Congresso em Foco

[fotografo] Agência Força Aérea [/fotografo]

Forças Armadas licitaram compra de mais de mil toneladas de filé mignon em 2020

e

18.03.2021 11:23 122

122 respostas para “Forças Armadas licitaram compra de mais de mil toneladas de filé mignon em 2020”

  1. Ernesto Freire Pichler disse:

    São parasitas caros e perigosos para a democracia.

  2. cavaleiro12 . disse:

    Sim! Licitar não é comprar…. Isso deve ser levado em conta porém para que licitar filé mignon num ano tão ruim de verbas???

  3. Joe Silva disse:

    E os senhores queriam que os nossos bravos soldados comessem o que? Feijão com arroz e farofa? PeloamordeDeus!!!!!

  4. Esse povo precisa é de um “regime militar”! Estão todos gordos. Não tem guerra, não tem que fcar no “fronte”…ficam todos no quartel enchendo a pança do bom e do melhor, enquanto o povo come pé de galinha. Por ticket alimentação de 9,00! Quero ver comer picanha, tomar cerveja e leite condensado com esse valor!

  5. Ernesto Freire Pichler disse:

    Esses parasitas saem caro.

  6. Anderson Goncalves disse:

    Com pudim de leite condensado de sobremesa.

  7. Justino Valentim disse:

    Melhor esperar…para ver os dados…da última vez do leite condensado não era bem do jeito que foi divulgado.

    Mas depois que matéria é lançada…palavras lançada não volta mais

  8. Edison Sampaio disse:

    Acho tão ruim ler coisas que depõem contra nossas Forças Armadas que costumo resistir a ler tudo. Isso porque tenho as nossas Forças Armadas em conta bem elevada. Todavia, vê-se que há um certo abuso na “qualidade dos mantimentos”, muito além do que sonha os cidadãos que estão aqui na base, como eu, por exemplo. Estarão nossas gloriosas Forças Armadas contaminadas… Contaminadas nem sei pelo quê, mas por coisa boa é que não é. Nem compreendo como isso pode estar acontecendo, mas o sofrido Povo Brasileiro não pode continuar pagando excessos para a cúpula do funcionalismo dos 3 Poderes. Não aos potes de Nutella, lombos de bacalhau, filé minhon, picanhas, vinhos e cervejas. O que que é isso?

    • Felix disse:

      As Forças Armadas deveriam ver-se como cidadãos fardados e não como uma casta separada ou isolada na sociedade. Eles não são nem menos, nem mais que os outros cidadãos, nem menos, ou mais capazes, nem menos ou mais patriotas. Às vezes me lembram um clubinho de escoteiros imaturos.

  9. Luiz Antonio Muniz disse:

    As forças armadas foram muito importantes até meados do século XX. A última guerra do Brasil, foi contra o Paraguai no século XIX. De lá para cá, os militares não sabem o que é trabalhar, é só marchar de lá para cá e bater continência uns para os outros. As mordomias não sáo só na alimentação. Tem os hospitais exclusivos, as praias exclusivas, os hoteis exclusivos etc…São parasitas sustentados pelo povo trabalhador que paga estas mordomias e não vê retorno. As fronteiras não são vigiadas, por lá entram as drogas e as armas. A “Amazônia Azul” também não é vigiada, petroleiro pode despejar sua carga em nosso litoral que a marinha não descobre sequer o nome do navio. A Aeronáutica por sua vez, só serve para levar políticos para seus estados e cocaína para a Europa. Está na hora do Brasil aplicar os bilhões gastos com as forças armadas em SAÚDE, EDUCAÇÃO, SANEAMENTO e, principalmente VACINAS.

  10. Churrumino disse:

    Muito trabalhoso pintar meio fio e tronco de árvore, nada mais justo que um churrasquinho caprichado.

  11. Joao Rode disse:

    A comida servida no rancho dos militares deveria ser igual à merenda servida nas escolas para as crianças e jovens, futuro do Brasil.

  12. André disse:

    Um bando de desgraçados! É isso mesmo! DESGRAÇADOS!

