Ponte que homenageava estudante desaparecido na ditadura militar volta a dar nome a marechal

AI-5anos de chumboAto Institucional nº 5Bia KicisBolsonaroCláudia CastroCosta e Silvaditaduraditadura militarhonestino guimarãesJair BolsonaroPonte Costa e SilvaPonte Honestino Guimarãesricardo vale
Comentários (60)
Comentar
  • ALMANAKUT BRASIL

    E que o DORIA faça o prefeito de SP consertar as MERDAS que fizeram no Minhocão!

    A Organização Criminosa PT deu nome de assassino covarde da DITADURA Cubana a hospital e a Justiça nada fez!

    Que agora venha a Comissão da “Verdadeira” Verdade para reverter a história e apagar de vez a PEÇONHA no Brasil!

    E em 2019 haverá muitos blocos de carnaval fardados e camuflados!

  • Jeferson Matos

    Pra começo de conversa : ruas e pontes não deveriam ter nomes de pessoas. Poderiam ser números. Aí não teria essa viadagem,

    • Edison Sampaio

      Viadagem? Taí, a viadagem adoraria uma “Ponte 24” !

  • MengaoMeuFregues

    Pior que isso é perceber que amebas defendem a ditadura…mas isso apena até a página 2…quando alguem proximo ou até o proprio forem as vitimas ai tudo muda….

    • Fábio

      Exato! Lamentável a esquerda passar pano para o psicopata Maduro. Por isso ninguém comprou esses malandros se vendendo como democráticos.

  • Fabio

    BraZil com Z, só nesse Brazil mesmo temos todos os dias uma piada nova e nessa ai a piada tem até foto

  • Carlos Melo

    Nem vou perder muito tempo com esse blah blah blah…
    O Brasil acordou e esses arruaceiros, baderneiros, alienados, massas de manobras terão que se remoer de raiva.
    São tão imbecis que são fascistas e nem sabem!!! kkkkkkk
    Nem sonham que, quem defende o socialismo/comunismo, defende para outros, pois os cabeças pensantes da esquerda adoram um capitalismo.

    Chupem!!!
    Bolsonaro é o seu Presidente!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    • Uirajan

      Desculpe não comprei o Bolsonaro, logo ele não é meu.

      • Carlos Melo

        O Senhor parece ser um homem culto, então com toda certeza entendestes minha colocação.

  • Fernando Pimentel Bernardes

    Muito bem, agora tem o Elevado Costa e Silva em São Paulo, que também precisa voltar a ter seu nome retificado… Vamos ver quem terá coragem!

  • Marcello Bravo

    É tão bom ver uma deputada perdendo tempo com banalidades em um país com problemas sérios de corrupção e infra-estrutura. E para isso a que veio? Pois vou contrariar a todos e chamar essa ponte de Ponte da Falta do que Fazer, ou Ponte do Voto jogado Fora.

    • Edison Sampaio

      kekeke!!! Boa parte dos parlamentares só se preocupam com futilidades: nomes de ruas, nomes de pontes, nomes de escolas… essas coisas.

  • klaus prodgraf

    Sempre terá sido projetada por um comunista, de mãos limpas.

    • Heitor São Jorge

      Ia escrever isso. Por que a fascistada não propõe a demolição da ponte? É ruim, heim?

  • ALMANAKUT BRASIL

    Bela “ditadurinha” que não fuzilou seus opositores PEÇONHENTOS no paredão, como fizeram as DITADURAS comunistas e deu no que deu!

    Para muitos jornalistas frangos, o Regime Militar, o brando, devia ter permitido que seus pais fumassem maconha na USP e suas mães andassem peladas na PUC!

    • Cristiano Neto

      Não precisavam de parede, era só levar para o DOPS e depois sumir com os corpos. Censura e vigia aos opositores. Realmente, foi uma bela “ditadurinha”.

      • Fábio

        Cristiano, concordamos que nosso papel deve ser o de condenar qualquer regime ditatorial.
        Agora, também é verdade que a ditadura cubana, que dura até hoje, foi muito mais mortífera e cruel.

        • Cristiano Neto

          Cara, para mim ditadura é ditadura. Sou de esquerda, mas isso não me faz defender o regime cubano ou stalinista. Rejeito qualquer golpe de estado. Não gosto do Bolsonaro, mas ele foi eleito democraticamente e só tenho que torcer para que faça um governo decente, mesmo não acreditando nisso.

      • ALMANAKUT BRASIL

        Nossa, sumiram com tantos corpos que depois do golpe do palanque das Diretas Já só apareceram “pessoas boas” para saquear e parasitar nos cofres públicos!.

        MATARAM POUCO no REGIME MILITAR, o brando, e deu no que deu!

        É só ver como a imprensa está infestada de PEÇONHENTOS daquela época e da herança maldita que ela deixou!

        • Cristiano Neto

          “Golpe dos palanques da Diretas Já”, “Mataram pouco no regime militar”. Falar o que diante destas frases não e? Triste, e lamentável que você pense assim. E por isso que eu não me queixo da situação do país. Nós merecemos o que temos. Desvalorizamos instituições democráticas e enaltecendo um regime ditatorial. 1984, Admirável mundo novo e Fahrenheit 451 não são mais distopias, são a realidade para algumas pessoas deste país. Só tenho a lamentar.

