Congresso em Foco

Fundo Amazônia pode ser extinto, confirmam ministro Salles e embaixadores

04.07.2019 09:14 3

Publicidade

3 respostas para “Fundo Amazônia pode ser extinto, confirmam ministro Salles e embaixadores”

  1. Reginaldo Lucia disse:

    Quem acha que essas doações de bilhões não têm interesses financeiros por parte dos doadores é bastante ingênuo!

  2. Teresinha Winter disse:

    Logo a Noruega, que ataca todo o seu meio ambiente, aquele que não fica debaixo de toneladas de neve, caça e mata todo tipo de animais, inclusive baleias prenhas, vem aqui pra salvar a Amazônia? Primeiro dê o exemplo em casa!!! Mesmo porque este DESGOVERNO não está interessado em salvar coisa alguma, muito antes pelo contrário, está destruindo tudo de BOM que existia. Quem o elegeu o fez pra que acabasse com as coisas ruins, mas está destruindo tudo que há de bom. Não restará pedra sobre pedra. Mesmo porque a IGNORÂNCIA está no comando do país.

  3. barros camelo marcos disse:

    Nunca vi o beneficiário colocar exigências para receber uma doação. Só no Brasil de Bozo isto é possível.
    É lógico que quem deve definir os critérios de utilização do dinheiro é o doador, sempre foi assim e sempre será. Ora, desde que não seja ilegal, imoral ou inconstitucional, o país beneficiário deve atender as orientações e critérios dos doadores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via