal.

> Rodrigo Maia é diagnosticado com covid-19

> Câmara deve votar aumento de pontos para suspensão da CNH. Veja a pauta da semana

 

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!