  13. Richard Carrieri disse:

    Eu me confundi com as quantidades. Se eu estiver errado, é muita coisa.
    Enfim, certeza que não são os praças que estão comendo isso ai.

  14. Felix A Macedo disse:

    Israel, que vive sendo atacado há décadas tem uma Força de Defesa de 170 mil homens. O Brasil, cuja última guerra em que participou terminou nos anos 40 do século passado, tem 334 mil homens. Dá pra reduzir uns 40% e privatizar outros 40%, deixando o restante na carreira atual. Os recursos economizados iriam para as polícias. A prioridade atual são as polícias.

    • David disse:

      Amigo, essa comparação é estranha. Israel é um país minúsculo, um pouco maior que Sergipe e menor que Alagoas e quase 400 vezes menor que o Brasil. Pra você ter uma ideia, a cidade de Tel Aviv você consegue cruzar do mar até a Cisjordânia palestina passando pelo aeroporto Ben Gurion na mesma distância do aeroporto de Guarulhos até o Ibirapuera. Não estou defendendo as FA nesse episódio da alimentação, muito menos o presidente (me recuso a falar o nome daquele genocida), mas vamos dar a César o que é de César. Não é comparando com as FA de Israel que a gente vai chegar a alguma conclusão construtiva. Abraços e paz!

      • Felix A Macedo disse:

        Vou comparar sim! Israel vive em guerra há décadas contra seus vizinhos árabes e o Brasil não participa de uma guerra desde a metade do século passado e não há perspectiva alguma de que venha ter guerra com seus vizinhos. Qual a justificativa para o tamanho do contingente atual das FA’s brasileiras?

  15. Adriano Souza disse:

    Vcs estao perdendo tempo com essa discursao. Ser licitado nao é ser comprado. Aqui só chega frango e olhe la… Ms quando a policia do seu estado entrar de greve nao chame os militares, quando for pra fazer a pacificacao de morros e favelas nao chamem as forças armadas nao, quando houver desastres naturais como de brumadinho e nova friburgo nao chamem os militares nao. Torço pra que façam um catalogacao dos voluntarios aqui e convoquem como decreto de guerra, ai quero ver nao ir… Se negar pode ser pena de morte! Deixem esses jornalistas querem aparecer, é só ir no qualtel na hora do almoço q vcs irao voltar pra casa e comer a comidinha de vcs… Tenho certeza q file mignon nao vao encontrar…. 90% de chance de achar frango do mais barato!

  16. Allan Chryst disse:

    Só pra fazer uma conta de padaria, se dividir 1200 t de carne por 47.900.000,00 sai por 39,91 o quilo. dividindo o total de 1200 toneladas pelos 300 mil militares ficaria 4 quilos para cada militar por ano (300 gramas de carne por mês). Tendo em vista que a compra é para UM ANO, não vejo nada de anormal. Vejo como imoral (mas bastante normal) um veiculo como o Uol fazer uma manchete como esta.

  17. Leonardo Costa disse:

    O miliciano e o gado disseram que a mamata acabou. kkkk

  18. Paulo disse:

    Acredito que deveriam ter comprado carnes menos nobres… MAS.. VEJAMOS: Em File mignon…
    47 milhões de reais dividido por 1,2 milhões de kilos, dá 39.00 o kg (Barato) aqui na minha cidade custa 70,00 . OUTRA…. 1,2 milhões de kilos de mignon dividido por 200 mil pessoas que compõe o efetivo das forças armada dá 6 kg por ano por pessoa, 500 gramas por mês por pessoa. ENTÃO essa reportagem é uma perda de tempo.

    • denunciando disse:

      Jura que isto é para o soldado comer?

    • Allan Chryst disse:

      O triste é que a torcida quer criticar sem ao menos fazer esse tipo de conta. independente de posição politica, as pessoas deveriam (no mínimo) ter noção do que estão comentando. Parabéns pela explicação. tentei explicar mas já me criticaram sem ao menos tentar entender o que eu estava explicando.

