Roberto Brito (PP-BA)

O que há contra o deputado no Supremo

Citado por Youssef como favorecido da cota do PP de R$ 30 mil a R$ 150 mil, o parlamentar responde ao Inquérito 3989. Foi absolvido da Ação Penal 512 por crimes eleitorais no dia 17 de novembro de 2015.

Mais sobre processos

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!