Deputados cobram de candidatos a retomada de R$ 1,4 bilhão para a educação

A Comissão Externa do Congresso que acompanha o Ministério da Educação e a frente parlamentar que atua na defesa da área começaram a entregar uma carta de compromissos e a se reunir, nesta segunda-feira (18), com os candidatos à presidência da Câmara. Veja a íntegra da carta.

Entre outros pedidos, o grupo reivindica que os candidatos apoiem a retomada de R$ 1,4 bilhão que o orçamento da educação perdeu no fim de 2020 para acomodar a expansão de gastos com infraestrutura, para atender a indicações de uso de recursos públicos por deputados e senadores.

O primeiro candidato ouvido pela comissão foi Arthur Lira (PP-AL), que se reuniu por videoconferência com a deputada Tabata Amaral (PDT-SP), relatora da comissão externa.

A carta é dividida em cinco pilares prioritários: medidas educacionais de urgência, a fim de mitigar os efeitos da pandemia do novo coronavírus; governança e orçamento; educação profissional, científica e tecnológica; formação de professores e primeira infância.

>Solidariedade vai deixar bloco de Lira para apoiar Baleia Rossi

>Dissidentes do DEM e PSDB acompanham Arthur Lira em viagem de campanha

 

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!