      • Anderson R Monzani disse:

        Agora imagina então quanto saíria se fosse um patinho, coxão mole.. menos de 20 reais o kilo. Então não passa pano não filhão.

  19. denunciando disse:

    Não é por falta de comida que eles são tão ruins. Tão pouco patriotas.

  20. carlos santos disse:

    É veio, os milicos se cuidam. Picanha, filé-mignon, bacalhau, salmão e tudo isso regado a muita cerveja Heineken e Whisky 12 anos.

  21. O contingente das forças armadas, para quem não sabe, também come.
    E a refeição é preparada pelo próprio contingente de cozinheiros do Exército ou das outras. É de senso comum que isso é mais econômico além dos salários irrisórios do pessoal sem patente. Acho um absurdo o comentário sem um mínimo de raciocínio só a repetição absurda da mídia que crítica tudo que pode do governo atual, que gastava imensamente mais para custear o mesmo pessoal. Sem contar os 100 bilhões gastos com o supremo que na hora de defender a população sabemos bem o que acontece!!!

    • Alex disse:

      VOCE É MAIS UM INGẼNUO, HÁ DIFERENCIAÇÃO NA ALIMENTAÇÃO DE SOLDADOS E CABOS, SARGENTOS E OFICIAIS, DEVERIAM TODOS COMER A MESMA COISA, ADVINHA QUEM CONSOME OS LUXOS?

  22. Antônio Candeia Filho disse:

    Curioso, a Alemanha e o Japão, não possuem Forças Armadas, desde a Segunda Guerra Mundial, há mais de 60 anos. Parece-me, que não fazem a mínima falta, considerando-se as economias, o PIB e o IDH dessas duas nações.

    • Mas lá a população se une quando há necessidade, aqui é cada um por si, então somos obrigados a custear

    • Felix A Macedo disse:

      Eu acho que se poderia reduzir esse efetivo em 30% e privatizar outros 50%. Só o restante do efetivo seria nos moldes atuais. Privatizar diversos serviços das FA’s sairia muito mais barato para nós contribuintes que pagamos a conta.

    • Jorge Teixeira Carneiro disse:

      Congresso e $TF fazem a mesma falta.
      É só come e dorme e com as maiores remunerações do país e cada um com dezenas de assessores.

      • Ernesto Freire Pichler disse:

        Só os fascistas repudiam a democracia. É verdade que esse Congresso não representa exatamente a democracia, pois são eleitos, em grande maioria, pelo poder econômico. Mas, em tese, são representantes.

        • Jorge Teixeira Carneiro disse:

          Os ministros do $TF são os representantes perante a justiça máxima dos partidos e políticos que os nomearam.
          Basta ver como se comportam perante o assunto que os envolve os seus indicadores.
          Já o Congre$$o é uma assembleia de grupos de lobistas, com cada grupo representando o interesse do setor que bancou a sua eleição.

  23. Rondineli Cutrin disse:

    Realmente este pais é uma vergonha!! Bancar esta mamata ou maminha como queiram e até salmão, só aqui mesmo neste pais sem vergonha, mal podemos comer carne de segunda e temos que bancar esse luxo pra essa cambada, também esse pais sem comando nas mãos de um incompetente não tem economia, saúde, educação NADA.. mais um tapa na cara da sociedade.

  24. Gilson Soares disse:

    Muito cuidado com as críticas, vê o que vai escrever, senão a PF pode bater na sua porta. A tropa tem que estar bem alimentada, já o povo come ovo que é rico em proteína né. KKK.

  25. Guina Pan disse:

    10 anos atrás recebiam 12 a 14 reias por militar, hoje recebem 9,00. Quando será que teve mais gasto?

  26. Jack of Blades disse:

    Exército brasileiro tem três funções: dar golpe, lamber o saco dos EUA e para os seus oficiais viverem na mamata comendo bacalhau e filet mignon enquanto o povo passa fome

  27. Valdir Zawadniak disse:

    Estão se igualando com o STF, assim como todos os políticos, ministros, desembargadores, e outros, kkkkkkk, esse é o Brasil que os brasileiros escolheram, o Brasil é excelente o que não presta somos nós o povo, que deixam estes políticos só com mordomias, e só beneficiam com leis para eles mesmos, esse é nosso Brasil sendo e continuando uma piada.

