Congresso em Foco

Juízes afirmam que estão sendo ameaçados por advogados com a Lei de Abuso a Autoridades [fotografo] José Cruz/ABr[/fotografo]

Juízes já são ameaçados com a Lei de Abuso de Autoridade, dizem magistrados

30.09.2019 08:20 17

Publicidade

17 respostas para “Juízes já são ameaçados com a Lei de Abuso de Autoridade, dizem magistrados”

  1. JÁ QUE NÃO ESTÃO DEIXANDO O PRESIDENTE QUE FOI ELEITO DEMOCRATICAMENTE PELO VOTO DO POVO, QUE VENHAM AS FORÇAS ARMADAS PARA COLOCAR A CASA CHAMADA BRASIL EM ORDEM.
    O judiciário está total descontrolado com esse STF que está aí, esses ministros do STF que deveriam proteger a nossa Constituição como é uma das principais funções deles, são os primeiros a desrespeitá-la. Principalmente quando eles soltam bandidos de colarinhos brancos que fizeram tanto mal ao país, ao ponto de incomodar os Generais e mandar um aviso para os ministros do STF. O STF se juntou ao Congresso Nacional para derrubar o governo do presidente Jair Bolsonaro. Semana passada foi aprovado o projeto na Câmara, que os juízes praticamente vão ter de pedir permissão para os bandidos para poder condená-los pelos seus crimes, caso contrario será considerado uma ofensa ao “cidadão bandido”. Infelizmente o Brasil está à deriva sem rumos e sem direção, primeiro que não deixam o presidente que foi eleito democraticamente pelo voto do povo, governar o país, por isso, não vejo outra solução que não seja uma intervenção militar para fazer limpeza geral no Congresso Nacional e no STF. Sem isso, o Brasil vai continuar patinando sem sair do lugar, infelizmente.

  2. Global Education disse:

    Moro declarou no Congresso que 1/3 das decisões dele foram reformadas e disse que essa média de erro é normal na Justiça. Já imaginou se um médico matasse 1 e cada 3 pacientes que ele trata?
    Para revolucionar a Justiça brasileira, basta uma lei de abuso de autoridade que coíba os sádicos que fazem do abuso da autoridade uma justificativa para sua ações animalesca!

  3. Global Education disse:

    O Congresso precisa mudar a CF/88 para autorizar a prisão em primeira instância, mas acompanhada com uma severa lei de abuso de autoridade. Um agente da lei que ignora os fatos dos autos, fábrica ou distorce as provas e interpreta a lei ao bel prazer, para condenar inocente deve ser preso.

    • Se no Brasil já era complicado prender bandidos de colarinhos brancos, mesmo com o chamado abuso de autoridade, agora imagine com aprovação dessa lei no Congresso Nacional, em que o juiz para condenar o bandido e prendê-lo agora praticamente tem de pedir autorização do bandido, se não será abuso de autoridade. Porque os bandidos do Congresso Nacional que estão lá travestidos de políticos, mas na realidade são bandidos piores do que os que andam assaltando pelas ruas da nossas cidades, aprovaram essa lei. O governo do presidente Jair Bolsonaro acabou com farra do desvios do dinheiro público e por isso, eles estão fazendo de tudo para derrubar o governo do presidente Jair Bolsonaro.

  4. Global Education disse:

    Um agente da lei que age impunemente e ao bel prazer, para perseguir inocentes ou obter vantagens indevidas para si é um monstro e um câncer para a sociedade. O mal prática profissional do agente da lei deve ser punida de forma exemplar. Esses tarados por abuso de poder precisam ser demitidos e tirados do convívio social.

  5. Marcos disse:

    Não acredito que a lei do abuso vá tolher a liberdade do juíz. Basta que ele fundamente sua decisão, nos termos do que determina a constituição. O que a lei proíbe é o abuso com que certos juízes encarceram as pessoas. Há juízes que inclusive já possuem um despacho padrão para decretar prisões cautelares. Não interessa o caso, o fundamento é sempre o mesmo e maioria deles são genéricos, ou seja, serviriam para qualquer caso. Isso não pode e a nova lei veio justamente para coibir essa prática.

  6. Global Education disse:

    Ameaçado está o Brasil com o lobby criminoso desses vigaristas no Congresso que conseguem embolsar 370b/ano em supersalários, enquanto 1/3 da população vive no esgoto ao céu aberto. Intimidado está o brasileiro por esses justiceiros que violam a CF/88 corrompendo o devido processo legal, com objetivos de alcançar cargos públicos mais elevados, dar palestras milionárias e receber propinas.

  7. Keko disse:

    Se estão se sentindo ameaçados e deixando de decretar prisões necessárias, estão na profissão errada! A lei nem entrou em vigor!!! Como um juiz pode afirmar uma bobagem dessas???
    E mesmo que já estivesse, eles serão julgados por outros juízes! Então é só não inventarem bizarrices que não têm o que temer. Alguém acredita que um juiz vai condenar outro se não for por uma atitude muito extrema???

