Congresso em Foco

Adriano Nóbrega foi morto em fevereiro. Estava foragido desde janeiro de 2019[fotografo]Polícia Civil[/fotografo]

Miliciano ligado a gabinete de Flávio Bolsonaro escapa de ação policial

02.02.2020 15:23 4

4 respostas para “Miliciano ligado a gabinete de Flávio Bolsonaro escapa de ação policial”

  1. Moacir Lago disse:

    fim de uma história, lixeira, esgoto. Tudo isso é o desgoverno miliciano Bolsoasno. Deve ter ficado feliz porque agora fica mais dificil solucionar. Claro que matariam esse sujeito, mesmo se ele se entregasse pacificamente, claro que ele precisava ser apagado.

  2. Gaetano Galtieri disse:

    Segundo os primeiros relatos, Adriano Magalhães da Nóbrega, perseguido pela polícia na Bahia, resistiu à prisão atirando contra os policiais civis, foi alvejado e, posteriormente, morreu devido aos ferimentos. Vai se juntar a Marielle e ao motorista Anderson Pedro Gomes. Lamentável, por vários motivos.

  3. Felix disse:

    O Rio de Janeiro está podre, de cima para baixo só tem corruptos e corrupção empregnados na sociedade. Onde se aperta sai um pus fétido, é nojento.

  4. Felix disse:

    Já olharam dentro do Planalto ou no Alvorada?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via