  28. Rubens gonçalves disse:

    estava em um onibus do transporte coletivo de curitiba e ouvi do motorista que o brasil precisaria de uma intervenção militar. disse lhe que nao havia necessidade pois ja estamos em um regime militar as escondidas e lhe avisei que ele estava cometendo um crime previsto em lei e no codigo penal. calou a boca e hoje morreu o major olimpio senador do psl de sp de complicação de covid. foi o 287.000 obitos. e essa noticia que a ffaa esta fazendo licitação para suprir o rancho dos oficiais. mas a mamata nao acabou. acho que começou a maminha. ou alcatra ou o file mignon. que vergonha desse pais. os miseraveis vao ganhar 150 reais de auxilio e nem 1 kg de musculo poderao. comprar.

  29. Renard Lacroix disse:

    Só pode ser notícia falsa plantada para macular a imagem de idoneidade das Forças Armadas brasileiras, idolatradas por boa parte da população brasileira, incorruptíveis na visão da mesma. O povo também reclama demais: se filé mignon está caro que coma lagosta, se o pão francês está caro que coma brioche, se gasolina está cara que compre carro elétrico e, se o transporte público está super lotado que compre helicópteros. Povo que não investe – nem tem interesse – em Educação, a qual é a base socio-econômica do país tem mais é que se ferrar em verde,amarelo, azul e branco. População passiva e ignara que aguenta tudo desde 1500. Mas nada isso importa porque ano que vem tem Copa do Mundo e “A Copa do Mundo é nossa…Salve a seleção…” , e ainda temos Anita, a maior cantora de todo o mundo, BBB 21, A Fazenda e as gostosas do carnaval. Força Bra…sil…sil…sil…

  30. Jose Carlos disse:

    Vamos lá. O Brasil, apesar de possuir uma força de defesa considerada pequena, tem 335,000 integrantes. As mil toneladas de filet mignon demonstram que cada integrante das forças armadas comeu pouco mais de 4 kilos no ano !!!! Isso é muito?

  31. Maria Aparecida disse:

    Desde a época do Império as FAs sugam a nação brasileira.

  32. Fábio disse:

    Não podia ser patinho e sardinha?

  33. Fabio Martins disse:

    “a mamata vai acabar!” – disse o mito.
    Claro, ele mentiu.
    A mamata apenas começou…

  34. Tim Tim disse:

    Eu pergunto: Precisamos de Forças Armadas?

    • Jorge Teixeira Carneiro disse:

      Claro que não.
      Não precisamos de nada.

      • Valdir disse:

        A menos que a pimenta arda no cμ dele. Enquanto arder só no dos outros, ele continuará achando que é refresco.

        • Jorge Teixeira Carneiro disse:

          Na próxima seca, inundação, calamidade pública a gente chama a Liga da Justiça e envia.
          Junto com o Chanceler nomeado pelo UOL.

          • Valdir disse:

            Boa!
            APOIADO.

          • Acredito que pela falta de conhecimento em gestão e em compras, pelo montante adquirido qualquer tipo do produto teria um ótimo preço, se eu quero um bom retorno de trabalho e produção, prefiro tratar melhor aqueles que prestam o trabalho, na minha casa é assim, e tenha certeza que eu nunca trabalharia para você

          • Felix disse:

            Acredito que teriam que encarar a realidade do país e tentar cortar despesas de todas as maneiras.

          • neo tarantini disse:

            pelo visto não trabalha.

          • Valdir disse:

            ?????
            Que bom! Quando eu tinha minhas empresas, certamente você não seria aprovado na seleção!

          • Jorge Teixeira Carneiro disse:

            Vc tem algum site com a evolução anual do gasto do governo com as forças armadas e com os demais órgãos de administração?
            Porque essa calhordada de esquerda coloca isso como se estes gastos tivessem começado em 2019

          • Valdir disse:

            Não tenho em mãos. Teria que consultar o SICAF.

