Ibope: Russomano (26%) lidera em SP e é seguido por Covas (21%) e Boulos (8%)

Pesquisa Ibope divulgada pela TV Globo e pelo Estadão nesta sexta-feira (2) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto para a Prefeitura de São Paulo nas Eleições 2020.

Celso Russomanno (Republicanos) lidera com 26% e é seguido pelo atual prefeito da capital, Bruno Covas (PSDB), com 21%. Guilherme Boulos (PSOL) tem 8% das intenções de voto, logo à frente de  Márcio França (PSB) com 7% e Vera Lúcia (PSTU) com 2%.

Antonio Carlos Silva (PCO), Arthur do Val - Mamãe Falei (Patriota), Jilmar Tatto (PT), Joice Hasselmann (PSL), Levy Fidelix (PRTB), Marina Helou (Rede), Andrea Matarazzo (PSD) e Orlando Silva (PCdoB) têm 1% das intenções cada.

Votos brancos e nulos somam 20%. Não sabem ou não responderam são 8%. O candidato Filipe Sabará (Novo) teve menos de 1%.

De acordo com o Ibope, a margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos. Foram ouvidos 805 eleitores da cidade de São Paulo entre 30 de setembro e 1º de outubro.

Nesta quinta-feira, 11 candidatos participaram do primeiro debate promovido pela Rede Bandeirantes. De forma tímida, Celso Russomanno (Republicanos) e Bruno Covas (PSDB) disputaram as atenções do primeiro embate.

Os candidatos utilizaram o debate na TV menos para responder aos questionamentos e mais para impulsionar suas redes sociais. Marina Helou foi uma que não passou direto pela primeira pergunta do confronto e utilizou o espaço para direcionar os eleitores ao seu site.

"Você que esta em casa preocupado com São Paulo. Eu também estou e é por isso que precisamos sair da mesmice. De novas soluções para resolver nosso velhos problemas. Sou formada em administração pública, deputada estadual e adorei que a Band deu a você o poder de escolher essa pergunta, mas todos os 17 temas são muito importantes. Por isso gravei um vídeo contando minha ideia de como vou fazer diferente em cada um deles, inclusive em geração de trabalho e renda que estou postando agora em minhas redes sociais e em meu site. Corre lá para ver que sim, São Paulo tem opção", disse.

Depois dela Joice Hasselman e Mamãe Falei também lembraram de pedir aos eleitores que buscassem informações em suas redes oficiais. Já Guilherme Boulos também recorreu à internet, mas para pedir que os eleitores fossem checar uma informação que deu ao questionar Marcio França sobre política contra feminicídio.

> Círculo próximo de Maia vai do DEM ao PCdoB

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!