        • ALMANAKUT BRASIL

          Dito Cujo, teu IP mostra que a tua capivara é um lamaçal!

          Abra o olho.

  • Marcos Aurelio

    Cabe à população do DF fazer justiça, É SÓ CONTINUAR SE REFERINDO À ESSA PONTE COMO HONESTINO GUIMARÃES,NUNCA PRONUNCIE ESSE NOME DA DITADURA.

  • Renan Spolon

    Muito bom, normalidade voltando ao Brasil.

    • Uirajan

      Normalidade,traduzindo para o tupiniquim…falta de vergonha na cara

      • Renan Spolon

        Em que lugar estava à “vergonha na cara” quando trocaram o nome de forma ilegal? Indo contra a constituição vigente?

        • Uirajan

          No mesmo lugar onde USTRA e seus capangas torturavam aqueles os quais chamava de “terroristas” contrariando não só a constituição de um país sério,como também os direitos básicos de expressão de liberdade.

          • Uirajan

            A ditadura estava na Lei,a escravatura estava na Lei, o
            Apartheid estava na lei. Não use a Lei como argumento para camuflar a falta de caráter dos homens!!!

          • Renan Spolon

            Então posso presumir que você não gosta de seguir as leis?
            E um erro não justifica outro. Embora grande parte era sim composta por terrorista, todavia o correto seria prisão perpétua por crime de terrorismo.

          • Uirajan

            Sua presunções não sentido algum meu caro…Seguir leis que trazem devaneios e insegurança,não deixa de ser uma tolice.Gosto de seguir leis,desde que elas não se encaixem nos parametros citados…

  • Fábio Almeida Segura

    Agora ta na hora de voltarem a chamar o Minhocão de elevado Costa e Silva de novo, por que o ex prefeito do PT, eleito como o pior prefeito da história da cidade mudou para elevado João Goulart, piada né

    • Edison Sampaio

      E piada de mau gosto!

  • Tom Dias

    E pra isso pagamos í postos, pra deputada passar meses lutando por um nome em ponte, e ainda comemora. Grande feito, agora vai trabalhar por causas de verdade que não é nome de ponte que seus eleitores te botaram ai.

    • Fábio

      Ela foi eleita agora. Entrou com a ação antes disso, na condição de cidadã.

    • Thiago

      Falou pouco, mas falou merda hein amigo. Ela foi eleita agora e assumirá em 2019, e sou eleitor dela com orgulho.

    • Fabio

      Esse BraZIl com Z que esse povão defende é foda viu hahahaha, 500 anos de Zês.

  • Nathan Nomolas

    é o fim da liberdade de expressão

    • Fábio

      Quem está impedindo que diga suas asneiras?

      • Nathan Nomolas

        já está acontecendo

  • Fábio

    Precisamos ter uma visão equilibrada sobre esse período histórico. Houve sim ditadura, mais branda que a esquerdista do Estado Novo de Vargas, mas houve. De outro lado, guerrilheiros não eram heróis da democracia coisa alguma, queriam substituir uma ditadura por outra, aos moldes cubanos. Não sei qual a história desse estudante, falo em termos gerais.

    • Cristiano Neto

      Getúlio Vargas esquerdista? Então Luís Carlos Prestes que tentou derruba-lo era o que? De direita? E outra, com que força esses “guerrilheiros” iriam aplicar um golpe? Não tinham armas, não tinham apoio popular, nem do partido comunista, e o principal, não tinham apoio do exército. Que golpe fantasma era esse?

      • Fábio

        Getúlio Vargas foi o pai do trabalhismo. Como não era de esquerda? O Prestes tinha o próprio projeto de poder e foi muito mais radical do que o Vargas, por isso se opôs a ele.
        Realmente esses guerrilheiros nunca tiveram poder suficiente para colocar o Estado em risco e implantar aqui uma ditadura aos moldes de Cuba ou mesmo maoísta (a depender da orientação ideológica do grupo). Mas isto não os qualifica como democratas como quer a esquerda, de forma alguma. Agora, apoio do partido comunista tinham sim. Muitos foram treinados no exterior, inclusive.

        • Cristiano Neto

          Populismo não e projeto exclusivo de ideologia de esquerda, se você for de Brasília, deve conhecer, Joaquim Roriz, vai me dizer que ele e de esquerda tambem? O PCB não apoiou os guerrilheiros, mas isto não impediu que uma ala mais radical não o fizesse. E lógico que eles não eram democratas, mas quando o país entra em estado de sítio, os mais revoltosos sempre buscam uma via mais agressiva, não exclusividade de comunistas ou do Brasil. Acontece em qualquer parte do mundo, basta verificar o que houve na Turquia recentemente.

    • isilda

      As pessoas teimam em falar bobagens sem conhecer a história, são como bozo ,falam e falam e não sabem do que está falando!