          • Valdir disse:

            Não tenho em mãos.
            Copiei uma licitação (15/2018), só do Comando Militar do Sul. Por ela vê-se que sempre houve essas compras. Veja que só em 1 licitação, de apenas 1 Comando, foram adquiridos 90.000 Kg de Picanha, entre outras carnes nobres. Espero que a formatação sai corretamente.


            MINISTÉRIO DA DEFESA

            Comando do Exército

            Comando Militar do Sul

            5ª Região Militar

            Código da UASG: 160219

            Pregão Eletrônico Nº 15/2018
            Objeto: Objeto: Pregão Eletrônico – Eventual aquisição de gêneros de alimentação para o fornecimento ao Exército Brasileiro, o qual é baseado no Catálogo de Especificação de Artigos de Subsistência (CEAS), aprovado pela Portaria nº 40, do Comando Logístico, de 10 de abril de 2017, conforme condições, quantidades e exigências estabelecidas no Termo de Referência.
            Edital a partir de: 18/09/2018 das 10:30 às 12:00 Hs
            Endereço: Rua 31 de Marco, S/n – Pinheirinho – Curitiba (PR)
            Telefone: (0xx41) 33164800
            Fax: (0xx41)
            Entrega da Proposta: 18/09/2018 às 10:30Hs

