Justiça Eleitoral determina que Russomanno retire vídeo com ataque a Boulos

A Justiça Eleitoral de São Paulo determinou que o Facebook suspenda a veiculação de um vídeo da campanha do candidato a prefeito Celso Russomanno (Republicanos) contra o também candidato Guilherme Boulos (PSol). O vídeo acusa Boulos de ter cobrado aluguel de inquilinos de um prédio que desabou após um incêndio. A decisão foi publicada na noite desta sexta-feira (30). Ambos estão em disputa direta pela prefeitura da capital paulista.

Para o juiz eleitoral Renato de Abreu Perine, a publicação presente nas redes sociais do deputado federal continha "informação errônea", uma vez que o valor do aluguel do edifício Wilton Paes de Almeida citado no vídeo era cobrado por movimentos sociais diferentes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) do qual o candidato do Psol faz parte. O edifício no centro de São Paulo, que era ocupado por moradores de movimentos sociais, desabou após um incêndio em maio de 2018, matando sete pessoas.

"A informação, aparentemente, errônea, haja vista o teor das notícias jornalísticas que amplamente noticiaram o fato dando conta que o prédio que pegou fogo não tinha relação com o movimento organizado pelo representante, aliado ao perigo de dano irreparável ou de difícil reparação, permitem a concessão da medida de urgência", escreveu o juiz eleitoral em sua decisão. Com isso, o juiz determinou que o Facebook retirasse o vídeo de circulação contra Boulos – a mesma ordem não foi dada ao Whatsapp, pois não houve a circulação do vídeo por lá.

Boulos comemorou a decisão nas redes sociais.

Nas últimas pesquisas divulgadas esta semana, Guilherme Boulos aparece em franca ascensão, enquanto a Russomanno continua a perder terreno depois de já ter perdido a liderança para Bruno Covas (PSDB). Os dois candidatos aparecem como os mais prováveis para disputar um eventual segundo turno contra Covas, que busca a reeleição.

Na pesquisa Ibope mais recente, divulgada nesta sexta-feira, Russomanno – que tem apoio direto do presidente Jair Bolsonaro – tinha 20 % das intenções de voto (uma queda de 5% em relação à última pesquisa), enquanto Boulos aparecia em terceiro, com 13 %, um aumento de 3% em relação a última prévia.


> Ibope no Rio: Paes, 32%; Crivella, 14%; Martha, 14%; Benedita, 9%
> 90 mil mulheres negras disputam as eleições municipais, 23% a mais que em 2016

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!