Congresso em Foco

Bolsonaro e humorista debocham de jornalistas e presidente não comenta PIB

04.03.2020 11:51 12

12 respostas para “Bolsonaro e humorista debocham de jornalistas e presidente não comenta PIB”

  1. Name disse:

    Mandou bem, Bolsonaro. Mandou muito bem. É este tratamento que a extrema imprensa merece.

  2. Zé Válter disse:

    O humor tem seu LUGAR e TEMPO apropriados e mesmo que o Seu Jair creia que a porta do Planalto seja o LUGAR, o TEMPO não é o apropriado.
    O TEMPO é o de responder a 12 milhões de desempregados que algo está sendo feito para tirá-los do LUGAR de desesperança em que se acham.

    • Name disse:

      Quando vejo gente empregada pegando atestado médico para justificar falta por ressaca, quando vejo desempregado recusando trabalho porque precisa trabalhar no sábado, e trabalhadores que não gostam de trabalhar, me questiono se o desemprego é realmente culpa do governo.

      • Zé Válter disse:

        Somente nos dois primeiros meses do ano, 40 bilhões estrangeiros fugiram da bolsa.
        Dinheiro que financia o investimento das empresas, empresas que mantém a mão de obra empregada, mão de obra cujos salários mantém a economia, economia aquecida que demanda por mais mais de obra…
        O que você deveria fazer é ir além desse seu pensamento simplório e simplista e se questionar se você tivesse dinheiro você investiria num país que tem o Bolsonaro como presidente?! Ou melhor perguntando: se você fosse um dono de empresa contrataria o Bolsonaro para administrá-la?

        • Name disse:

          “investiria num país que tem o Bolsonaro como presidente?”. Eu? Com certeza sim. Se eu contrataria o Bolsonaro para administrá-la? Por que não? Ele até agora não fez nada que pudesse ser rotulado de mau administrador. Quanto ao “simplório” e “simplista”, eu só digo que não torno complexo o que é simples. Nada de mais. Tornar complexo aquilo que é simples é uma maneira de não resolver o problema e postergar a sua resolução. Se bem que aqueles que fazem complexo o que é simples, o fazem justamente para que o problema não seja resolvido, pois têm muito a ganhar com ele. Não acha?

          • Zé Válter disse:

            De tudo que você falou, três coisas definitivamente ficam claras e delas se pode concluir:
            1a: Você não tem dinheiro para aplicar;
            2a: Você não é empresário e não entende picas de administração de empresas;
            3a: O seu simplório e o seu simplista, nada mais são que frases de efeitos sem qualquer efeito prático.

          • Name disse:

            Acertou na primeira. Não tenho dinheiro para aplicar. Quase acertou na segunda. Já fui gerente comercial de um empresa de auto peças (que graças ao Lulla, em 2008, o dono teve de fechar as portas), portanto posso dizer que entendo um pouco de administração. E finalizou errando miseravelmente. O senhor apenas expôs uma opinião própria, baseada apenas em sua visão de mundo. Frases de efeito é coisa de gente… como é mesmo que denominam hoje? Ah. “Lacradores”. Se é que me entende.

          • Zé Válter disse:

            Acertei a primeira. Quase acertei a segunda.
            Errei miseravelmente a última.
            O que seria isso, senão sua própria opinião, baseada apenas em sua visão de mundo!!!!!

          • Name disse:

            Sim. É uma questão de observação da realidade.

  3. Hideraldo Hito disse:

    Chorem PeTralhas. A teta secou.
    ACABOU. PT nunca mais.

  4. Comunista disse:

    Humor sempre foi arma para se debochar dos poderosos que se acham inatacáveis, humor para debochar dos mais fracos, dos oprimidos sociais e do lado dos poderosos não é humor.

  5. Felix disse:

    O palhaço do Planalto tentando ser engraçado. Nem para isso tem talento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via