            Itens de Material
            1 – CESTA BÁSICA – GÊNEROS ALIMENTÍCIOS
            CARNE BOVINA DESOSSADA CONGELADA, corte traseiro CONTRA-FILÉ
            Tratamento Diferenciado: –
            Aplicabilidade Decreto 7174: Não
            Aplicabilidade Margem de Preferência: Não
            Quantidade: 90000
            Unidade de fornecimento: Kg
            2 – CESTA BÁSICA – GÊNEROS ALIMENTÍCIOS
            CARNE BOVINA DESOSSADA CONGELADA, corte traseiro PICANHA.
            Tratamento Diferenciado: –
            Aplicabilidade Decreto 7174: Não
            Aplicabilidade Margem de Preferência: Não
            Quantidade: 90000
            Unidade de fornecimento: Kg
            3 – CESTA BÁSICA – GÊNEROS ALIMENTÍCIOS
            CARNE BOVINA DESOSSADA CONGELADA, corte traseiro MAMINHA
            Tratamento Diferenciado: –
            Aplicabilidade Decreto 7174: Não
            Aplicabilidade Margem de Preferência: Não
            Quantidade: 90000
            Unidade de fornecimento: Kg
            4 – CESTA BÁSICA – GÊNEROS ALIMENTÍCIOS
            CARNE BOVINA DESOSSADA CONGELADA, corte traseiro CORAÇÃO DA ALCATRA
            Tratamento Diferenciado: –
            Aplicabilidade Decreto 7174: Não
            Aplicabilidade Margem de Preferência: Não
            Quantidade: 100000
            Unidade de fornecimento: Kg
            5 – CESTA BÁSICA – GÊNEROS ALIMENTÍCIOS
            CARNE BOVINA DESOSSADA CONGELADA, corte traseiro FILÉ MIGNON BOVINO
            Tratamento Diferenciado: –
            Aplicabilidade Decreto 7174: Não
            Aplicabilidade Margem de Preferência: Não
            Quantidade: 90000
            Unidade de fornecimento: Kg
            6 – CESTA BÁSICA – GÊNEROS ALIMENTÍCIOS
            CARNE BOVINA DESOSSADA CONGELADA, corte traseiro COXÃO MOLE.
            Tratamento Diferenciado: –
            Aplicabilidade Decreto 7174: Não
            Aplicabilidade Margem de Preferência: Não
            Quantidade: 100000
            Unidade de fornecimento: Kg
            7 – CESTA BÁSICA – GÊNEROS ALIMENTÍCIOS
            CARNE SUÍNA COM OSSO, FATIADA, CONGELADA,(Bisteca Suína).
            Tratamento Diferenciado: –
            Aplicabilidade Decreto 7174: Não
            Aplicabilidade Margem de Preferência: Não
            Quantidade: 83570
            Unidade de fornecimento: Kg
            8 – CESTA BÁSICA – GÊNEROS ALIMENTÍCIOS
            CARNE SUÍNA desossada, congelada, corte traseiro PERNIL SUÍNO, SEM PELE.
            Tratamento Diferenciado: –
            Aplicabilidade Decreto 7174: Não
            Aplicabilidade Margem de Preferência: Não
            Quantidade: 83570
            Unidade de fornecimento: Kg
            9 – CESTA BÁSICA – GÊNEROS ALIMENTÍCIOS
            COXA COM SOBRECOXA DE FRANGO (congelada, sem dorso)
            Tratamento Diferenciado: –
            Aplicabilidade Decreto 7174: Não
            Aplicabilidade Margem de Preferência: Não
            Quantidade: 340000
            Unidade de fornecimento: Kg
            10 – CESTA BÁSICA – GÊNEROS ALIMENTÍCIOS
            PEITO DE FRANGO DESOSSADO, SEM PELE, CONGELADO – Marcas de referência: Perdigão, Sadia, ou outra de igual ou maior qualidade.
            Tratamento Diferenciado: –
            Aplicabilidade Decreto 7174: Não
            Aplicabilidade Margem de Preferência: Não
            Quantidade: 340000
            Unidade de fornecimento: Kg
            11 – CESTA BÁSICA – GÊNEROS ALIMENTÍCIOS
            PEIXE CONGELADO, espécie TILÁPIA, tipo EM FILÉ e SEM PELE. (Filé de Tilápia Congelado, Sem Pele)
            Tratamento Diferenciado: –
            Aplicabilidade Decreto 7174: Não
            Aplicabilidade Margem de Preferência: Não
            Quantidade: 80000
            Unidade de fornecimento: Kg
            12 – CESTA BÁSICA – GÊNEROS ALIMENTÍCIOS
            PEIXE CONGELADO, espécie SALMÃO, tipo EM FILÉ e COM PELE. (Filé de Salmão Congelado, Com Pele)
            Tratamento Diferenciado: –
            Aplicabilidade Decreto 7174: Não
            Aplicabilidade Margem de Preferência: Não
            Quantidade: 80000
            Unidade de fornecimento: Kg
            13 – CESTA BÁSICA – GÊNEROS ALIMENTÍCIOS