      • Fábio

        Ilumine-nos com sua sabedoria então.

        • ezequiel-sp

          Deve ser u história que segue somente a lógica esquerdista. Enfim, vamos esperar ela contar

  • Valdir

    Enfim uma matéria que me ajudará a mover uma ação popular para voltar o mesmo nome em uma ponte em minha cidade, que foi modificada sem seguir o que estipula a lei.

  • Ernesto Freire Pichler

    Homenagear facínoras da ditadura, que ordenaram assassinatos, torturas, prisões políticas, perseguições, censura e terrorismo, deveria ser terminantemente proibido.

    • ezequiel-sp

      Assim como deveriam terminar as “bolsas ditaduras” pra quem ou que fizeram parte de grupos terroristas da época, Ninguem lutou por democracia…

      • Ernesto Freire Pichler

        Terroristas foram os milicos que colocaram bombas na OAB e no Riocentro. Os que lutaram contra a ditadura lutaram contra uma ditadura, portanto pela democracia. Se tinham outros projetos, de socialismo, de ditadura do proletariado (que é uma democracia), de comunismo, isso é secundário. O que você chama de “bolsa ditadura” são indenizações merecidas aos que lutaram e se sacrificaram.

        • Jefferson

          E qual a desculpa pra terem sido presos de novo na operação lava jato?

        • Fernando

          Chamar ‘ditadura do proletariado’ (onde foi implantando SEMPRE se voltou contra o proletariado e demais) de democracia é um contorcionismo linguístico astronômico. É pra acabar!!!

          Se os revolucionários tupiniquins não tivessem praticado com inspiração no modelo ‘democrático’ cubano/castrista de conquista do Poder (leia-se GOLPE mesmo), ações terroristas a partir do Atentado do Aeroporto de Guararapes, em 66 e em Recife/PE, a fim de assassinar o presidente Costa e Silva e sua comissão, bem provável que não teríamos o AI-5 somente dois anos depois e que o regime militar teria durado menos.

          • ezequiel-sp

            Vamos fazer uma conta de padeiro aqui: Em 1959 Fulgêncio “tomou” o poder em Cuba decretando a ela uma “democracia” sem fim. Com medo que aqui acontecesse o mesmo deu no que deu..Pra toda ação existe uma reação..Lógico que teve gente inocente ai no meio que entrou de gaiato..

        • Fábio

          Ditadura do proletariado é democracia? Então na sua cabeça só existe ditadura de direita? Patético.

          • Ernesto Freire Pichler

            Fábio, o conceito de ditadura do proletariado só se aplica em oposição ao de ditadura da burguesia. É claro que o número de trabalhadores é muito maior que o dos patrões, portanto é uma ditadura democrática, da maioria.

          • Fábio

            Primeiro, depois de todos os regimes totalitários do século XX, nem deveríamos mais discutir a cantilena marxista, para lá de ultrapassada e equivocada.
            Mas ditadura do proletariado é ditadura como qualquer outra. Se não existem certas liberdades fundamentais, então o regime é ditatorial, ainda que agrade suas preferências ideológicas. Na prática, as ditaduras do proletariado são como quaisquer outras: um grupo toma o poder a força ou clandestinamente por meio das instituições democráticas (como se deu na Venezuela e na Nicarágua), a pretexto da defesa de um bem maior, e suprime liberdades.

          • Bento Sartori de Camargo

            Desista Fábio, o cara é “Marxista Leninista”, observe a foto. Tipos assim são renitentes até a morte, se recusam a ver as verdades.

        • Bento Sartori de Camargo

          Realmente os militares foram terríveis naquela época, se não vejamos: o Brasil estava na 47ª posição na economia mundial e os incompetentes militares trouxeram para a 8ª posição mundial, simplesmente acabaram com a mão de obra instalando Indústria naval, de helicópteros, de aviões, construindo Itaipú, dominando a tecnologia nuclear, construindo usinas atômicas, dando início na Transamazônica que simplesmente parou ao cair na mão dos Gestores Públicos civis, todos tinham ensino na Educação Pública, na Saúde Pública e principalmente na Segurança Pública, havia controle sim de determinados assuntos que eram e continuam sendo impróprios para determinadas faixas etárias e combatiam somente vagabundos e aprendizes de comunistas que estavam se organizando para implantar um regime comunista igual a Cuba, inclusive muitos ativistas aprendizes de comunistas faziam cursos de guerrilhas na democrática Cuba, né Dilma?. Jamais incomodavam pessoas de bem!.

          • Ernesto Freire Pichler

            Numa democracia, com Juscelino, por exemplo, como presidente (que foi impedido pelos milicos), teria havido muito mais desenvolvimento sem assassinatos políticos, torturas, perseguições, censura, terrorismo com bombas, enfim, todas essas obras da pior orcrim que já governou este país.

        • Edison Sampaio

          Sabe nada, inocente!

    • Fábio

      Certo, mas de igual forma devem ser rechaçados os guerrilheiros da época, que não lutavam por democracia coisa alguma. Verdadeiros defensores da liberdade criticam os dois lados.