Exclusivo: menos de 20% dos parlamentares passam no teste de transparência

Câmaradeputados transparentesRadar do CongressoSenadosenadores transparentestransparência
Comentários (3)
Comentar
  • RômuloJ. Vieira

    Eita articulistas esquisitos!…Estavam até a semana passada babando ovos para os congressistas e agora apresentam uma verdade dessas…Na realidade 90% dos congressistas não valem um centavo do que recebem do povo!…Se fosse na democracia grega, a que deu origem a esse sistema de governo a 2500 anos, esses congressistas teriam que provar que estão aptos a exercer o cargo, senão não assumiriam. Se por aqui fosse assim 90% dessa caterva aí estaria fora!

  • Edison Sampaio

    Serem reprovados no “teste de transparência” até que ainda seria aceitável, se fossem aprovados no “teste de honestidade e moralidade pública”. Possivelmente, o pequeníssimo percentual que fosse aprovado ainda o seriam com ressalvas. Mesmo assim, ainda seriam taxados de omissos, sem espírito público e ineficientes. Ou seja, estamos num mato sem cachorros!
    Pensei, pensei e concluí que a saída para o drama político que vivemos se chama ROTATIVIDADE.
    O eleitor deveria, a partir do próximo pleito, votar em candidatos que absolutamente nunca exerceram cargos públicos eletivo. Precisamos de renovar os quadros, mostrar para esses feladaputistas juramentados que somos nós que os colocamos como nossos representantes políticos e que, se não desempenharem suas funções conforme se espera, nós cassaremos seus mandatos. Contudo, é claro, precisamos fiscalizar, acompanhar, cobrar. Do contrário, nunca sairemos dessa enrascada e só colheremos migalhas!

  • Valdir

    E esse blog menos ainda!
    Na matéria “Carlos Sydrião, chefe do Centro de Inteligência do Exército, morre de covid-19”, a repoter foi tão covarde e sem caráter, que colocou esse título por sensacionalismo, pois no texto ela escreve: “Em nota, a Secretaria-Geral do Exército lamentou a morte do general, mas não confirmou a informação dada pelo portal G1 de que a causa da morte foi covid-19.”
    Ou seja, ela não tem a confirmação, mas mesmo assim afirma. Mesmo que venha a se confirmar, é anti-ético afirmar nesse momento. E mais. Foi tão covarde que até esse momento, 20:59h, não liberou para comentários.