            HAMBÚRGUER DE CARNE BOVINA CONGELADO, – Peso mínimo de 56g (cinquenta e seis gramas); – Embalagem primária individual, fechada e atóxica; – Ingredientes mínimos: carne 100% bovina (vedada presença de carne de outros animais); gordura 100% bovina (vedada presença de gordura de outros animais); sal e condimentos; – Sem glúten. – Sem proteína de soja – Deverá constar expressamente na embalagem as informações dos ingredientes que compõem o produto. – As unidades adquiridas deverão estar acondicionadas em caixas de papelão com resistência suficiente para empilhamento e capacidade para até 36 (trinta e seis) unidades; – Marcas de referência: sadia, seara, perdigão, ou outra de igual ou maior qualidade.
            Tratamento Diferenciado: –
            Aplicabilidade Decreto 7174: Não
            Aplicabilidade Margem de Preferência: Não
            Quantidade: 1200850
            Unidade de fornecimento: Unidade
            14 – CESTA BÁSICA – GÊNEROS ALIMENTÍCIOS
            HAMBÚRGUER DE CARNE BOVINA CONGELADO – Peso mínimo de 165g (cento e sessenta e cinco gramas gramas), admitido peso a maior; – Embalagem primária individual, fechada e atóxica; – Ingredientes (vedada inclusão ou exclusão de outros ingredientes): carne 100% bovina, oriunda de qualquer corte bovino (vedada presença de carne de outros animais); 100% de gordura bovina (vedada presença de gordura de outros animais), sal e temperos/especiarias; – Sem glúten. – Contendo 0% (zero por cento) de carboidrato, devendo a informação constar expressamente da embalagem secundária. – As unidades adquiridas deverão estar acondicionadas em caixas de papelão com resistência suficiente para empilhamento e capacidade para, no mínimo, 2 (duas) unidades; – Deverá constar expressamente na embalagem as informações dos ingredientes que compõem o produto. – Marcas de referência: seara gourmet, wessel, ou outra de igual ou maior qualidade.
            Tratamento Diferenciado: –
            Aplicabilidade Decreto 7174: Não
            Aplicabilidade Margem de Preferência: Não
            Quantidade: 400280
            Unidade de fornecimento: Unidade
            15 – CESTA BÁSICA – GÊNEROS ALIMENTÍCIOS
            AVE TEMPERADA CONGELADA, tipo FRANGO com linhagem e tamanho especiais, sem glúten, com miúdos (fígado, moela e coração da ave) separados em embalagem atóxica, marca de referência Chester Perdigão, Ave Fiesta Sadia, Fiesta Seara, ou outra marca de qualidade igual ou superior
            Tratamento Diferenciado: –
            Aplicabilidade Decreto 7174: Não
            Aplicabilidade Margem de Preferência: Não
            Quantidade: 68620
            Unidade de fornecimento: Kg
            16 – CESTA BÁSICA – GÊNEROS ALIMENTÍCIOS
            MARGARINA, embalagem pote com 1 kg
            Tratamento Diferenciado: –
            Aplicabilidade Decreto 7174: Não
            Aplicabilidade Margem de Preferência: Não
            Quantidade: 41910
            Unidade de fornecimento: Kg
            17 – CESTA BÁSICA – GÊNEROS ALIMENTÍCIOS
            MARGARINA, embalagem balde com 15 kg
            Tratamento Diferenciado: –
            Aplicabilidade Decreto 7174: Não
            Aplicabilidade Margem de Preferência: Não
            Quantidade: 3200
            Unidade de fornecimento: Unidade
            18 – CESTA BÁSICA – GÊNEROS ALIMENTÍCIOS
            CARNE SUÍNA desossada, congelada, corte traseiro LOMBO SUÍNO SEM OSSO .
            Tratamento Diferenciado: –
            Aplicabilidade Decreto 7174: Não
            Aplicabilidade Margem de Preferência: Não
            Quantidade: 83570
            Unidade de fornecimento: Kg
            19 – CESTA BÁSICA – GÊNEROS ALIMENTÍCIOS
            AVE TEMPERADA CONGELADA, tipo PERU TEMPERADO, com linhagem e tamanho especiais, sem glúten, com miúdos (fígado, moela e coração da ave) separados em embalagem atóxica, com termômetro indicativo atóxico embutido na carne, marca de referência Peru Temperado Sadia, Peru Temperado Perdigão, ou outra marca de qualidade igual ou superior
            Tratamento Diferenciado: –
            Aplicabilidade Decreto 7174: Não
            Aplicabilidade Margem de Preferência: Não
            Quantidade: 68620
            Unidade de fornecimento: Kg”

