Lei sancionada por Bolsonaro restringe indenização de aéreas a passageiros

arthur oliveira maiacovid-19defesa do consumidordireito do consumidorFnacindenizaçãoJair BolsonaroMinistério da InfraestruturaMP 925pandemiasetor aéreoSTJ
Comentários (0)
Comentar