  8. Julio Santos disse:

    é lógico que Juiz tem que ter independência para trabalhar e respaldo da lei, no entanto, precisam agir com responsabilidade no processo e responder por seus atos, veja por exemplo que até agora quando um Juiz age de modo irresponsável no processo e prende uma pessoa que é cristalinamente inocente (no processo existe provas claras que garantem a inocência), o ofendido entra com processo de indenização contra o Estado, os contribuintes pagam e o Juiz em regra não responde por nada, nem indeniza o Estado pelo seu erro cristalino, é por isso que alguns abusam no direito de errar, outro ponto, é que os advogados diariamente estão sendo coagidos e constrangidos por diversos Juízes, é só digitar na barra do google por exemplo advogado é preso em audiência por Juíza, vai aparecer um monte de casos, se não há hierarquia entre Juízes e advogados porque Juizes abusam e acham que são superiores, o que vem acontecendo nos últimos anos é que entraram na Magistratura diversos Juízes que nunca trabalhou, nunca advogou, e para prestar o concurso de Magistrado frauda o tempo mínimo de experiência Jurídica exigida, geralmente assinam petição em conjunto com outros advogados, não tem experiência alguma e quando assumem a Magistratura se acham reis, precisava mudar a lei e exigir que para prestar concurso de Juiz a pessoa tenha no mínimo 10 anos de advocacia efetiva, ou seja, advogando de verdade e não pedindo para colegas colocarem o nome nas petições, garanto que se respeitar isso, a qualidade da Magistratura vai melhorar muito.

  9. Cristiano Greco disse:

    Ameaçados? Não. A reportagem está errada.
    Agora eles estão abaixo da Lei, como qualquer outro cidadão e qualquer outro profissional. Se errarem vão pagar pelos seus erros.
    Se eles n estão mais abusando da autoridade por receio da Lei… ótimo! O efeito pedagógico foi rápido.
    A imprensa no Brasil precisa compreender melhor o seu papel, esse tipo de falácia de juízes defendendo impunidade para eles próprios devia ser motivo de chacota. Só no Brasil que Juiz brinca de Deus é ainda defende publicamente a impunidade para abuso de autoridade. O Moro nos EUA já estaria preso há muito tempo.

  10. Laercio Civali disse:

    A bandidagem está em festa!

  11. Renato Borges disse:

    É incrível como os magistrados se cagam de medo de uma lei que vai barrar os abusos que ele são costumados a fazer. Aquele famoso”cala boca se não mando te prender”ou”sabe com quem tá falando “tá com os dias contados.

  12. Rita de Cássia Louback de Souz disse:

    Isto significaria que os juízes têm medo que o MP e os seus colegas juízes cometam abuso de autoridade contra eles? Ora, afinal serão o MP e o próprio Judiciário que vão avaliar esses casos não é? Isso comprova a necessidade dessa regulamentação.

  13. Hamilton Oliveira disse:

    Que cinismo !!!

    Como advogados podem ameaçar juízes, advogados estão sendo humilhados em todo território nacional, todos TJ’s do país permitem revistas minuciosas em advogados ao entrarem nos fóruns, fora outras prerrogativas que os magistrados jogam no LIXO !

    Basta que os magistrados cumpram a legalidade !!!!

  14. Arthur Brito disse:

    Apartir de agora os índices de criminalidade vão aumentar, bandidos vão ficar mais livres para cometer crimes, vão colocar a culpa no Bolsonaro.

  15. Falcão Negro disse:

    Polemica só entre este juízes, uma palhaçada das grandes vetarem pontos da lei a lei deveria passar na sua integra, nada mais justo aqui no Brasil juízes acham que são deuses, ninguém pode questiona-los, 90% destes juízes julgam casos de acordo com seus entendimentos e não de acordo como manda a lei. Perguntem ou façam uma pesquisa com toda a população do Brasil para ver como o povo odeia juízes são considerados os piores servidores, maltratam as pessoas nos tribunais, fazem o que quer e ninguém pode questiona-los, até quem fim alguém fez ago bom com esta lei. Os únicos incomodados são os juízes que agora tb podem ser presos, perguntem para o cidadão comum, para um advogado se a lei os incomoda. Incomoda sim estes juízes que se acham deuses aqui na terra. Parabéns a nova lei que deveria ser mais firme em cima destes juízes.

  16. João Antonio disse:

    Todo profissional, todo cidadão está sujeito a ter seus atos avaliados (e eventualmente condenados) por seus pares e/ou instâncias superiores. Não há absurdo algum em juízes terem suas ações, como profissionais, avaliadas e julgadas por outros juízes iguais a eles.
    Agora, se algum juiz ficou temeroso pela “ameaça” de um advogado, ele está na profissão errada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via