          • Jorge Teixeira Carneiro disse:

            Aparentemente é um edital de licitação comum.
            O que eu queria saber é ”como era feito antes de 2016”.
            Ou não se gastava nada com a máquina do governo.
            Tem licitações comparativas?
            Tem portal das transparências?
            Por que sempre que pode o Calhorda disse que o governo dele foi o que mais investiu em transparência para o cidadão poder acompanhar.
            Então deve ter tudo registrado.

          • Anderson R Monzani disse:

            Ué? Já que você acha que a corrupção no Brasil começou com o PT.. nada mais justo.

          • ivan tri mundial disse:

            E precisa das forças mamatas comerem picanha para mandar uma ajuda mínima na enchente?

          • Jorge Teixeira Carneiro disse:

            Precisa claro.
            Antes não comiam.
            Iam de casa almoçados, com a barriga cheia.

          • Wilson Silveira Bueno disse:

            Papel de militar não é trabalhar em calamidade pública, pintar meio fio ou capinar grama. O Brasil deveria fazer como nos EUA. Ter uma guarda nacional não renumerada que seja convocada em caso de calamidade ou distúrbio da ordem públicas.

          • Jorge Teixeira Carneiro disse:

            Só que não temos guarda nacional.
            Crie uma.

          • Ernesto Freire Pichler disse:

            O exercito ajudou a apagar a amazônia? Não. Ajudou a por fogo.

    • Felix disse:

      Talvez não dessas.

      • Wilson Silveira Bueno disse:

        Nem de nenhuma. Fazem 76 anos que o Brasil não entra numa guerra. Pra pintar meio fio de cal e aparar grama é só contratar uns barnabés, não precisa de milico.

        • Se apresente ao serviço então, quero saber se faz tudo tão bem quanto eles e sem reclamar e mais barato ainda.

          • Geralt of Rivia disse:

            só se apresenta quem é morto de fome, no caso dos praças ou oficial pra viver na mamata. Essas são FA

        • Edison Sampaio disse:

          Nao exagere, colega. Diz um velho adágio que o “O preço da liberdade é a eterna vigilância.” Ou seja, se não investirmos muito em Defesa e Segurança, nos tornaremos reféns de muuuita gente mundo afora. Não subestime. Todavia, nossas Forças Armadas vêm seguindo o mau exemplo da cúpula do funcionalismo aboletada nos 3 Poderes. Estão abusando nas despesas nem sempre tão necessárias . E muito! Comer bem, vá lá, mas filé minhon, Nutella, cervejas, vinhos, lombo de bacalhau… Isso aí já é abuso.

          • Wilson Silveira Bueno disse:

            As Forças Armadas do Brasil são uma piada. Não prestam pra nada. Se o Brasil for invadido pela Venezuela, se rende em menos de uma semana.

          • Edison Sampaio disse:

            Perdão, colega, mas vc subestima a capacidade de reação de nossos valorosos Soldados. São poucos os Brasileiros q fogem à luta. Junte-se a nós em favor da Pátria. Abrçs!

      • Acho a sua opinião mais desnecessária.

      • Edison Sampaio disse:

        Verdade. Nossas gloriosas Forças Armadas já não são mais tão gloriosas assim. Estão abusando e muito, seguindo o mau exemplo de toda a cúpula do funcionalismo público. Urge uma reforma administrativa ampla, geral e irrestrita. Isso, todavia, só poderá partir de nossos representantes políticos, que não nos representam coisíssima nenhuma. Continuaremos reelegendo essa gente? Quando criaremos juízo?

        • Edison Sampaio disse:

          É claro que, se dividirmos a quantidade de alimentos pelo número de integrantes, o resultado será irrisório. Pelo serviço que prestam ao Brasil, nossos Soldados tem que ser muito bem alimentados e muito bem pagos. Mas lombo de bacalhau…? Em toda a minha vida, no máximo o que já comi foi um cozido de peixe seco com batatas (mas sempre com o pensamento voltado para aquele lombo de bacalhau que vi no programa de TV, claro).

    • Muito, no combate ao tráfico nas fronteiras, em casos de desastres naturais e em casos de hipotética guerra e até em obras de infraestrutura com qualidade e custos melhores do que qualquer empreiteira desse país. Precisamos sim, afinal você seria o primeiro a gritar pela ajuda em todos os casos acima

    • Hugo HRG disse:

      Aproveita a pandemia e estuda um pouco de história.
      Se precisamos de forças é a mesma coisa de perguntar se precisamos de um estado. Um garante a existência do outro.
      Vc acha muito mil toneladas em um ano pra um grupo de mais de 300 mil homens?
      Não dá nem 1 grama por dia pra cada um.
      Jornalismo sensacionalista que produz “notícias” pra doutrinados.

      • Alexandre Domingues disse:

        Mas precisa ser filé mignon ou salmão. Uma alcatra e um filé de tilápia tava de bom tamanho. E o que dizer de whisky 12 anos, cerveja e conhaque?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via